Resenha #40 "Filha da Floresta" - Juliet Marillier - Butterfly Editora


Título: Filha da Floresta
Trilogia: Sevenwaters Livro 1
Autor (a): Juliet Marillier
Editora: Butterfly
ISBN: 9788588477871
Ano: 2012
Páginas: 608


Sinopse: O domínio de Sevenwaters é um lugar remoto, estranho, guardado e preservado por homens silenciosos e criaturas encantadas, além dos sábios druidas, que deslizam pelos bosques vestidos com seus longos mantos... Passada no crepúsculo celta da velha Irlanda, quando o mito era lei e a magia uma força da natureza, esta é a história de Sorcha, a sétima filha de um sétimo filho, o soturno Lorde Colum, e dos seus seis amados irmãos, vítimas de uma terrível maldição que somente Sorcha é capaz de quebrar. Em sua difícil tarefa, imposta pelos Seres da Floresta, a jovem se vê dividida entre o dever, que significa a quebra do encantamento que aprisiona seus irmãos, e um amor cada vez mais forte, e proibido, pelo guerreiro que lhe prometeu proteção.


Era estranho. Havia várias macieiras ao redor, mas nenhuma outra parecia ter frutos maduros. Muitas de nossas histórias envolvem maçãs. São a fruta dos Seres da Floresta, que as usam para tentar os homens e mulheres mortais e fazê-los ficar próximos das colinas, mais longe de casa do que deveriam. Maçãs simbolizam o amor, a promessa. Obviamente, Red jamais ouvira falar disso e não sabia o que significava um homem dividir uma maçã com uma mulher. Os bretões com certeza não conheciam essas histórias. Além disso, estava faminta e ainda havia muito a caminhar. Peguei o pedaço que ele me deu, e depois outro. Parecia a melhor coisa que já tinha comido. Quando terminamos, fui me levantar, mas Red não deixou.

Baseado no conto germânico dos Irmãos Grimm, Os Seis Cisnes (no Brasil publicado como Os Cisnes Selvagens) Filha da Floresta nos conta a saga de Sorcha (lê-se Sorca), a sétima filha de um sétimo filho, para libertar seus seis irmãos, Liam, Diarmid, Cormack, Conor, Finbar e Padriac, de uma maldição que os transformou em cisnes.

Sorcha desde muito cedo se interessou pela arte da cura e pelo poder das ervas, e aos treze anos já preparava loções e unguentos e sabia tratar de vários tipos de doenças, ela era a filha da floresta, levava uma vida boa ao lado dos irmãos, que eram muito unidos, tendo como Sorcha o elo de ligação entre eles.
Quando a maldição cai sobre seus irmãos, Sorcha recebe uma tarefa dos seres da floresta que ela terá de cumprir sem nenhuma ajuda, só assim ela poderá desfazer o feitiço que acometeu seus irmãos, ela terá que confeccionar seis camisas, com a fibra de uma planta chamada estrela d´água, essa planta é repleta de espinhos e durante a sua jornada Sorcha não poderá emitir nenhum som, é assim que se inicia a triste saga de Sorcha para trazer seus irmãos de volta a forma humana.

Filha da Floresta é aquele tipo de livro que nos deixa com um turbilhão de sentimentos aflorados, acompanhar a saga de Sorcha em alguns momentos me deixou triste, porém houveram momentos que serviram como bálsamo para o coração, a força de uma garota de apenas treze anos que passa praticamente três anos lutando pelos irmãos, passando pelas mais terríveis provações, sem poder emitir nenhum som, ela é humilhada de todas as maneiras possíveis, seu corpo é maltratado, passa frio, fome e muitas privações, é obrigada a viver entre os bretões, inimigos do seu povo é julgada por eles e se mantêm firme em seu propósito, é algo que serve de inspiração.

- Ah, ela é temperamental! Melhor ainda. Vale mais do que ele provavelmente pagou quando a trouxe. Vinte e dois anos e ainda tem a cabeça cheia de ideais idiotas como há dez anos. Isso me preocupa. Quando irá crescer. Até o jovem Simon tinha mais noção de realidade. Nosso Hugh não parece mesmo ter boas ideias, não é? Vi o brilho em seus olhos no dia em que mostrou você para mim. Provavelmente deixou que suas fantasias falassem mais alto quando a encontrou. Afinal, que homem não sonha às vezes ter uma irlandesa indomável, escorregadia como uma enguia e quente como fogo sob a pele branca, de olhos verdes e ferinos e cabelos serpenteando ao redor do corpo como uma cobra negra? Deve ter sido uma experiência e tanto para ele...

Conhecemos no livro o melhor e o pior lado de um ser humano, até onde a ganância pode levar uma pessoa e como o amor pode nascer da forma mais singela e servir para curar qualquer ferida. O livro também nos ensina várias lições, sobre o amor, a coragem, a benevolência e a confiança, com uma narrativa envolvente Juliet, nos leva a um mundo mistico, poderoso, intenso e surpreendente. Como a narrativa é em primeira pessoa ficamos mais próximos aos sentimentos de Sorcha, o que nos dá a sensação de algo real, como se essa fosse uma lenda antiga que realmente tivesse acontecido.

Eu me apaixonei pela capa e pela diagramação do livro, apesar dos capítulos serem extensos e darem sensação que a leitura não rende, a narrativa é muito fluída e ajuda essa sensação passar, o início de cada capítulo é marcado por desenhos de penas e por um intricado símbolo que eu acredito ser celta, pois no livro há vários símbolos que reconheci como celta, e um em particular que aparece em todas as páginas ao lado da numeração, é uma triskel, sou apaixonada por esse símbolo e ainda não o tatuei em meu pulso direito, por mera covardia.


O Triskel é um símbolo que está ligado ao constante movimento de ir, representando: a ação, o progresso, a evolução, a criação e os ciclos de crescimento, também está ligado às representações da triplicidade: Corpo, Mente e Espírito; Passado, Presente e Futuro; Primavera, Verão e Inverno... Os ciclos de transformação.

Esse livro chegou até minhas mãos por meio da parceria com a Editora Butterfly, a quem eu devo agradecer imensamente pelo prazer que me foi proporcionado, e pelo trabalho maravilhoso que fizeram com a edição desse livro, há alguns erros de revisão que não desabonam em nada o livro e para quem gosta do místico, da magia antiga e claro do gênero fantasia com uma pitada de romance, não pode perder a oportunidade de ler e se apaixonar por Filha da Floresta.

" Tudo que restou para ele foram as lembranças de cada momento em que ela lhe pertenceu. Era  tudo que ele tinha, e sem ela se sentiria sozinho"









25 comentários:

  1. Oi parceira! Tudo bem???

    Estou meio sumida neh? Peço desculpas!

    Puxa que livro interessante! Parabéns pela resenha, me deu uma vontade enorme de ler! :D

    Beijos

    Escrev'Arte

    ResponderExcluir
  2. Oi Patty estou lendo livro e concordo plenamente que ele trás os mais variados sentimentos na gente.

    Espero gostar mais no final kkkkkkk

    Beijos
    http://amantedaleiturabydrika.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Patty estou lendo A Filha da Floresta bem divagar e concordo com você ele nos trás os mais variados sentimentos.

    Beijos
    http://amantedaleiturabydrika.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Patty,
    Adorei sua resenha, estou lendo o livro e estou adorando. E realmente a diagramação e capa são perfeitas!

    Abraços^^

    ResponderExcluir
  5. Hey!

    Nossa, como se não bastasse o visual (capa e diagramação tãaaaao lindas <3) a história parece incrível! Como não sendo baseada em uma história dos Grimm? Eles são tudo de bom!

    Um beijo
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Quando vi a capa já fiquei desconfiado que a estória seria a respeito dos Druidas, mas quando comecei a ler a sua resenha fiquei mais interessado. Como você sabe amo magia e tudo que tenha haver com elas. E quanto a essa maldição descrita na resenha, tem um filme bem parecido com ela chamado os 6 signos da luz.

    Abrs!!

    http://portalvitamina.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Amei, Patty! :)
    Depois dessa resenha maravilhosa, com certeza esse será um livro que vou ler. Se eu ainda tinha alguma dúvida em relação a esse livro, você conseguiu me convencer de todas as formas possíveis.
    Beijos!

    Café com Leituras!
    http://cafecomleiturasneriana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Amiga sua resenha ficou ótima.
    Eu comprei o livro e vou ver se leio, porque realmente o livro é mais maravilhoso pessoalmente e mais ainda a diagramação que me deixou de boca aberta.
    Eu ia comprar o segundo, mas deixei para comprar depois.
    Eu fiquei super curiosa depois que li sua resenha.
    Vou ver se pego nele depois que acabar de ler os que tenho na fila aqui.
    Muito bom mesmo.
    Se cuida viu ?!
    bjokas

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi Patty!
    Adorei a resenha amiga. Eu já tinha muita curiosidade sobre esse livro.
    Gosto muito desse tipo de leitura.
    :)
    Vim te convidar para participar da promoção que esta no ar no blog.
    Beijos

    http://elaeseuslivros.blogspot.com.br/2013/09/promocao-aniversario-de-primavera.html

    ResponderExcluir
  10. ja tinha lido outra resenha desse livro e a cada uma que leio, quero ler mais. Só que a sua esta mais completa, graças a deus. Não gosto daquele tipo que da uma vontade de ler, mas que não oferecesse uma quantidade de informação. Sou xereta e odeio ficar na curiosidade. Gosto muito de livros onde as mocinhas são fortes e vencem cada obstaculo em seu caminho mesmo sendo tão nova. Ultimamente to lendo livros onde as mocinhas são indefesas e chatinhas demais.

    parabens pela resenha .bjus

    http://kathlleenkristine.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Patty minha flor... Você não tem noção de quanto eu esperava por essa resenha desde que vi que vc estava lendo esse livro, porque faz um tempo que eu o namoro... e queria saber a sua opinião de verdade. Eu me encantei por tudo que escreveu e seu ponto de vista com relação a protagonista... eu quero esse livro demais vou colocar na minha lista de desejados vou ver se peço de presente de aniversário para o meu irmão rsrs. Mas enfim... quero ler esse livro pela essência descrita e pelos quotes lindos, acredito que vou gostar muito da leitura... Parabéns pela belíssima resenha... Xero!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Nunca li nada da editora Butterfly... Acho que não chegou a hora ainda. Apesar de vc ter falado bem do livro, sei lá, não tô na vibe dele. Mas percebe-se o cuidado que tanto autora e editora tiveram com a obra. :)

    Beijooooooos

    Gleice
    www.murmuriospessoais.com

    ResponderExcluir
  13. Eu amei ler esse livro, e agora que engatei nesse gênero quero experimentar mais alguns!!!
    To lendo o segundo e gostando muito!!!
    bjkas
    Dani Casquet- Livros, a Janela da Imaginação

    ResponderExcluir
  14. Preciso dizer que me apaixonei pela diagramação do livro!!
    Quero ler!!!
    Adorei a resenha Patty, consegui sentir toda a sua emoção, sua empolgação com o livro =)
    Beijooos
    Garota Liber

    ResponderExcluir
  15. Gente, não dava nada por esse livro ao ler a sinopse e ver a capa, que apesar de ter achado linda, achei bem simples.
    Gosto de histórias que nos trazem lições, mostram os desafios que os protagonistas tem que enfrentar, e no final a superação. Sem falar em tudo que ela passa pelos irmãos, esse sim é o amor verdadeiro, e fiquei curiosa quanto a narrativa da autora e a forma que ela desenvolveu esta história.
    E eu também gosto de símbolos celtas, principalmente o Triskel. Curiosa quanto a esta história.

    ResponderExcluir
  16. Ei Patty, adorei a resenha. Eu já estou com olivro há um tempinho, mas ainda não li. Como ele é grande e eu detesto interromper a leitura, estou deixando para um fds mais tranquilo, rs.
    Não sabia que ele era baseado em uma história dos irmãos Grimm, super legal isso, e também adorei suas informações sobre símbolos celtas, rs.
    Essa história realmente parece ser do tipo que te prende, e é bom ver isso confirmado em tantas resenhas, rs

    bjus
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Patty, estou louca para ler esse livro, e suas resenhas sempre me cativam! Rs! Adorei, como sempreee! Bjs

    ResponderExcluir
  18. Oi Patty,
    tudo bem?
    Que livro lindo, que história cativante!!! Gostei muito da sua resenha, parabéns!!! Só tenho algo a dizer: Eu quero!!!
    Beijos.
    Cila- Leitora Voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Oi Paty! Tudo bem??
    Não li ainda nenhum livro que fala sobre fadas. Mais gostei da proposta, a capa é muito linda.
    Gostei da resenha, ainda não conhecia esse livro, mas estou fugindo de séries por que tenho outras na frente e outras que necessito completar. Mas anotei na minha lista de futuras série a ler...
    Bjuss♥

    ResponderExcluir
  20. Tenho uma vontade enorme de ler esse livro! Eu vi ele uma vez no skoob, e desde a primeira vez que vi me interessei! Pena que ainda não consegui ler, mas assim que der vou comprá-lo.
    Amei a sua resenha!
    Bjs

    ResponderExcluir
  21. Não li nada dessa editora mas a entrevista com a autora e a resenha do livro me deixaram louca pra ler ele fantasi + romance são tudo que eu prreciso para me apixonar por um livro e sua resenha me deixou por que não tenho esse livro e também nunca li livros que contam uma lenda e principalmente irlandesa nossa fiquei muito curiosa.

    http://meulivromeutudo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Primeiro preciso falar dessa capa que é simplesmente PERFEITA <3
    Depois, adorei a resenha. A história parece ser fantástica e já fiquei super curiosa para ler. Adoro livros que se inspirem em lendas, e acho que quando era pequena já ouvi falar sobre essa. Preciso pesquisar sobre isso...
    Beijo, Jessie*
    www.fofocas-literarias.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  23. A sétima filha de um sétimo filho me lembra O Aprendiz... Já ouvi muita gente falando bem desse livro, e estou ficando cada dia mais interessada nele. Gostei dos quotes que vc colocou, parece que vou me identificar com a escrita da autora! E as fotos do livro foram a cereja do bolo! Livro liiindo, por dentro e por fora!

    http://maisumapaginalivros.blogspot.com.br/
    Mais Uma Página

    ResponderExcluir
  24. Ai meu Deus! Adorei! Preciso desse livro!!
    Magia, romance e lições, reflexões? Adoro!! haha... Vou reservar um espaço para ler ele futuramente.
    Adorei a resenha.

    Beijão!

    http://vivianpitanca.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Realmente, a capa é muuuuuito linda...

    E eu também tenho a impressão de quando os capitulos são muito grandes a leitura não rende hahaha

    XOXO
    umnovo-roteiro.blogspot.com

    ResponderExcluir

Comente, ficarei muito feliz em saber sua opinião!!!