Resenha #66 "Mago: Aprendiz" - Raymond E.Feist - Saída de Emergência



Título: Mago: Aprendiz
Livro 1
Autor (a): Raymond E. Feist
Editora: Saída de Emergência Brasil
ISBN: 9788567296005
Ano: 2013
Páginas: 432





Sinopse: Na fronteira do Reino das Ilhas existe uma vila tranquila chamada Crydee. É lá que vive Pug, um órfão franzino que sonha ser um guerreiro destemido ao serviço do rei. Mas a vida dá voltas e Pug acaba se tornando aprendiz do misterioso mago Kulgan. Nesse dia, o destino de dois mundos altera-se para sempre. Com sua coragem, Pug conquista um lugar na corte e no coração de uma princesa, mas subitamente a paz do reino é desfeita por misteriosos inimigos que devastam cidade após cidade. Ele, então, é arrastado para o conflito e, sem saber, inicia uma odisseia pelo desconhecido: terá de dominar os poderes inimagináveis de uma nova e estranha forma de magia… ou morrer. Mago é uma aventura sem igual, uma viagem por reinos distantes e ilhas misteriosas, onde conhecemos culturas exóticas, aprendemos a amar e descobrimos o verdadeiro valor da amizade. E, no fim, tudo será decidido na derradeira batalha entre as forças da Ordem e do Caos

"Se não fosse escolhido, Pug - assim como os demais - teria liberdade para deixar Crydee e encontrar um ofício em outro povoado ou cidade. Se ficasse, teria que cultivar as terras do Duque como homem livre ou trabalhar em  um dos barcos de pesca da vila. Ambas as perspectivas eram  igualmente desinteressantes, embora não conseguisse se imaginar indo embora de Crydee(...) Fez-se uma pausa e Pug aguardou que o seu nome fosse chamado, mas Fannon recuou e Tomas atravessou o pátio para se colocar ao lado dele. Pug sentiu-se minúsculo com todos os olhares voltados para ele. O pátio parecia maior do que se lembrava e sentiu-se deselegante e mal-vestido."

Pug é um menino orfão que vive em Crydee ao lado de seu amigo Tomas e sonha em ser um soldado, porém no dia da Escolha, onde todos os jovens se perfilam no pátio para serem escolhidos pelos mestres para serem aprendizes, Pug vê seu sonho ir por água abaixo, enquanto Tomas é escolhido pelo mestre das armas, Pug é o único menino que nenhum mestre escolhe, até que o Mago Kulgan surge e o salva de seu constrangimento escolhendo Pug para ser seu aprendiz.

Pug luta muito para conseguir absorver os ensinamentos, porém mesmo com toda sua dedicação, ele não é capaz de executar nenhum feitiço. Por conta dessa proximidade com Kulgan, Pug é escolhido para acompanhar a princesa Carline a um de seus passeios, lá a princesa é atacada por Trolls, e Pug na ansia de proteger a princesa, mesmo que sem querer acaba executando um feitiço, salvando a princesa e ganhando todo o seu afeto. Esse ato de bravura rende a Pug um lugar na corte, bem como um título e propriedades, que passarão para seu nome assim que tiver idade o suficiente para administrar tudo.

Como nem tudo são flores e a paz não dura para sempre, um inimigo desconhecido e implacável se aproxima da cidade de Crydee, deixando todos receosos, então o Duke resolve montar uma comitiva para procurar apoio nos reinos vizinhos para ajudar-lo a combater esse inimigo, é então que Pug e Tomas embarcam em uma viagem perigosa para conseguir defender Midkemia e onde seus valores, amizade e lealdade serão postos à prova.

"Carline aninhou-se com suavidade nos braços de Pug, abraçando-o com força e colocando o rosto no seu ombro.
 - Nunca, Pug. Jamais gostarei de outro."

Ler o Mago Aprendiz foi um grande desafio para mim, esse foi o primeiro livro em muitos anos que me fez sair, ou melhor, me possibilitou sair da minha zona de conforto. Eu tão acostumada a ler romances, chick lits, e distopias nutri sentimentos muito contraditórios lendo essa fantasia medieval.

Ao mesmo tempo em que absorvia a história e me envolvia com os personagens eu me irritava com a narrativa minuciosa em terceira pessoa do autor, esse foi o motivo que me fez demorar tanto para ler esse livro, perdi a conta de quantas vezes iniciei a leitura e parei, é claro que entendo que a riqueza de detalhes contribui para a compreensão da história ou a visualização de uma cena, mas teve determinados momentos que ao invés de ajudar acabou atrapalhando e deixando a leitura cansativa e enfadonha.

Quando li a sinopse de Mago Aprendiz acreditei que a trama central giraria em torno da iniciação de Pug nas artes da magia, porém vemos bem pouco disso no livro, a história toma outro rumo e acaba repleta de aventuras e perigos, e pouco vemos de Pug nos últimos capítulos que passam a ser narrados pela percepção de outros personagens, que na realidade são tantos que não acredito que eu seja capaz de lembrar o nome de todos, porém são personagens humanos e muito bem escritos, com características únicas, nem bons nem maus, apenas imperfeitos como todo ser humano.

O que eu gostei no livro foi a relação de amizade entre Pug e Tomas e em como o autor conseguiu transmitir a imagem da infância dos dois através das brincadeiras entre eles, e como percebemos a passagem do tempo e o amadurecimento deles de uma forma muito sútil.

Acredito que para um livro introdutório, Mago Aprendiz cumpre muito bem seu papel, nos apresenta Midkemia, seus reis, princesas, príncipes, guerreiros, magos, elfos, anões, dragões e ainda deixa aquele gostinho do que esperar pelo próximo livro.

A Editora Saída de Emergência está de parabéns pela diagramação do livro, eu realmente me apaixonei pela capa desse livro. Eu li várias resenhas que comparavam a escrita de Feist com a de Tolkien, eu bem não consigo fazer essa comparação, pois não li nada de Tolkien, mais para você que está familiarizado com esse tipo de leitura não perca a chance de ler Mago Aprendiz.

"O Padre Tully diz que há amores que chegam inesperadamente como as brisas do mar, e outros que crescem das sementes da amizade."


24 comentários:

  1. Oi Paty,
    tudo bem?
    Estava muito curiosa sobre esse livro, pois é um dos meus temas preferidos. Percebei que não é tudo o que eu esperava. mas mesmo assim, gostei das aventuras, do relacionamento de amizade, e gostei muito do que falou, que tirou você da sua zona de conforto. Gosto quando os livros fazem isso.
    Vou dar uma oportunidade assim mesmo.
    beijinhos,
    cila-leitora voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Entendo perfeitamente o que quer dizer, flor! Detalhes em excesso enriquecem a leitura, mas ao mesmo tempo a tornam menos dinâmica e exigem mais concentração do leitor. Isso cansa. Por mais que a leitura valha a pena, mesmo que a narrativa seja em terceira pessoa, importa mais descrever somente aquilo que é essencial ao contexto do que descrever minuciosamente cada coisinha que aparece. >.<
    Estou assim com o livro Belle. Mas não é pela descrição demasiada e sim porque a autora pecou com o uso excessivo de advérbios e ao elevar a expectativa do leitor para algo que, no fim, acontece apenas em 2 páginas ao longo do livro. Com tantas páginas preparando o leitor para AQUILO, é de irritar qualquer um quando a cena é tratada com certo "descuido".
    Enfim, não posso dizer que lerei O Mago Aprendiz, simplesmente porque desde o início (no lançamento) não foi um livro que me atraiu. :)
    Beijos, flor!

    www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Acho que meu gosto literário é parecido com o seu. Raramente saio da minha zona de conforto nesses casos. Acho que por isso, não tenho vontade alguma de ler este livro.
    Apesar de já ter lido críticas positivas, confesso que a premissa não me cativou e pelo visto, a narrativa também não o faria.
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Confesso que não sou muito fã de sobrenatural medieval, acho as descrições bem cansativas e em Mago Aprendiz parece que isso é algo constante.
    Ter tantos personagens que você nem consegue nomeá-los não é algo bom. E pelo título, também esperava mais sobre a iniciação em magia de Pug e não super aventuras para salvar a princesa.
    A trama não me interessou, então não vou ler essa série.

    ResponderExcluir
  5. Eu aaaaamo fantasia medieval, então tô de olho nesse livro desde o anuncio do lançamento. E por mais que várias resenhas o tenham classificado como apenas "bom", "mediano", eu ainda o coloquei no topo dos desejados, É muito meu estilo!

    Beijos
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oie,
    Gosto muito de fantasia e toda essa coisa medieval ^^.
    A capa é linda, a história é algo que me encanta e como é explorada a amizade entre os meninos é linda. Ainda quero esse livro.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  7. Eu acho a capa do livro lindo mas a coisa toda pára por aí. Acho que é aquela coisa, o livro sai completamente da minha área de conforto. Eu particularmente nunca me senti atarída pela sinopse e, depois da sua resenha, me convenci ainda mais de que não é o meu tipo de leitura.

    http://spencer-pretty.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Eu gosto de livros que falam sobre eras medievais misturados a fantasia. Então acredito que esse será um livro que vou curtir. No entanto se a escrita é parecida com a de Tolkien, então sinto que demorará um pouco para que eu consigo ler.
    Mas adorei a dica.
    Abraços
    Vivi

    ResponderExcluir
  9. Apesar de não gostar muito do gênero,não se fala em outra coisa na blogosfera;magia,fantasia,mistério...enfim tem algumas que ando anotando,pois despertou meu interesse e curiosidade como esse ,quando tiver oportunidade quero ler!

    ResponderExcluir
  10. É um gênero que curto, fantasia, mas narrativa descritiva e minuciosa me cansa também...
    Tendo um milhão de personagens então... aff!!

    Mas acho que leria só pra saber se chega perto de Tolkien mesmo...

    Beijinhos
    Sou eu... Pri!

    ResponderExcluir
  11. Oi linda!
    Eu entendo muito bem o motivo de ter achado a leitura cansativa em detalhes. Eu AMO O Senhor dos Anéis, mas as vezes eu queria pular trechos, de tanto que era descrito, acho isso importante, uma riqueza em detalhes te poe mais pertinho da história, mas tem horas que não dá e quero arrancar os cabelos, querendo continuar a narrativa mas ela parada em pontos. Mas ainda quero ler a história e conferir, foi um livro que me interessou bastante ♥ a capa arrasou mesmo.
    Ótimo post!
    Bjus bjus!
    Pan
    Pan's Mind - [Momento Cultural #4] Steampunk Culture!

    ResponderExcluir
  12. Olá! Acho este livro muito interessante, já o conhecia mas ainda não li. Parece ser mesmo bom, acho que eu gostaria, pois gosto do estilo deste enredo, mas achei um ponto muito negativo a narrativa descrever tudo tão minuciosamente, deixa mais cansativo mesmo..
    beijos ♥

    ResponderExcluir
  13. Sei que o livro é ótimo e a resenha também, mas não é o eu tipo preferido de leitura, porém nada impede de eu ler futuramente.

    ResponderExcluir
  14. Assim como você também é muito difícil pra mim sair da minha zona de conforto, e entendo a demora em você ler esse livro e também não ter gostado muito da narrativa do autor, ás vezes cansa essa minuciosidade, mais acredito que em leituras desse gênero é necessário.

    ResponderExcluir
  15. O livro já estava na minha wishlist a tempos, era pra tê-lo comprando na Black Friday, mas a pessoa lerda aqui se confundiu e acabou pedindo a trilogia de "O Clã dos Magos" ao invés dele. Tudo bem que eu ia ler de qualquer forma. Enfim, quando vi que estava pra ser resenhando fiquei surtando, e depois da resenha só quero lê-lo mais inda. Quanto a parte de terceira pessoa bem detalhada que você não gostou acho que é um dos pontos que no meu caso contaria pontos a favor, gosto de histórias beem descritas e tal.
    Adorei a resenha Patty!
    http://liriosaomar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oiii Patty!! Eu gosto de história medievais e fiquei com vontade de ler esta! Também sai um pouco da minha zona de conforto, compartilho com você a paixao por romances e chick lit!!

    Beijos

    Mari
    cantinhodeleituradamari.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Oi Patty!
    Este livro não faz mesmo meu estilo. Sou mais Chick-lit e Romances água com açúcar. Mas estou começando a expandir meus gêneros, e talvez eu o leia mais pra frente!
    Parabéns pela resenha!
    Beijos,
    Marcela.
    ocantinholiterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Creio que essa seja a resenha menos positiva que li a respeito desse livro. Mas acho legal isso... Porque assim como você, é complicado para mim ler um livro com essa temática e com tamanha descrição. Eu, provavelmente, abandonaria a leitura. Não sei se leria.

    ResponderExcluir
  19. Apesar de esse livro estar na minha listinha faz um tempo, depois de ler algumas resenhas eu percebi que também teria dificuldades com a leitura. Ainda não desisti dele, mas não estou mais tão curiosa...
    Beijos!
    http://sobrelivrosesonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Oi Patty *-*
    Já tinha ouvido bastante desse livro .
    Nossa me deu uma vontade enorme de ler hahah
    Amei demais sua resenha ! Estou bastante curioso com esse livro ;]]
    Bjããão !
    http://umgrandevicioliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Oiee

    Adoro livros que me tira um pouco da zona de conforto gosto muito de ler livros bem diferentes mas esse com certeza não entra na minha lista de leituras desejadas , não gosto de Tolkien então sei que não vou gostar se ler kkk só para quem curte mesmo esse gênero.

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  22. Ei Patty!
    Ótima resenha!
    Estou completamente louco por esse livro *-*
    Não vejo a hora de ler.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  23. Eu sou muito apaixonada por essa capa. O trabalho de arte da editora foi incrível!
    Mas não creio que vá ler. Primeiro você disse que ele é minucioso, e depois disse que algumas pessoas comparam ele ao Tolkien. Pronto, só consigo imaginar um livro muito chato de tão detalhista!
    A sinopse e o inicio de sua resenha me animaram muito para lê-lo, mas com certeza ele vai ficar de fora.

    Beeijos, Dreeh.
    Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  24. Já li tantas e tantas resenhas sobre este livro, só que eu não consegui me interessar por ele, não sei porque. As vezes é o momento.

    ResponderExcluir

Comente, ficarei muito feliz em saber sua opinião!!!