Resenha #61 "Reiniciados" - Teri Terry - Farol Literário


Título: Reiniciados
Autor (a): Teri Terry
Editora: Farol Literário
ISBN: 9788562525728
Ano: 2013
Páginas: 432



Sinopse: As lembranças de Kyla foram apagadas, sua personalidade foi varrida e suas memórias estão perdidas para sempre. Ela foi reiniciada. Kyla pode ter sido uma criminosa e está ganhando uma segunda chance, só que agora ela terá que obedecer as regras. Mas ecos do passado sussurram em sua mente. Alguém está mentindo para ela, e nada é o que parece ser. Em quem Kyla poderá confiar em sua busca pela verdade?

Mas estou roendo as unhas, esperando que minha mãe, meu pai e Amy venham me buscar no hospital para me levar para casa. Só que não sei quem eles são. Nem sei onde fica minha "casa". Eu não sei de nada. Como pode isso não ser... estranho?
Bzzz: uma suave vibração de aviso do Nivo no meu pulso. Caí para 4.4, o lado errado da felicidade. Então como um pedaço de chocolate e ele começa a subir lentamente enquanto saboreio e observo.

Kyla "ganhou" uma segunda chance, suas memórias foram apagadas e agora ela poderá ter um recomeço, com uma nova família, cercada por pessoas que ela não faz ideia de quem sejam, porém na escola do hospital ela aprendeu que um Reiniciado não deve questionar, deve cumprir o contrato e além de tudo deve manter suas emoções controladas e a qualquer sinal de emoções fortes o nível de seu Nivo cai, podendo até causar sua morte.

Kyla porém se acha diferente dos outros Reiniciados, ela percebe que tem um senso critico que os demais Reiniciados que ela conhece não tem, além disso os pesadelos constantes parecem flashes de um passado, que não foi totalmente apagado, porém não há como ter certeza, ao ser Reiniciada Kyla teve que reaprender a andar, falar e descobrir o mundo a sua volta, tudo pra ela é novo apesar de já ter dezesseis anos, sua nova mãe a princípio parece um pouco fria e sem muita paciência, deixando Kyla desconfortável.

Em sua nova rotina Kyla percebe que há algo estranho na ideia de Reiniciar pessoas, algo que deveria acontecer somente com adolescente até os 16 anos que cometeram algum crime, esta ocorrendo com adolescentes que de alguma forma são ameaças ao governo, e ainda há adultos que simplesmente desaparecem levados pelos Lordeiros, uma espécie de polícia da época.

Eles nos ensinaram o básico sobre os Reiniciados na escola do hospital. Éramos todos criminosos, sentenciados - apagariam nossas memórias e personalidades -, e assim poderíamos recomeçar. Com o Nivo no lugar para garantir que tudo desse certo, até ser removido no ano em que completássemos vinte e um anos como Reiniciado. Era uma segunda chance, pela qual devíamos ser gratos: ela nos manteve fora da prisão ou da cadeira elétrica.

Li a primeira resenha de Reiniciados no Blog Livros e Chocolate Quente da Andressa, gostei muito do que li e resolvi comprar os dois primeiros livros publicados dessa trilogia, gosto muito de distopias, então comecei a leitura de Reiniciados com as expectativas bem altas, e felizmente todas foram atendidas. Uma distopia bem diferente das quais estou acostumada a ler, me surpreendeu e me ganhou com toda certeza.

Narrado em primeira pessoa, o livro nos deixa bem próximos dos sentimentos confusos da protagonista, que não demostra ser uma garota frágil, apesar de se encontrar em uma situação difícil, imagine você ter todas suas lembranças apagadas, conviver com pessoas que nunca viu, ser aterrorizada por pesadelos e ter a sensação de não poder confiar em ninguém. Kyla é diferente dos demais Reiniciados, é como se existisse uma força dentro dela que não quer deixar ela esquecer de quem ela é.

Uma leitura envolvente que te prende do começo ao fim e deixa um gostinho de quero mais, Teri conseguiu definir tão bem os personagens, que temos a sensação que eles são reais, em várias passagens conseguimos sentir a angustia da nossa protagonista, que apesar de sofrer muito, não se deixa abater e nos mostra ser uma personagem forte. O livro apresenta algumas pontas soltas que acredito que serão respondidas no próximo livro, Fragmentada.

A diagramação do livro é simples com folhas amarelas, não sou do tipo que se prende aos erros de digitação, uma vez que eles são interfiram na compreensão da história, então se o livro possui algum tipo de erro de digitação eles passaram por mim desapercebidos, gosto muito da capa do livro, acredito que foi um excelente trabalho da editora Farol Literário. 

Para quem curti o gênero distópico, está disposto a se emaranhar em um mundo repleto de emoções e quer conhecer uma protagonista forte, longe de ser birrenta, e personagens secundários com algo a dizer, eu indico Reiniciados.

Agonia. Meu mundo está repleto de dor, nada mais. Uma dor que pulsa, que respinga de vermelho, um torno que esmaga tudo que eu sou, o que fui e o que poso vir a ser.
Lentamente, outras coisas se tornam tangíveis. O chão. Estou deitada no chão. Ouço vozes. Ben...
Um golpe em meu braço. O calor se disseminando através de minhas veias, por todo o meu corpo. A dor não vai embora, nada pode mandar esta dor embora. Aos poucos deixo de me importar. Abro meus olhos.






17 comentários:

  1. Reiniciados me encantou por sua capa e por trazer uma temática que ainda não li: ter a memoria apagada. Adoro histórias que falam de perca de memoria, sendo essa proposital só me intriga mais. Distopias são um gênero que eu gosto muito, então mais um ponto pra ele. A capa é a cereja do bolo!
    Tudo nesse livro indica que irei me prender a ele até as ultimas palavras.

    Beeijos, Dreeh.
    Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  2. Oie,
    Já li várias resenhas sobre Reiniciados e cada uma delas me fez querer ler o livro ainda mais. Quando você fala que é uma leitura envolvente do começo ao fim, eu vejo que preciso desse livro.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  3. Como fã de distopias, sou louca pra ler esse livro. Até porque a temática é super original, e essas capas chamam a gente, muito lindas! *--*

    Beijos
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Sempre vejo muitos blogs fazendo resenhas positivas tanto deste volume, quanto do próximo e parece ser uma ótima trilogia! Também amo distopias e fiquei feliz em saber que Reiniciados atendeu ás suas expectativas, também me parece ser um ótimo livro e também tenho altas expectativas, achei bem diferente de tudo que já li e fiquei curiosa para conhecer esse mundo! Também gostei de saber que a personagem, mesmo se encontrando em uma situação complicada, não é frágil! Este livro está na minha lista :)
    beijos ♥
    quemprecisadetvparaverbeyonce.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Não tinha visto ainda esse livro, mas a história parece bem interessante e fiquei curiosa para saber mais sobre o livro
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi Paty!!

    Tudo bem minha flor? Saudades de você!!!

    Eu amo esse livro e Fragmentada segue o mesmo ritmo, ainda bem que gostou tanto quanto eu , distopia é muito bom!

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  7. Imagina que louco pessoas sendo reiniciadas, começando uma nova vida em um corpo já maduro, sem saber como parar ali? Além de uma vida, uma essência também foi perdida. Gostei de cara da personagem da Kyla! Reiniciados já está na minha listinha, espero conseguir ler ainda nesse primeiro semestre. Acho que a crítica social por trás dessas distopias é o ponto principal para justificar o sucesso que fazem.

    ResponderExcluir
  8. Oi, Patty, tudo bom?
    Eu também li Reiniciado recentemente e não gostei tanto quanto você, haha, não é que eu ache a história ruim, mas eu criei muitas expectativas e esperava um pouco mais do primeiro volume da série.
    No entanto, achei sua resenha muito bem escrita e condizente com a história e com a sua opinião.
    Abraços.

    Rogério Queiroz - Uma dose de palavras.
    http://uma-dose-de-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Já tinha visto esse livro. Mas não me chamou a atenção.
    Gostei da sua resenha, mas mesmo assim o livro não me agradou.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  10. Oi Patty, tudo bom?
    Ai você a Dressa me deixando com mais vontade de ler esse livro. Eu adoro distopias e acho a premissa dessa série tão peculiar. Vou esperar o lançamento do 3º livro para ler de uma vez (a não ser que apareça uma promoção linda <3)
    Sua resenha ficou muito boa Patty.
    Beijos
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Recebi ontem Reiniciados e já estou super ansiosa para lê-lo, adoro distopias e até agora só li resenhas positivas sobre a obra, então é claro que tenho altas expectativas e espero adorar a série também.

    ResponderExcluir
  12. Eu não gosto de distopias, mas essa me interessou muito. Seria interessante se tivesse uma máquina apta a concertar as pessoas, mas o risco de ela ser usada de má fé sempre existiria. Quero muito me envolver na vida dessa personagem em busca de si mesma e dos fatos que a levaram até ali
    Letras & Versos

    ResponderExcluir
  13. Essa série está em minha lista de leitura, parece muito boa, assim que terminar o lançamento aqui inicio a leitura.

    ResponderExcluir
  14. Já li várias resenhas positivas a respeito de Reiniciados, e ele já está em minha lista para leitura. Conforme a resenhista de um blog escreveu, este enredo de Reiniciados faz-nos lembrar da época da Ditadura qui no Brasil, em razão do governo com opressivo. Eles tiveram uma boa intenção ao dar uma segunda chance aos adolescentes, mas fizeram isso do modo errado.... e conforme se diz: O poder subiu a cabeça....
    Não vejo a hora de ler essa série...

    ResponderExcluir
  15. Oi Patty!!

    Já ouvi falar muito bem desse livro, e ver que você gostou é caminha andado para eu gostar também, não é? hsuahsuahs.. Senti na sua resenha mais a essência do livro. E gostei muito de saber que a personagem é forte sem ser birrenta... Omg, nem me fale em personagens birrentas.. kkkkkkk..

    Depois vou procurar ler então.. parece trazer muitas reflexões boas, principalmente quanto à alienação imposta pelos "poderosos"..

    Beijão!!

    ResponderExcluir
  16. Ei Patty!

    Estou completamente louco para ler Reiniciados *-*
    Mas vou ter de esperar um cadinho ^^
    Beijos.

    ResponderExcluir
  17. Oi adorei sua resenha! Da forma como vc narrou me fez se interessar pelo livro....mas vc já leu o livro reverso escrito pelo autor Darlei... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura e digite reverso...a capa do livro é linda ela traz o universo de fundo..abraços. www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?
    busca.livrariasaraiva.com.br/saraiva/Reverso
    www.buqui.com.br/ebook/reverso-604408.html

    ResponderExcluir

Comente, ficarei muito feliz em saber sua opinião!!!