Resenha #51 "A culpa é das estrelas" - John Green - Intrínseca

Título: A culpa é das estrelas
Autor (a): John Green
Editora: Intrínseca
ISBN: 9788580572261
Ano: 2012
Páginas: 288



Sinopse: A culpa é das estrelas narra o romance de dois adolescentes que se conhecem (e se apaixonam) em um Grupo de Apoio para Crianças com Câncer: Hazel, uma jovem de dezesseis anos que sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões, e Augustus Waters, de dezessete, ex-jogador de basquete que perdeu a perna para o osteosarcoma. Como Hazel, Gus é inteligente, tem ótimo senso de humor e gosta de brincar com os clichês do mundo do câncer - a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas.


"É difícil como os diabos manter a dignidade quando a luz do sol nascente é forte demais em seus olhos que perecem."

Depois de alguns meses consegui finalmente ler "A culpa é das estrelas", posterguei a leitura desse livro o máximo que pude, pois precisava preparar o espírito. Eu já tinha lido várias resenhas e todas elas apontavam para um livro extremamente emocional, motivo de uma enxurrada de lágrimas, 99% das resenhas que li eram positivas e todos com quem eu comentava sobre o livro me diziam que eu precisava ler porque o livro era perfeito. Com isso em mente eu iniciei a leitura com certo receio, altas expectativas quase sempre estão ligadas a grandes decepções.

Mesmo não tendo feito parte do grupo que se desfez em lágrimas com a história de Gus e Hazel, devo admitir que o livro é muito bem escrito, me fez pensar em vários aspectos da fragilidade humana, o que me deixou um pouco deprimida, contudo a história é lindamente triste e arrebatadoramente singela.

A culpa é das estrelas é um sick-lit escrito por John Green, que retrata a luta de Gus e Hazel para manter a dignidade em meios ao caos que suas vidas se tornaram após seus diagnósticos de câncer. O romance entre eles é realmente lindo, delicado e singelo. Hazel já está conformada com seu diagnóstico terminal, e graças a um novo medicamento seu câncer não evoluiu mais, sinceramente eu senti uma crueldade imensa nessa parte do livro, ela sabe que vai morrer, isso é fato, só não sabe quando, se em um futuro muito próximo ou não, quando tempo mais restará para ela se despedir das pessoas que ama, se pensarmos bem todos nós estávamos fadados a estes questionamentos, não sabemos quando será nossa hora, porém não temos que conviver com essa certeza rondando nossa mente 24 horas por dia, simplesmente vivemos.

Já Gus perdeu a perna para o osteosarcoma e está em remissão e tenta manter-se positivo e ajudar os amigos a superar os problemas sempre com bom humor. A personalidade de Gus realmente é cativante é como se ele iluminasse tudo ao ser redor, ela exala uma vontade de viver imensa e transmite isso ao todos a sua volta.

Por se tratar de um sick-lit você já se prepara para o enredo, que na realidade não me surpreendeu, no final alguém morre, o que já comecei a leitura sabendo, o ponto alto do livro são os diálogos muitas vezes sarcásticos dos protagonistas. A culpa é das estrelas foi meu primeiro contato com a escrita de John Green, admito que é um brilhante escritor, não me fez chorar, porém despertou em mim sentimentos que julguei adormecidos.

Enfim, o livro é muito bom, uma história linda, um tanto cruel porém verdadeira, que trata um tema muito delicado abordado com maestria e me fez lembrar bastante, guardadas as devidas proporções, do filme “Amar pode dar certo”, onde os protagonistas apesar da gravidade da doença decidem viver o amor em sua forma mais sublime, aproveitando os momentos mágicos que a vida tem a oferecer, posso não ter chorado com o livro, mas acredito piamente que irei me unir a esse grupo quando o filme for lançado. A culpa é das estrelas é leitura obrigatória a todos que querem entrar em contato com a escrita de John Green, vale a pena ler.

"Estou apaixonado por você e não quero me negar o simples prazer de compartilhar algo verdadeiro. Estou apaixonado por você, e sei que o amor é apenas um grito no vácuo, e que o esquecimento é inevitável."

"A dor precisa ser sentida"


(não encontrei o autor da imagem)


32 comentários:

  1. Eu também comecei a ler esse livro com muito receio. Como você disse, quando a expectativa é muita, a decepção é grande. Mas eu adorei a história. Achei os diálogos incríveis e John tem um jeito de escrever só dele. Vale muito a pena ler mesmo
    Adorei sua resenha
    Beijos Amora

    http://vidasempretoebranco.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Já faz tempo que eu li, gostei muuito e estou ansiosa como uma gestação para o filme, mas não chorei horrores, nem chorei, li também muitas resenhas positivas por isso que fui ler, acho história bem interessante, mas deu muito dó do Gus!! :'(

    http://caminhadoemmarte.blogspot.com.br/



    ResponderExcluir
  3. Oi, Patty! Estou sumida, né? Desculpe! Tanta coisa na cabeça! Eu não tenho coragem de ler esse livro! Todos falam que é lindo,fantástico... mas sou muito sentimental e já tenho uma noção do fim, então não quero ME magoar! kkkk! Beijos!
    Mah Renata


    http://mygirlyandbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Ah Patty,

    Eu não cheguei a me desmanchar em lágrimas, mas confesso que me emocionei bastante.. Adorei os pontos que você abordou em sua resenha, principalmente o referente a fragilidade humana, esse realmente é um dos pontos mais nítidos na história, além disso amei a escrita do John. Adorei a resenha.

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Esse livro me surpreendeu pelos diálogos entre o Gus e a Hazel, mas não apaixonei pela história que nem a maioria das pessoas que conheço. Também não chorei...
    Meu Filme virou Livro

    ResponderExcluir
  6. Por experiência própria acho que já conheço o final desse livro. Não vou querer ler para não chorar.

    ResponderExcluir
  7. Patty, também gostei muito do livro, mas assim como você eu não me debulhei em lágrimas, rsrs...

    Bjs, Isabela.
    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
  8. tô muito ansiosa pra ler esse livro, só vejo críticas positivas a respeito dele... pretendo comprar em breve...
    http://torporniilista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Patty! <3

    Eu adorei sua resenha, esse livro e penso bem parecido com você em relação a ele. Emocionante e verdadeiro! <3

    Passo também para te dizer que te indiquei um selinho no post de hoje. Depois confere lá e quando responder, me avisa que venho ver suas respostas, ta?

    Beijos!

    Café com Leituras!
    http://cafecomleiturasneriana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Li A culpa é das estrelas e, como você, foi o meu primeiro contato com um livro do John Green. Também não chorei litros como a grande maioria, e apesar de não ter gostado taanto assim do livro, foi uma leitura válida.

    ResponderExcluir
  11. Oi Patty!!
    Nossa comprei este livro há algum tempo e não consegui ler ainda ( acho que por medo de me decepcionar), mas quero ler em breve e matar minha curiosidade e ter uma opinião formada pelo livro. Bjuss

    ResponderExcluir
  12. OI estou louca para ler esse livro!!!!
    Adorei a resenha!
    Bjs me segue se já segue ignora! e comenta por favor nessa resenha ajudaria muito:
    http://resenhasteen.blogspot.com.br/2013/11/o-livro-perdido-das-bruxas-de-salem.html

    ResponderExcluir
  13. oi Patty, também não li esse livro ainda. Cheguei a pegar emprestado, mas como você, precisava preparar os espírito, o que não aconteceu rápido. Bom saber que nem todo mundo se debulha em lágrima, rs (será que também serei exceção?)
    e tenho curiosidade sobre quem morre, desconfio que ela, mas não me surpreendo com nada, rs
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi parceira, tudo bem?

    Eu ainda não li este livro. Eu acho que ainda não estou preparada para ele, mas fiquei contente com o fato de você não se derramar em lágrimas... acho que agora crio coragem de ler. hahahaha

    Beijos! Adorei sua resenha. ;)

    escrev-arte.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Olá Patty,
    ACEDE foi uma das minhas melhores leituras do ano, simplesmente adorei!!! E fico feliz em saber que vc tbm gostou.
    É algo tão real que eu senti uma dor qualquer e ficava "aí meu Deus, é câncer!", graça a Deus n era nada hahahah
    Super Abraço, Victor Rosa
    encantosparalelos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Mesmo vendo várias resenhas positivas, ainda fico com um pézinho atrás com os livros do John Green rs. Muito hype.

    ResponderExcluir
  17. Difícil não gostar de um livro do estilo, minha única crítica é um autor vender livros e sabe que vai ter sucesso com um assunto tão triste, ao contrapasso que é importante mostrar que essas pessoas podem ter uma vida, poder ser felizes! É uma confusão na minha cabeça.; kkkkkk
    http://clicandolivros.blogspot.com.br/

    Beijos ;*

    ResponderExcluir
  18. Oi Patty

    Amei sua resenha e realmente é um livro que abre os olhos para muita coisa na vida e foi por isso que eu amei o livro, eu adoro o genero sick-lit então sou suspeita mas também não chegei a chorar. mas me tocou mto a história.

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  19. Finalmente alguém que partilha da mesma opinião que eu. Pelo que percebi, vc gostou muito do livro mas não achou O livro, como a maioria das pessoas por aí, e eu também sou assim, e até agora pensei que seria a única que não se deixou arrebatar por completo por esse livro (tmb não chorei)...
    www.fofocas-literarias.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  20. Oie,li várias resenhas positivas,fiquei muito curiosa,é muito envolvente e emocionante,pois irei ler assim que minha sobrinha terminar de ler!
    Beijinss!

    ResponderExcluir
  21. Oi Patty,

    Mais uma resenha que eu leio, e fico pensando quando irei ler esse livro, meus amigos já leram mas nenhum deles querem me emprestar, fiquei triste, mas um dia irei ler ele e vou chorar, isso é básico, eu tenho que chorar lendo qualquer livro ou filme que tem cenas tristes, já vou separar meus lencinhos, rrsrsr's.

    Bjs
    Mayla
    http://meulivromeutudo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  22. Ownnnn preciso e muito ler esse livro gente ainda nesse ano... Patty o que vou fazer com a minha dieta literária ein??? Bom vou ver o que eu faço, mas preciso ler urgente rsrsrs. Adorei a resenha, quase chorei, eu sou muito emotiva, dependendo dos acontecimentos choro fácil, o ultimo quote me arrepiou, de novo preciso ler esse livro rsrsrs. Xero!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  23. Esse estilo de livro me deixa deprimida, eu não sou muito de chorar com histórias... Ainda não li e sempre que leio uma resenha fico com vontade de ler... mas logo passa.
    Estou tendo meu primeiro contato com John Green, estou lendo O Teorema Katherine e estou gostando até :)

    http://rotinadafelicidade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Sou apaixonada por esse livro, por que quando o li, tinha acabado de perder um primo para o câncer e tudo o que o John narra no livro é exatamente como acontece na vida real, então me deixou bem triste e chocada as vezes, mas eu gostei da forma como ele tratou do assunto. Beijos!

    ResponderExcluir
  25. Oi querida Patty...tudo bom?
    Eu fiz a leitura também bem depois que a maioria das pessoas e como você eu também não chorei. Claro que achei o livro impactante e bem escrito, mas nada de lágrimas. Gostei principalmente dos personagens que são fortes e interessantes.
    Parabéns pela resenha!!!
    ;)
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Eu também li várias resenhas sobre o livro, e apesar de já ter o meu na estante ainda não reuni coragem o suficiente pra ler essa história que ao mesmo tempo em que é emocionante é trágica. Esse tipo de livro, quando escrito da maneira certa, sempre mexe comigo, e apesar de não ser fácil me fazer chorar, sempre fico meio deprimida depois, e sempre fico refletindo sobre as verdades da vida.
    Adorei a sua resenha, depois dela, acho que vou finalmente começar a ler meu livro, que eu estava tão ansiosa pra ler que acabei comprando em inglês por não ter a edição brasileira na livraria quando fui comprar, e mesmo estando ansiosa desse jeito não consegui pegar pra ler porque sabia que alguém ia morrer e eu ia ficar arrasada. Mas agora eu vou tentar ler, acho que eu vou adorar, apesar da crueldade da história, rs.

    ResponderExcluir
  27. Esse livro não entrou para as melhores leituras do meu ano, mas como eu já esperava, valeu a pena porque foi ele que desencadeou meu amor pelo John Green e me fez despertar interesse nos outros livros.
    Mas a história é bem bonita e mesmo não me arrancando lágrimas, me fez mudar o pensamento em relação a algumas coisas e abrir minha mente em relação à morte.
    Agora estou no aguardo da adaptação e espero que não deixe a desejar.

    ResponderExcluir
  28. Essa é a primeira resenha que eu leio desse livro, sério! Mas eu já vi tanto spoiler dele na internet que eu sei como a história termina, também já vi vários quotes e até sei alguns de cabeça! Rsrsrs
    Não tenho vontade de lê-lo no momento, mas sim futuramente!

    ResponderExcluir
  29. Nossa Patty acho q sou a única no mundo q não li esse livro. Adorei os quotes e a resenha. Bjs

    Eunice
    amordelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  30. "O problema da dor, é que ela precisa ser sentida". Sábias palavras, com certeza. Triste realidade, se dúvida Mas sem a dor não haveria crescimento e aprendizado.
    Esse é um livro que eu receio em ler pelo fato de ser tão enaltecido pelos leitores.
    Sempre que ouço falar nele também me lembro do filme O amor pode dar certo, e isso foi o que me motivou a ler o livro, pois adoro o filme.
    Lerei o livro, principalmente por gostar de histórias com teor emocional forte. Gosto desse tipo de história e sei que não me arrependerei de ler este livro, mas é impossível negar que ainda sinto certo receio.

    ResponderExcluir
  31. Oi Patty, aind não li esse livro e sinceramente se não fosse pelas milhares de pessoas que amaram esse livro e por alguns amigos que me indicarem, eu não o leria, mas vou dar uma chance em breve e espero gostar dele, mas estou sem espectativas sobre ele enfim, só lendo mesmo ^^

    ResponderExcluir

Comente, ficarei muito feliz em saber sua opinião!!!