CdT Entrevista com Juliana Daglio



Oi galerinha! Tudo bem com vocês?

O post de hoje é bem especial. Vou apresentar para vocês a mais nova escritora parceira do CdT, a autora de "Uma Canção para a Libélula", Juliana Daglio.












Vinte e poucos anos, Psicóloga Clínica, apaixonada por Psicanálise, viciada em Livros e amante do Rock Britânico. Desde criança foi vidrada em faz de conta e inventava inúmeros personagens para conversar. Assistia a filmes sobre vampiros já aos seis anos, mesmo que tivesse que se esconder atrás do sofá. Na adolescência, dizia que iria ser uma Libélula. Hoje em dia se diz uma adulta confusa, que ainda adora vampiros, não ganhou asas de libélula, mas escreveu um livro sobre elas, transformando seus personagens inventados em pessoas reais, embora sejam feitas de tinta e papel.





CONFIRA A ENTREVISTA QUE O CDT FEZ COM A JULIANA!



CdT: Como surgiu a ideia de escrever o livro? O que te influenciou?

Juliana: Comecei a escrever desde que aprendi a segurar um lápis. Porém, depois de muitos rascunhos e tentativas, nenhuma ideia me pareceu valer a pena. 
Em 2009 eu tive um sonho inspirador que envolvia uma garota presa em uma casa, e um homem misterioso que a guiava para a liberdade. Esse sonho me perseguiu por dias até que comecei a escrever e dar formas ao que era tão simples e raso. Juntei tudo com minha fixação pela libélula e minhas curiosidades e teorias a respeito da Depressão, um transtorno de humor que acomete tantas pessoas e pode levar até à morte. 

CdT:  Porque começou a escrever?

Juliana: Um desejo nato que veio junto com a necessidade de ler, de ter conhecimento. 
Uma Canção para a Libélula foi escrito não só porque eu queria produzir uma arte e ser lida, mas para ajudar as pessoas, para fazer a diferença. O que eu quero mesmo é acrescentar algo bom na vida dos meus leitores.

CdT: Quais foram as maiores dificuldades que você enfrentou para publicar seu livro?

Juliana: As editoras são pouco aberta a escritores nacionais. Infelizmente, hoje em dia, é preciso de muito dinheiro ou muitos contatos para ganhar algum espaço, e é bem raro encontrar uma editora que invista em novos escritores. Não tinha o dinheiro que algumas pedem, e fui rejeitada inúmeras vezes por outras editoras, mas jamais desanimei. Eu sabia que uma hora iria dar certo, e perder a fé não estava nos meus planos. 
Quando recebi o contato da Editora Deuses, e vi que havia uma proposta que valia muito à pena, eu quase morri de felicidade.

CdT: O que você sentiu quando recebeu o primeiro exemplar de Uma canção para a Libélula?

Juliana: Recebi os livros das mãos do meu editor, na rodoviária da cidade. Pedi logo pra ele abrir uma caixa e me deixar ver um. Quando o peguei nas mãos, parecia que Deus estava sorrindo para mim e dizendo: "Olha aí, filha. É seu!". Tive que engolir o choro para não passar vergonha na frente de todo mundo. 

CdT: Como você se preparou para encarar a opinião dos leitores sobre seu trabalho?

Juliana: Um trabalho mental constante. Sei que as criticas vão chegar e pretendo reter o que for bom para minha melhora, pois estamos sempre em constante mutação, portanto devemos sempre buscar melhorar. O que for destrutivo e não puder me ajudar, vou descartar para um canto escondido da memória. Mas sou uma pessoa que lida bem com criticas, e sempre tive essa busca por melhorar, então vou exercitar isso mesmo nos momentos mais complicados.

CdT: Existe algum projeto futuro? Pode contar sobre ele?

Juliana: Sim!! Em dezembro tem história nova chegando. A segunda parte de "Uma Canção para a Libélula" só será lançada no meio de 2015, mas logo no fim de 2014 lançarei "O Lago Negro", meu segundo projeto, e se trata de um suspense psicológico com um pouco de ação e muitas reviravoltas. 

CdT: Se você tivesse que escolher uma música para embalar a leitura de Uma Canção para a Libélula, qual seria?

Juliana: Hello, da banda Evanescence. Inclusive a música de fundo do Book Trailer.

Aperte o play e curta a música escolhida pela Juliana.


O CdT também fez um Bate Bola – Jogo rápido com a Juliana, confira!

1) O maior obstáculo...
Sombras interiores

2) O maior erro...
Duvidar

3) Um sonho...
BestSeller

4) Você em três palavras
Fé, carinho e resiliência.

5) Uma lembrança de infância
Libélulas e amigos imaginários 

6) O que te faz feliz?
O amor ao meu redor

7) Pessoas importantes
Mãe, Mor, Vô, Irmão. 

8) A maior satisfação
Ver meu livro sendo lido por tanta gente. 

9) Uma decepção
A competitividade dentro do meio literário. 

10) Um dia inesquecível
Lançamento de "Uma Canção para a Libélula".

11) Livro de cabeceira
A Menina que Roubava Livros 

12) Escrever pra você é?
Mergulhar e emergir nas fantasias 

13) Seus leitores...
Meus liiindos!! 

14) Seus livros...
Não toque! 

15) Uma frase...
"Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal algum, porque Tú estás comigo." Salmo 23





Título: Uma Canção para a Libélula
Autor (a): Juliana Daglio
Editora: Editora Deuses
ISBN: 9788566754186
Ano: 2014
Páginas: 238
Skoob


Sinopse: Era uma comum primavera numa fazenda qualquer, mas um encontro inusitado aconteceu: a Menina e a Libélula se viram pela primeira vez. Assombrada por um medo irracional da Morte, a Menina é marcada por esse encontro para o resto de sua vida. Compõe então uma canção em seu piano, homenageando a misteriosa libélula. Os anos se passaram, Vanessa vivia em Londres e tinha a vida cercada por seu iminente sucesso como pianista, porém, algo aconteceu, mudando seu destino: Uma doença, uma viagem e um reencontro. Vanessa precisará encarar fantasmas que sequer lembrava um dia terem assombrado sua vida, tendo de relembrar a morte do irmão e reviver seu conflito com a mãe. E mais importante e mortal, conhecer a grande antagonista de sua vida, a quem chama de Vilã Cinzenta. De Londres a São Paulo, dos Palcos aos Lagos. “Uma canção para a Libélula” é a história de uma alma perdida e de sua busca por quebrar o casulo de sua existência, para só então compreender o sentido da própria vida. Este livro é um profundo mergulho em uma mente nebulosa, permeada por lagos obscuros e pela inusitada morte; não havendo sequer esperanças.




- Link das redes sociais



A Juliana estará na bienal do Livro de São Paulo todos os dias no estande da editora Deuses.


Você pode adquirir o livro pelo link:





O CdT só tem que agradecer a Juliana, primeiro pela amizade, eu conheço a Juh de antes da publicação do livro, ela também é dona do blog Menina Libélula que é parceiro do CdT. Como também tenho que agradecer pela confiança e pelo carinho que ela sempre teve com meu cantinho.
Juh só tenho que lhe desejar muito sucesso, você merece.

Uma Canção para a Libélula é minha leitura atual, então aguardem que em breve teremos resenha aqui no CdT.


26 comentários:

  1. Super adorei a entrevista, a Juliana também é parceira do meu blog, muito atenciosa e adorei saber que em Dezembro está chegando a parte II do livro Uma canção para a libélula e inclusive acabei de preparar uma resenha do livro I passa depois lá e dê uma conferida.

    bjão Patty!! :)

    http://voceeoquele.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Nossa que legal. Amo conhecer autores brasileiros novos... Mostra que nem tudo esta perdido aqui no Brasil *-*
    Com certeza vou dar uma passada no estande da Editora Deuses para bater um papo com a Juliana.

    Beeeijos
    http://julianamoreire.blogspot.coom

    ResponderExcluir
  3. Muito boa a entrevista! Pelas palavras da autora deu pra ver que ela é uma ótima escritora! Fiquei bem curiosa com esse seu livro. E a capa é uma fofura!
    Ela é igual eu:
    "14) Seus livros...
    Não toque!" :D

    ResponderExcluir
  4. Oi Patty que linda essa entrevista e ao mesmo tempo inspiradora, Juliana é muito sensível e ao mesmo tempo pé no chão, sobre as editoras eu acho que eles deveriam ser mais abertos aos novos autores que lutam tanto para manter seus objetivos realidade, Parabéns para Juliana que ela tenha muito sucesso e a vc por essa entrevista linda! E outra eu amo Evanescense.
    Dani Casquet- Livros, a Janela da Imaginação

    ResponderExcluir
  5. OOOOOOOOOOOOOOOOOOI, Paattyyyyyyyyyyy! Tudo bom, amor? ♥ Eu tô bem, obrigada, hahaha! Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah, a Juuuuuuuuuuu também é minha parceira, haha! Que tudo, gente, vou postar a minha entrevista com ela hoje também, hahahahah! Ela é tão simpática, né? Adorei ela, hahahahaha! E uauuuu, que história fantástica essa que ela contou na primeira pergunta! Hahaha, gente! E awnnnnnn, eu imagino a felicidade dela ao receber o livro em mãos, hahahaha! ♥ E bom saber que ela encara bem as críticas, né? Este é o primeiro passo para se tornar um escritor de sucesso! E ai, que tudoooooooooo, tô doida por O Lado Negro, hahahahahahaha! *--* E que legal esse bate-bola! Hahahaha, diferente! <3 Oxe, concordo com a Juu, a competitividade no meio literário é algo ridículo. Cara, ela me disse que o autor preferido dela é o Mark Susak, uahsuhashusauh! Awnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnn, SALMO 23 ♥ Que tudooooooooo, hahaaha! E siiiiiiiiim, ela merece muito sucesso, hahahahaha! Adoooooorei a entrevista! *-*

    BEIJOS INFINITOOOOOOOOOOOOS! ♥

    Juu-Chan || Nescau com Nutella

    ResponderExcluir
  6. Oiee ^^
    Acho que todos concordamos que as editoras ainda são um pouco resistentes quando se tratam de livros nacionais, mas é ótimo ver tantos livros maravilhosos que foram criados no nosso país. Adorei a entrevista ♥ esperando ansiosamente a resenha...rsrs'
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Parabéns pela nova parceira. Eu to querendo esse livro faz tempo e poder conhecer um pouquinho a autora me fez querer mais ainda. Muito simpática a Juliana, me identifiquei bastante. Desejo toda sorte do mundo pra ela. beijos

    ResponderExcluir
  8. Opa! Adorei a entrevista!
    Vou aguardar pela resenha hehehe
    Bjs!

    http://pingoucafenomeulivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Ownnn que linda!! Eu fiquei muito curiosa sobre esse livro pela capa, que é linda, e pelo título também! Essa entrevista só aumentou minha vontade, ela é uma fofa! Ideias para livros que vem de sonhos <3 Amei o bate bola!
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Parabéns pela parceria Patty Sucesso sempre para você o blog e é claro para a autora ^^ fiquei bem curiosa quanto o livro, e que capa mais linda!

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  11. Ai Meu Deus que coisa linda!!
    Tem ideia da minha honra em estar aqui? A Patty foi minha primeira parceira de blogs, e o Cdt sempre foi aquele blog que eu lia e ficava encantada com tudo. Várias dicas de leituras eu encontrei aqui.

    Realmente foi um prazer responder às perguntas e o resultado foi lindo. Esses comentários estão me enchendo de alegria. Parece que vou voaaar!!

    Patty!! Vc faz parte da minha história.
    Mora no meu coração!!
    Obrigada pelo lindo post.

    ResponderExcluir
  12. Oi Paty,
    Lendo a entrevista senti algo terno, fiquei encantada tanto pela autora quanto pelo livro. Sou apaixonada por libélulas desde criança. Muito sucesso para Juliana.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  13. Oiee

    Adorei a entrevista e nao conhecia o livro amei a capa quero ver a resenha em breve com certeza!

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oie...
    Já ouvi falar da autora e do livro em alguns blogs, mas ainda não tinha visto nenhuma entrevista! Gostei bastante de conhecer um pouco mais sobre ela e seu trabalho!
    Adorei a capa e o livro deve ser muito bom!!!

    ResponderExcluir
  15. Oi Patty!
    Ótima entrevista :D
    Eu achei a capa do livro lindaaa.
    Triste saber a competitividade que rola entre os autores nacionais...

    ResponderExcluir
  16. Oláá! Amei a entrevista, meninas! Lindas e divas! Ju, vc está certa! Não podemos desanimar nunca! Patty, parabéns pelo post, está maravilhoso como sempre! Ju, muito sucesso pra você! E já espero pelos novos projetos! Beijão!!
    http://mygirlyandbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. ei Patty
    adorei conhecer a autora melhor.
    Realmente, uma reclamação recorrente dos autores é a falta de abertura das editoras. Eu tenho alguns amigos mais próximos escritores, que sempre enfrentam muito problema com isso, o que é muito triste

    beijos
    meumundinhoficticio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Adorei a entrevista. A sinopse do livro é muito boa. Gostaria de ler. A cspa é linda.

    ResponderExcluir
  19. Linda entrevista, amei.....
    A capa do livro é a mais linda que já vi em toda minha vida; amei a história, quero o livro, pena que o 2º volume só sai em 2015, mas não importa, tenho certeza que vai valer á pena. Também não vejo vejo a hora de "O Lago Negro" ser lançado, a Ju é muito linda e pelo que andei lendo e ouvindo dela merece esse reconhecimento.

    Bjsss
    Bjsss

    ResponderExcluir
  20. Adorei a entrevista. Não conhecia a autora, temos tanto em comum!! *----------*
    Fiquei bastante interessada no livro também, ele parece ser ótimo!
    beijos

    ResponderExcluir
  21. Oieee
    Já li uma resenha sobre o livro da Juliana e gostei da história que ele apresenta,mas jurava que não sabia que a escritora era brasileira.A capa está encantadora e ela é uma fofa,espero que o sonho dela se realize e um dia uma de suas histórias vire Best-Seller .
    beijos

    ResponderExcluir
  22. Patty!!! Fiquei completamente apaixonada pela capa desse livro, é linda!!!! Eu adoro entrevista com autores e fico feliz de a Juliana não ter desistido do seu sonho e agora tudo deu certo!!! Sucesso para ela!!!

    Beijos,

    Mari
    cantinhodeleituradamari.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  23. Oiiiiiiiiiiiiiiiiiii
    esse livro eu compraria só pela capa!
    gostei de conhecer um pouco sobre ele e da autora..
    Sucesso pra ela e vou pesquisar um pouquinho mais sobre ele!

    Beijinhos
    Sou eu... Pri!

    ResponderExcluir
  24. Pra falar a verdade não conhecia a autora e nem seu trabalho !
    Mas ela parece ser uma fofa porque ja ser percebe-se pela entrevista agradavel
    e suas respostas

    ResponderExcluir
  25. Que orgulho da nossa literatura.
    Achei tão especiais as palavras da Juliana ao mencionar que quer com suas estórias ajudar as pessoas.
    Fiquei muito a fim de ler este livro agora e o tema é super atual e espero poder passar adiante e que a Juliana ajude pessoas a se livrarem da depressão!
    Super especial esta entrevista!!

    ResponderExcluir
  26. Mais uma surpresa pra mim...não conhecia o livro nem a autora..e adorei saber de mais um nacional...já quero :D

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Comente, ficarei muito feliz em saber sua opinião!!!