Resenha #57 "Tapete Vermelho" - M.S.Fayes - Matrix



Título: Tapete Vermelho
Autor (a): M.S.Fayes
ISBN: 9788582300145
Ano: 2013
Páginas: 184




Sinopse: Uma jovem garota brasileira resolve se aventurar em um curso de inglês no exterior. Na poderosa LA. Em meio ao itinerário de passeios mesclados com estudos, ela se vê em um torvelinho de emoções ao conhecer subitamente um astro em ascensão do cinema. Seus passeios acabam sendo mais intensos do que poderia sequer sonhar. Ela se vê no poderoso mundo das celebridades, onde o glamour pode deslumbrar ou ofuscar seus ideais. O mais importante, porém...seria ela capaz de manter um romance onde os holofotes nunca se apagavam ?


"No dia seguinte acordei com uma perna enroscada no meu quadril e um braço me prendendo ao travesseiro. Percebi que estava de roupa e tudo e imaginei o desastre que deveria estar. Maquiagem borrada, cabelo emaranhado, roupa amassada. Olhei para o lado e o belíssimo rapaz estava mais belo que nunca. Parecia saído de uma capa de revista. Tentei me levantar sem acordá-lo, mas foi impossível. Seus olhos abriram nesse instante. O verde mais lindo que eu já tinha visto..."

Em busca de aprimorar o inglês e se afastar de um ex-namorado que não aceitou bem o término, a brasileirinha Marina no auge de seus 19 anos desembarca em Los Angeles, sua mini aventura já começa com alguns problemas, Marina ou simplesmente Nina, tem suas malas extraviadas, e após levar um chá de cadeira na alfândega a empresa aérea a coloca na sala vip de onde ela não pretende sair até que suas malas apareçam, e é nessa sala que Nina receberá uma proposta que mudará seus planos e sua vida.

James Bradley ou Jim é um astro do cinema, dono de um sorriso espetacular e simplesmente de parar o trânsito, Jim é o garoto da vez, inglês, educado, lindo, lindo, lindo, charmoso, já falei que ele é lindo não é? Jim para aplacar a sede da mídia local e abafar as especulações de sua vida particular, faz uma proposta para Nina, que ela enfrente os repórteres e o assédio das fãs juntamente com ele, e o acompanhe até a saída do aeroporto, em troca ele promete resolver o problema que Nina teve com as malas e ainda a levar até o campus onde ela estudará. Após ponderar sobre os prós e os contras, Nina acaba aceitando, e a partir desse momento ela começa a viver um verdadeiro conto de fadas.




Eu li a primeira resenha de Tapete Vermelho, no blog da Andressa, Livros e Chocolate Quente, e vou ser muito sincera, o que me chamou a atenção foi o nome do protagonista James Bradley, sou apaixonada pelo ator inglês que interpretou o Rei Arthur na série As Aventuras de Merlin, chamado Bradley James, então bastou eu ler o nome para ficar curiosa sobre o livro, para o meu espanto, conforme ia me aprofundando na leitura de Tapete Vermelho e a autora descrevia o personagem fisicamente, mais ele se assemelhava ao ator pelo qual sou apaixonada, então li o livro inteirinho com a imagem de Bradley James na cabeça, não sei se a autora se inspirou em algum ator real, mais pra mim Jim é o Bradley James. 

A história de Jim e Nina é um conto de fadas super moderno, Nina é apresentada há um mundo totalmente diferente do seu, e para o contentamento de Jim ela não fica deslumbrada com os eventos famosos, ao luxo, e a fama repentina, mesmo Jim tentado protege-la, os paparazzi a perseguem. Dona de um senso de moda prático e despojado Nina começa a lançar moda com seu jeito natural de se vestir, sem mesmo notar esse fato. Jim demonstra ser um rapaz a moda antiga, paciente, sincero e meio possessivo ou podemos dizer protetor ao extremo, e esse é seu único defeito. 

O contraponto do romance é focado na dificuldade de adaptação que a Nina possa sentir nesse meio, onde fofocas e escândalos são escancaradamente forjados para que a mídia possa ter assunto, onde as pessoas são muitas vezes massacradas pelo ego de outras, e onde se tem a triste ilusão que o dinheiro compra tudo. Não há grandes momentos de drama, os problemas entre o casal são bem cotidianos (dada às devidas proporções, afinal estamos falando de Los Angeles e de um mundo glamoroso), porém são esses conflitos que nos dão uma sensação de realidade. 

O livro é bem curtinho, possui apenas 184 páginas, que passam em um ritmo acelerado, muito mais do que eu gostaria, porém devo admitir que é uma boa história. Clichê? Pode até ser, mais sinceramente tem dias que precisamos de uma boa dose de clichês, indico para quem está precisando de uma leitura leve, rápida e apaixonante ler Tapete Vermelho.
 "A essa altura do campeonato eu já sabia que estava completa e irremediavelmente viciada em James Bradley. Ele tinha se tornado meu mundo. Eu não conseguia atinar ficar mais do que alguns dias longe dele. Mas eu sabia que tinha que voltar para a minha realidade, nem que fosse por um tempo…”




26 comentários:

  1. Já tinha visto esse livro mas não sabia do que se tratava! Achei a minha cara! Gostei muito! Sempre quis estudar fora, mas ainda não tive a oportunidade. Vou amar ler esse livro, e ainda mais que tem uma pitada especial de romance e não me importo muito com clichês. Até gosto de alguns!! ^.^

    Beijinhos
    blog-belavida.blogspot.com (meu mundo em tons pastéis)

    ResponderExcluir
  2. Verdade flor, às vezes clichê é realmente o que estamos precisando. Esse livro parece ótimo, mega fofo e moderno, vou querer ler sim. Ótima resenha!

    Beijos
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Patty :)

    Entre atores famosos, livros clichês e estória rapidinha, eu creio que esse livro não entrará na minha lista. Beijocas!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Achei bem legal a sinopse e sua resenha ficou ótima! Deve ser muito legal acompanhar as aventuras desta brasileira em outro país e até se apaixonar! Fiquei curiosa para ler :)
    beijos ♥
    quemprecisadetvparaverbeyonce.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Também leio um clichê vez ou outra mas esse segue uma "receita de bolo" da qual eu já estou cansada. Mas assim como você, se o personagem principal remetesse a um ator que eu gosto eu também leria:) Valeu a dica, pode ser uma boa opção para quando estiver a fim de embarcar em uma história leve. Bjs...
    anna-gabby.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Antes de tudo... Adorei a capa!
    O livro parece ter mesmo um enredo clichê, mesmo assim senti vontade de tê-lo na minha estante. Tem sempre um dia em que eu quero um leitura leve e apaixonante, por isso gosto de ter livros assim.

    Beijoos

    ResponderExcluir
  7. Oie,
    Já tinham me falado sobre esse livro, mas particularmente não me interessei, achei a história muito adolescente, só o leria depois de uma ressaca literária fortíssima.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  8. Deve ser daqueles livros que se lê em uma sentada. Pode ser uma história batida, para alguns mas é boa para relaxar.

    ResponderExcluir
  9. Ganhei esse livro em um sorteio e estou louca para lê-lo,
    quer dizer não tão louca assim, quero lê-lo porque achei a premissa e legal e acredito que vou gostar da leitura, mas não está na minha lista de prioridade. Com relação ao ritmo, eu até gosto de um ritmo mais acelerado, dependendo da narrativa, detalhes demais me deixam entediada, gosto de imaginar um pouco e não sou muito receptiva a estória mastigada demais.

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. oi Patty, eu já li esse livro, na época do lançamento, e achei bem fofo também. Eu conheço a autora do face, então pude trocar algumas figurinhas com ela, e inclusive li o primeiro capítulo que ela escreveu na versão do James, pena que parece que ela não vai levar o projeto pra frente, porque ficou legal, rs.
    Também recomendo o livro para quem quer uma leitura leve, rs
    beijos

    ResponderExcluir
  11. Essas meninas que vão estudar fora, sempre passam por problemas e quase sempre é pra fugir de um ex.
    Amei a resenha, e muito mais a ilustração que você fez, bate bem com a descrição.
    beijos!!!
    seforasilva.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Oie
    Tapete Vermelho está na minha lista de desejados há um tempinho e eu tinha como base apenas a capa e a sinopse da obra, essa é a primeira resenha que leio e fiquei com um pé atrás com relação ao ator famoso estar se esquivando do assédio das fãs e da imprensa e decidir acrescentar uma desconhecida que obviamente só geraria mais polêmica... enfim, espero que isso seja esclarecido pq eu achei meio estranho, rs.

    ResponderExcluir
  13. Concordo que tem dias que precisamos de uma boa dose de clichês. Por isso gosto desses livros mais leves e divertidos para intercalar com leituras mais "pesadas". ;)
    Fiquei curiosa para conhecer o livro e com uma dúvida na cabeça: a autora é brasileira?

    ResponderExcluir
  14. Oiee

    To começando a me sentir importante hein mais um livro que você comprou porque eu resenhei no blog kkkk

    Só de fazer você se imaginar nos braços do seu ator favorito a leitura já valeu a pena né kkk é bom esse livro a leitura flui muito rápido e é brasileiro o que é perfeito!

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  15. Não tinha visto ainda esse livro, mas amei! A capa é bem criativa, e esses trechinhos do livro só dá mais vontade de ler o///
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Olá!!

    Sei bem como é isso de precisar de uma leitura leve de vez em quando. Como livro leve e relaxante, adorei a premissa, acho que daria super certo para mim. E antes eu nem pensava em ler e nem conhecia bem. Mas agora vou procurar. xD
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  17. Aimda mão tinha ouvido falar desse livro, e acho que foi indicado pra mim ^^.
    Precisando de leituras assim...

    Bjs

    ResponderExcluir
  18. Uma leitura dessas que eu tô precisando. Tô numa puta ressaca literária e é super chato estar de férias sem vontade de ler. Adorei a resenha! É tão bom ver autores e histórias nacionais tomando espaço.

    ResponderExcluir
  19. Cada resenha que leio nesse blog, mais um livro que vai pra lista de livros que quero ler.
    Amei a história. E de vês em quando gosto de ler livros clichês.
    Adorei a resenha!
    Beijinhos

    http://www.eraumavezolivro.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
  20. Oi Patty, tudo bom?
    Eu também tinha lido a resenha da Andressa e achei esse livro fofo. Adoro livros leves como esse para descontrair as leituras do dia a dia.
    Quer clichê maior do que se envolver com alguém famoso e sofrer as consequências disso? A vida é um eterno clichê.
    Beijos
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Achei a capa bem bonita Patty, adoro essas comédias românticas *.*
    As autoras sabem com o quê algumas leitoras sonham....são espertas hahaha

    Espero ter oportunidade de ler.
    E clichês existem por algum motivo, creio eu que seja pra deixar a gente sonhando ou chorando por ai hahahahaaha
    Não conheço esse ator, mas dizem que a série é ótima!

    ResponderExcluir
  22. Nooooossa, Patty....o ator que vc falou por algum acaso eh aquele que vc usou para ilustrar seu quote???? uuuuhhhh..adorei....acho que ele dá vida ao James Bradley da minha imaginação tranquilamente.
    Adoro apreciar novas resenhas....eu sou meio passada ciberneticamente, então de vez em quando eu descubro uma que ainda não tinha visitado...adorei a sua.
    Adoro clichesismos...acho que nossa vida eh cheia deles e não há como fugir...a fórmula de um bom romance vai ser descambar p o momento clichê, mas acho que isso que faz a magia do romance funcionar.
    Sempre fui fanática pela vida das celebridades entre quatro paredes...tipo: serah que são normais como nós? serah que soltam pum? serah que? hahahhaaha...
    Quanto ao quesito da fuga da fama, na verdade ele não está fugindo da fama, e sim de boatos que a mídia vem soltando ao seu respeito e a escolha de uma pessoa completamente desconhecida seria exatamente para gerar outro tipo de notícias ao invés das que estavam circulando...
    Acho que por ser autora nacional, só tenho a agradecer totalmente aos blogs literários que se empenham em ler, dar uma chance aos livros nacionais, e ainda deixar suas palavras sobre a obra.
    Para nós o livro é como um filho. Fico feliz de ver que vc curtiu e tantas outras pessoas já curtiram ou darão uma oportunidade a este singelo e tranquilo romance.

    Bjuuuuu

    adorei a resenha!!!

    M.S Fayes ou apenas Martinha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. UAU!!! Martinha, até chegar na parte da assinatura não fazia ideia que era a autora que estava comentando a resenha, fico lisonjeada com sua presença aqui, respondendo a sua pergunta, o ator que eu usei no quote é o Bradley James, ator inglês que fez o Rei Arthur na série de TV Merlin da BBC, e pra mim ele é o James Bradley.
      Parabéns pelo livro, eu adoro clichês!!!

      Patty Santos

      Excluir
  23. Eu, sinceramente, adoro um clichê. Sem contar que livros leves e descontraídos caem bem a qualquer momento =)
    Não conhecia o livro, mas achei super fofo e já estou adicionando na minha lista de leituras *-*
    Também achei a capa super fofo haha mal posso esperar para conferir.

    Beeijos, Dreeh.
    Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  24. Sabe, ler um livro divertido, meio clichê e sem drama de vez em quando faz bem para a alma... eu me apixonei pela sua resenha!!!! Este livro parece ser encantador, daqueles em que você lê sentada embaixo de uma árvore com um copo de café na mão....
    Vopu procurar este livro para ler...

    ResponderExcluir
  25. Que fofura! Tenho vontade de ler o livro e como sempre, suas resenhas me deixam mais apaixonada! Rs! Um beijo!

    ResponderExcluir

Comente, ficarei muito feliz em saber sua opinião!!!