Resenha #70 "A Proposta" - Katie Ashley - Editora Pandorga




Título: A Proposta
Autor (a): Katie Ashley
Editora: Pandorga
ISBN: 9788561784393
Ano: 2013
Páginas: 312



Sinopse: Com a chegada dos trinta anos, Emma Harrison está com seu relógio biológico tinindo e ainda aguarda o seu príncipe encantado aparecer. Ela está ficando sem opções, principalmente depois que seu melhor amigo gay desistiu de ser seu doador de esperma. Claro, sempre há um banco de esperma, mas Emma tem medo de que haja alguma confusão com a doação e ela possa receber a semente de um monstro assassino ou algo do tipo.
O maior mulherengo da empresa, Aidan Fitzgerald, está acostumado a sempre conseguir o que quer, principalmente no quarto. Quando Emma rejeita suas investidas na festa de Natal da empresa, ele fica determinado a conquistá-la a qualquer custo. Ao saber sobre a difícil situação de Emma, ele rapidamente faz uma proposta que beneficiará a ambos. Ele será o pai do filho da Emma, mas ela precisará concebê-lo naturalmente, com ele. Sem ninguém com quem namorar ou simplesmente fazer sexo casual, Emma reluta em aceitar a oferta, mas o charme dele e o intenso desejo dela pela maternidade vencem a questão.Logo as seções para a concepção do bebê se tornam mais do que físicas. Aidan não parece se afastar dela, enquanto Emma começa a pensar que ele pode ser o homem certo. 

Ele folheou antes de voltar a olhar para ela.
- Um contrato, hein? - Ele recostou na cadeira e abriu a pasta. - É um daqueles contratos como aqueles livros pervertidos que esboçamos sobre o que estamos ou não dispostos a fazer durante o sexo? Como nossos maiores limites e palavras seguras?

Vou confessar para vocês que às vezes eu vício em um gênero literário, atualmente meus queridinhos são os New Adults, basicamente adorei todos que eu li até o momento, um dia buscando por livros do gênero na blogsfera me deparei com A Proposta da Editora Pandorga, pela sinopse achei que seria uma boa aposta, só pelo fato da protagonista ser uma mulher mais madura, na casa dos 30 anos o livro já ganhou pontos comigo, adoro New Adults, mais ando meio saturada de protagonistas com 17 anos, nada contra não me entendam mal. Embarquei na leitura de A Proposta sem grandes expectativas e acabei me apaixonando pela história de Emma e Aidan.

Emma é uma mulher prestes a completar 30 anos, que em muitos momentos sonha com o príncipe encantado, acontece que está muito difícil desse príncipe aparecer, Emma perdeu o noivo em um acidente seis meses antes do casamento, após isso todos os seus "relacionamentos" foram desastrosos. Após a perda da mãe ela sente necessidade de ter uma família, nem que para isso precise ser mãe solteira. Os amigos de Emma a apoiam em sua decisão, o único problema é encontrar um pai para seu filho, depois que seu melhor amigo gay pulou fora e desistiu de ser o doador de esperma, Emma não sabe o que fazer, a simples ideia de ir ao um banco de esperma a deixa assustada, porém o seu desejo em ser mãe é tamanho que Emma fará o que for preciso para ele se concretizar.

Aidan Fitzgerald é conhecido por sua fama de mulherengo, famoso por conseguir facilmente levar pra cama suas conquistas, ele tem pavor da palavra compromisso, um solteirão convicto, com uma carreira bem sucedida e Aidan é um cretino, ele é do tipo que não presta mais que todas querem. Ao presenciar a discussão de Emma com seu melhor amigo, ele não consegue resistir e interfere, pensando ser uma briga de casal, Connor, amigo de Emma, logo trata de elucidar a situação e conta a Aidan que o motivo da briga é por ele não poder ser mais o doador de esperma de Emma, em poder dessa informação, Aidan toma uma decisão que poderá mudar suas vidas completamente, ele se oferece para ser o doador de Emma.

- Você não pode estar falando sério.
- Sobre qual parte: ser doador ou ser uma escolha melhor do que a semente do satanás? - perguntou ele, com um sorriso malvado.

Não se engane achando que Aidan está fazendo isso por ser um bom samaritano, longe disso, quando falo que ele é um cretino, é porque ele é mesmo, Aidan quer levar Emma para cama, para ele tudo isso não passa de uma sessão de sexo com uma mulher linda, que nunca aceitaria ir pra cama com ele sem um propósito.

A princípio toda essa ideia me pareceu um pouco absurda, tudo bem em você querer ser mãe, mais Emma era obcecada com isso, além de tudo essas histórias que o mocinho olha pra mocinha e se apaixona de pronto é meio que simplista demais pra mim, não que aqui aconteça isso, Aidan não se apaixona por Emma de cara, mais sente uma atração tão forte por ela que é capaz de oferecer seus serviços, seu DNA em troca de sexo. Acontece que a autora tem uma forma tão envolvente e convincente de nos contar a história que depois de algumas páginas você já está achando tudo muito normal e torcendo pra que Emma consiga o que ela realmente quer.

- Porque eu me sinto como a Scarlett O'Hara em "E o vento levou" de repente quando ela lamenta o fato das mulheres terem que agir de forma tão boba para agarrar um marido?
- Bem, tecnicamente você não está fazendo tudo isso por um marido, você só quer o Aidan para uma ereção... ou duas.


Uma coisa que me chamou muita a atenção nesse livro foi a leveza dos diálogos, se aproxima muito das comédias românticas que tanto gosto de assistir. Com o desenrolar da história você começa a entender o Aidan, ele é um cretino perfeito, e o sonho de consumo de várias mulheres, sabe como bem uma mulher, e no fundo tem um motivo para ele ser como é, não tem outra acabamos nos apaixonando pelo personagem.

Emma que no começo do livro me pareceu uma adolescente na pela de uma mulher madura, se mostra uma personagem forte e guerreira, com seu jeitinho de quem não quer nada, ela acaba vencendo as barreiras de Aidan, os sentimentos entre os protagonistas vão mudando aos poucos, sem muito drama, claro que temos o ápice do livro, algumas lágrimas e corações partidos, mais na medida certa.

Como um bom New Adult há cenas de sexo no livro. São picantes? SIM, mais não chegam a ser vulgares, nada extravagante, no começo do livro temos uma referência velada aos "Cinquenta Tons de Cinza", mais é algo como uma piada leve.

Eu gostei bastante do livro, um romance leve e sem muita pretensão, que cumpre bem sua função de entretenimento, além é claro de ser uma leitura rápida e gostosa, uma boa pedida pra quem curte o gênero.

– Só não parta o meu coração – disse ela suavemente.
– Vou fazer o possível para não o partir.



15 comentários:

  1. Nunca li nenhum livro do gênero, mas esse parece ser bem interessante, concordo com vc que essas histórias em que os personagens se olham e se apaixonam loucamente a primeira vista, é além de simples demais um pouco batida já sabe, meio que fórmula pronta em romances, se é que vc me entende.

    Adorei a resenha!

    http://justonemomentt.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Esse livro parece muito bom! adoraria lê-lo algum dia.Adoro comédia romântica e pelo que você escreveu parece realmente com os filmes.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Eu já ouvi falar muito bem desse livro, fiquei bem curiosa quanto à seu conteúdo!
    Tenho gostado bastante de NA, principalmente quando as cenas de sexo não são vulgares! O livro parece ser bem interessante (me lembrou um pouco um filme em que a Jennifer Lopez resolve ser mãe solteira, você já viu? E também um outro livro em que a protagonista pede para o irmão da melhor amiga ser o doador - e ele só aceita se forem fazer o filho da maneira antiga hahaha)
    Gostei bastante!
    Beijos,
    Déia!
    Own mine

    ResponderExcluir
  4. Oi Patty!
    Já li várias resenhas positivas desse livro, estou muito curiosa, mesmo sem ter me interessado pela sinopse logo que li...
    beijos
    http://sobrelivrosesonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Já vi várias resenhas positivas ,estou curiosa para ler,amo uma comédia romântica!
    Beijinsss!

    ResponderExcluir
  6. Oi Patty! Eu estava meio sumido, né? Mas eu voltei.
    Eu não conhecia este livro, mas ele me chamou atenção. Sim, eu também gosto de personagens maduros tipo a Adrianne Willis e o Paul Flanner de "Noites de tormentas" livro do grande Nicholas Sparks, que você já leu e me falou que gostou muito também! rsrs :)

    Parabéns pela resenha e pelo sucesso contínuo do blog.
    Abraço, www.likelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Ahhhh Patty, eu gostei!!
    Antes eu não tinha interesse no livro.. Confesso que pelo menos esses dias, to meio que evitando livros de puro romance. Li demais deles antes! Mas é claro que não deixo de pegar mais dicas para a minha lista :3
    Como você gostou, é bem provável que eu vá gostar também... kkkkkkkkkkkkkkk..
    Depois vou procurar ler!!
    Entendo perfeitamente o problema do conflito cara galinha de livro que todas amam... é... porque na realidade, ele não é tão mal assim.. eu me identifico com isso, mas deixa quieto. shauhsuahs.. Adorei!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Oiii..
    A sinopse é bem diferente..mas leria com certeza.
    Primeira vez que vejo o livro.
    Gosto de romances assim..e 4 estrelas é muito bom..rs

    beijos
    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oiee

    O único do genero New Adult que li até agora foi Entre o Agora e o Nunca que amei, acho que vou gostar desse também, mas pelo contrato me lembrou muito cinquenta tons kkk

    Beijos
    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  10. Já conhecia este livro mas ainda não li. Parece ser muito bom, apesar de eu também concordar que essa obsessão da personagem é meio absurda, mas parece ser uma ótima estória, gostei de saber que os diálogos tem um pouco de comédia. Fiquei interessada! :)

    ResponderExcluir
  11. Ai que livro legal, hahaha ri um pouco lendo a resenha, que mulher louca, mas a vontade de ser mãe é tanta que fazemos qualquer coisa por isso né, estou hiper curiosa para ler esse livro,a leitura parece ser gostosa e rápida, um bom passatempo.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  12. Ai que livro legal, hahaha ri um pouco lendo a resenha, que mulher louca, mas a vontade de ser mãe é tanta que fazemos qualquer coisa por isso né, estou hiper curiosa para ler esse livro,a leitura parece ser gostosa e rápida, um bom passatempo.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  13. Oi, Patty
    Não conhecia esse livro, mas adorei a sua resenha.Gosto muito desse gênero de livro. Vou ler.

    ResponderExcluir
  14. Ai ai, assim minha wishlist fica gigante!
    Adorei a proposta do livro, e como os new adults andam sendo meus queridinhos também, tenho certeza que vou curtir muito!
    Se eu não me engano ele faz parte de uma série não é? Lembro de ter visto uma capa com os mesmos padrões em algum lugar.. enfim.
    Pela descrição ele parece mesmo uma comédia romântica dessas de seção da tarde rs

    Beeijos, Dreeh.
    Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  15. Oi Patty, tudo bom?
    Já tinha visto o livro, mas ainda não tinha lido uma resenha dele. Imagina um cara oferecendo o esperma dele para você? Que surreal, mas fiquei bem interessada nesse casal que me parece ser divertido e muito atraente. Gosto de livros que me lembrem as comédias românticas.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Comente, ficarei muito feliz em saber sua opinião!!!