Resenha #106 - Enquanto a chuva caía - Christine M - Novo Conceito


Título: Enquanto a Chuva Caía
Autor (a): Christine M.
Editora: Novas Páginas
ISBN: 9788581634470
Ano: 2014
Páginas: 288

Livro recebido em parceria com a editora


Sinopse: Erik não procura mais a garota dos seus sonhos. Vive em busca de adrenalina e de uma razão para continuar cumprindo tarefas obscuras. Ele sabe que é muito bom no que faz e não vê nada que possa ser melhor do que os seus dias repletos de perigo. O que Erik não esperava é que sua paixão por correr riscos seria a sua ruína. Ameaçado, ele precisa fugir para o exterior e viver disfarçado de cidadão comum, trabalhando como advogado em uma grande empresa. Marina comanda o império da família depois de seu pai ter sucumbido ao mal de Alzheimer. Precisa suportar ver os pais tombarem diante da ação implacável do tempo, enquanto ainda carrega a ferida provocada pela morte do jovem marido. Com o comando das empresas nas mãos, ela percebe que nem todas as atividades da corporação obedecem aos manuais de boa conduta. Quando ambos se encontram, presente e passado se misturam, dando início a um mistério arrebatador que os atrai a uma paixão incontrolável. No entanto, os segredos, cedo ou tarde, virão à tona e os colocarão em lados opostos da balança. Nenhum dos dois é inocente, mas será que eles aceitarão as verdades que tanto se empenham em esconder? É possível construir um futuro mesmo depois de descobrir que nesta história não há mocinha nem herói?



Ao longo da vida, aprendi que você nunca está preparado para uma alegria intensa ou uma tristeza da mesma proporção. 

Enquanto a chuva caía foi um livro que me ganhou já pela capa. Quando recebi os lançamentos de junho da Editora Novo Conceito, esse livro me chamou a atenção na mesma hora. Primeiro pela capa e depois por ser nacional e eu não conhecer a autora. Sou do tipo de compro livros pela capa. Mas não se engane, "Enquanto a chuva caía" não é só um livro com uma capa bonita, ele é verdadeiro sem ser piegas, romântico sem ser melado e intenso na medida certa. Uma das leituras mais gostosas que eu fiz esse ano, o casamento perfeito entre uma bela capa e uma história envolvente.

Erik é um advogado que tem uma vida dupla. Isso porque ele presta alguns serviços não convencionais para a polícia. Como ele mesmo nos conta, ele não é o vilão. Ele é um informante com benefícios, isso é, ele informa e também resolve, podendo até matar pessoas se esse for o caso. Na verdade pra mim ele é um mocinho disfarçado de vilão, um belo exemplar de bad boy. Em um de seus muitos "serviços especiais", Erik acaba se envolvendo com as pessoas erradas e seus superiores decidem que é melhor que ele saia de circulação por um tempo. É assim que Erik acaba deixando o Brasil e embarcando para Nova York, para trabalhar como advogado em uma grande e renomada empresa americana, a H £ L Associados.

Marina Muller é uma jovem de 26 anos, viúva e CEO da H £ L Associados. Ela assumiu o comando da corporação após o afastamento do pai, que esta em um estágio avançado de Alzheimer. Apesar de ainda sofrer com a perda precoce do marido na guerra do Iraque, Marina tenta passar a imagem de uma mulher forte, decidida e independente, enquanto tenta manter o patrimônio da família e seus negócios lícitos e ilícitos.

A vida de Marina ganha novos ares depois que ela conhece o misterioso Erik, um homem capaz de fazê-la se sentir viva novamente, mesmo indo contra os conselhos de seu fiel amigo James, ela decide embarcar nessa aventura. Erik consegue manter uma vida normal e pacata de bom moço até o "capitulo dois", isso mesmo, o marasmo não dura muito e ele acaba se envolvendo em uma investigação sobre o passado sombrio da família de Marina. O problema do relacionamento entre os dois é que ambos têm muito a esconder. Até que ponto o amor pode superar o passado, as revelações e segredos obscuros?

... "não vivo sem você". É péssimo constatar da pior maneira que frases como essa são apenas tentativas de demonstrar o quanto se ama, mas não refletem a realidade. 

Logo nas primeiras páginas a autora conseguiu prender minha atenção, e foi assim até o final do livro. Com uma narrativa envolvente ao ponto de se tornar viciante, saboreamos a história pelo ponto de vista de Mariana e Erik de forma alternada. Eu acredito que já tenha falado aqui que adoro narrativas alternadas. Dois narradores dão certo charme ao livro e o leitor ganha com a possibilidade de conhecer a história por dois prismas diferentes. Enquanto a chuva caía é narrado em primeira pessoa, e isso faz com que consigamos conhecer muito bem a personalidade de cada narrador.

Fazia muito tempo que eu não lia uma história tão bem contada, que se passa em dois países e em nenhum momento nos sentimos perdidos. Com personagens muito próximos a realidade. Não existe perfeição na natureza humana e os personagens de Christine deixa bem claro isso, eles não são perfeitos.

Marina é uma jovem mulher que carrega o peso de um passado marcado por segredos que envolvem sua família e pela morte precoce de seu marido. Porém não é aquela personagem que ganha sua simpatia pelo sofrimento, ela me ganhou pelo fato de se mostrar uma mulher direta, que não tem medo de tomar as rédeas da situação e correr atrás do que ela quer e ao mesmo tempo é uma mulher frágil que não consegue se desapegar do passado.

Erik é um homem capaz de coisas terríveis, não é homem que possa ser intimidado, mas ao mesmo tempo é cuidadoso, irônico e gentil. Não tem como não torcer pelo casal. Torcer para que os dois superem o passado, seus segredos e consigam perdoar um ao outro.

Além do romance, do mistério e de toda a conspiração que permeiam as páginas de Enquanto a chuva caía, a autora ainda consegue nos passar algumas mensagens de reflexão, algumas frases que levarei comigo pra sempre. 

Todo relacionamento nasce com percentagens iguais para o sucesso ou fracasso e, sinceramente, ninguém pensa nisso antes de beijar pela primeira, segunda ou milésima vez. Os cálculos e probabilidades que giram em torno de um casal são bem menos exatos do que qualquer outro. E todos estão bem com isso. Por que eu deveria me preocupar?

A diagramação do livro está um charme, simples e harmoniosa. O início de cada capítulo é marcado com um trecho de uma música nacional, que remete aos sentimentos dos personagens naquele capítulo. Eu amo música, então brevemente irei postar a playlist desse livro aqui no CdT.

Terminei a leitura de Enquanto a chuva caía com uma sensação de bem estar. Um livro nacional redondinho, sem pontas soltas e com uma narrativa impecável. Um romance maduro, que condiz com a faixa etária de seus personagens. Com certeza virei fã da autora e espero poder ler outros livros publicados por ela e conseguir seu autografo no meu exemplar. Eu preciso ainda dizer que indico a leitura? Literatura Nacional de primeira qualidade!

...eu aprendi que não adianta querer evitar as coisas ruins; elas vêm de um jeito ou de outro. Então, pra quê adiar as boas? Essas sim podem acabar não vindo nunca.





25 comentários:

  1. tenho muita curiosidade em ler ele, mas falta oportunidade :c
    XOXO
    onthislastday.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Patty..
    Tenho certeza que o livro não tem apenas uma capa bonita, diante de tantas resenhas que vejo por aí.
    Que bom que gostou da narrativa e todo o conjunto. Ler obras nacionais é sempre bom, principalmente quando termina de ler com essa sensação. Não vejo a hora de ler ele.
    Bela resenha.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Eu já quero, eu tinha visto esse livro, mas estava esperando uma boa resenha dela para poder comprar, anotadinha a dica, beijos

    http://www.angelimcosmeticos.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Patty esse livro parece ser muito bom mesmo, vou adicionar na minha listinha, quem sabe acabo comprando ele na Bienal.
    A capa realmente é linda.

    Abraços
    Vivi

    ResponderExcluir
  5. Queee livro apaixonanteee...
    Eu não conheciiia, fiqueei muitooo animada em leer!!

    ResponderExcluir
  6. Acho a capa desse livro linda, mas não sabia que a história é tão boa. Com certeza, quero ler. Fico muito feliz em saber que é um livro nacional.

    ResponderExcluir
  7. Oi, que resenha incrivel! Faz jus a o livro! kkk Eu não imaginava que a trama seguia esse caminho, só conhecia o livro pela capa e pelos elogios que muitos fizeram a ele e a autora. Amo um bom suspense, então fiquei muito curiosa com esse livro! E é nacional, o que é um prazer e orgulho! Quero consegui-lo e lê-lo!
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Que capa interessante...estou reconsiderando ler, mas me falta tempo haha D:

    >> http://garotaezine.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Nacional e com todas estes pontos positivos é perfeito, e que capa linda heim? Estou bem curiosa para ler a historia que a Christine tem a contar e agora com sua resenha percebo que lerei ainda antes do que imaginava!

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  10. Oiee ^^
    Estou doida para ler esse livro, e ver que você gostou me deixou ainda mais animada para lê-lo. Sou doida por essa capa ♥

    ResponderExcluir
  11. Oi Patty

    Amei a resenha, também já li o livro e também recomendo muito a leitura leve e sábia!

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  12. Patty tudo bem?
    Eu sei, você deve tá estranhando que a Silvana faz tempo que não aparece no seu Coração né?
    Pois então, estou aqui, porque eu li esse livro que você resenhou e gostei bastante, mas eu senti que faltou algumas coisas no livro. Nao sei, foi a sensação que senti após terminar a minha leitura, mas gostei bastante do Romance entre Marina e Erik, achei que a autora focou bastante neles e isso foi o que mais me prendeu no livro. Enfim...Acho que a autora tem tudo para fazer muito sucesso com sua obra, até porque a escrita dela é muito gostosa mesmo e muito bem fluida. =]

    Parabens pela sua resenha viu?
    E espero que não ache ruim eu passar aqui
    bjos

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. As resenhas que venho lendo deste livro têm me surpreendido, viu. Confesso que logo de cara não imaginava que fosse ser assim tão bom como tenho ouvido as pessoas dizerem. Tenho o livro e pretendo lê-lo em breve; e claro, bem mais empolgada depois de todos esses comentários positivos. Gostei de tudo o que você disse, mas especialmente do fato de ser um romance maduro. Esse aspecto me atraiu bastante.

    Beijos, Livro Lab

    ResponderExcluir
  14. Gostei bastante da resenha e achei o livro super empolgante! Fiquei com muita vontade de ler e curiosa para saber qual vai ser o final dessa trama!
    Sem contar que achei a capa incrível e pretendo comprar o livro para ler.

    ResponderExcluir
  15. Ei Patty
    adoro livros sem pontas soltas, rs
    eu também compro livros pela capa!!! Várias vezes foi a capa que me atraiu, muito antes de ler a sinopse. Bom saber que nesse a capa casa bem com uma boa história.
    Agora estou me proibindo de comprar livros novos, afinal, Bienal vem aí, mas esse livro é quem está na minha lista de desejos
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi Patty, tudo bom?
    Bom demais ver um livro nacional com uma narrativa tão bacana. A primeira coisa que chamou minha atenção foi a capa e depois a proposta do livro. Espero ler em breve.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Eu quase não lia livros nacionais por achar que era ruim mas aos poucos meu preconceito foi se quebrando e hoje vejo que o Brasil está cheio de autores competentes com historia fantásticas.
    Adorei a resenha estou super empolgado a repeito do livro. Beijos

    ResponderExcluir
  18. Oi Patty.
    Li várias resenhas positivas sobre esse livro e estou bem curiosa para lê-lo, ainda mais sendo um nacional.
    Parece que a autora acertou em cheio nos personagens, tornando-os reais e não perfeitos. O romance parece estar na medida certa também.
    Adoro narrativas alternadas por você poder conhecer o ponto de vista de cada personagem e sentir empatia por eles.
    A capa é realmente linda! =)

    ResponderExcluir
  19. Magnífico Patty, não tenho nem palavras para descrever o que estou sentindo (além de amor definitivo e eterno pelo livro)......
    Adorei....
    O livro subiu uns 10 degraus em minha lista...

    Bjssss

    ResponderExcluir
  20. Oi Patty!
    Esse livro também me conquistou pela capa! Não tinha lido a sinopse direito dele e me apaixonei pela historia.
    Adoro esses homens "malvados arrependidos"

    Beijinhos
    Sou eu... Pri!

    ResponderExcluir
  21. Depois de descobrir mais sobre esse romance, com certeza colocarei ele na frente de vários livros aqui.
    Estou a procura de algo assim, com personagens mais reais e uma história bem envolvente. =)

    ResponderExcluir
  22. Minha nossa! quero muito, muito, muito ler esse livro, já li um anterior da Christine e adorei. "O que não diz a lenda" se tiver a chance confira! Sua resenha ficou excelente!

    ResponderExcluir
  23. Nossa sou muito de ler o livro pela capa tbm.Acho que vou amar esse livro que tem tudo na medida certa. Adorando os livros de autores brasileiros. Amo romances com certeza está na minha lista de desejados

    ResponderExcluir
  24. Não tinha botado muita fé nesse livro não apesar de ter visto vários comentarios positivos vou começar a repensar nisso e ler :)

    ResponderExcluir
  25. Oi Patty!
    também gostei bastante dessa capa, mas só fui entender sobre o que era a história depois de ler uma resenha, já vi bastante gente falando bem do livro e isso me deixou bem curiosa, principalmente sobre o protagonista!
    Beijos!

    ResponderExcluir

Comente, ficarei muito feliz em saber sua opinião!!!