Resenha #112 " Caçadores de Tesouros " - James Patterson - #Irado


Título: Caçadores de Tesouros
Autor (a): James Patterson e Chris Grabenstein
Editora: #Irado
ISBN: 9788581634135
Ano: 2014
Páginas: 384

Recebido em parceira com a editora

Sinopse: Caçar tesouros? Enfrentar Piratas? Moleza! Essa turma é radical Os pais de Bick Kidd são caçadores de tesouros mundialmente famosos, que desapareceram misteriosamente. Agora, Bick e os seus irmãos Beck,Tommy e Tempestade precisam cumprir a última grande missão de seu pai e sua mãe. Mas a vida dos garotos corre perigo agora que eles estão sozinhos no meio do oceano. Junte-se a esta aventura, na mais perigosa e divertida caçada da sua vida!



Oi gente, preconceito literário é uma coisa que existe e muitas pessoas não gostam de admitir. Nunca tinha me interessado pelos livros de James Patterson, sempre olhei de um jeito meio torto, pois não conheço um livro "dele" que não tenha um coautor. Juntando isso com diversas resenhas negativas, posso dizer que encarei a leitura de Caçadores de Tesouros com pouquíssimas expectativas, apesar de adorar livros infantojuvenis. E para minha surpresa, confesso que me envolvi e me diverti bastante com a leitura. 

Vamos à história? 

A família Kidd é um tanto quanto peculiar. Eles passam suas vidas a bordo de seu navio, chamado Perdido. Os filhos foram todos criados e educados dentro do navio, sem ter nenhum contato com os ambientes escolares em terra firme. Tom Kidd é um famoso oceanógrafo e caçador de tesouros, sua família é a sua tripulação, e consiste em sua esposa e seus quatro filhos, Beck e Bick os gêmeos mais novos, Tempestade a filha do meio e Tommy o mais velho. 

A vida dos Kidd era perfeita, eles viviam em harmonia, navegando a procura de artefatos antigos. As crianças eram felizes, e adoravam a criação "longe da civilização". Acontece que há certo tempo a mãe deles desaparecera em Chipre. Alguns meses depois, O Perdido foi pego por uma tempestade, e o navio quase afundou, acarretando no desaparecimento de seu pai também. Graças a isso as quatro crianças se veem desamparadas, sem pais e com um navio precisando de uma reforma urgente.

Observação para mim mesmo: se algum dia eu tiver um navio só meu, não chamá-lo de O Perdido. Porque era exatamente isso que (e onde) nós estávamos: perdidos no mar. Acho que deveríamos estar felizes pelo fato de o papai não ter chamado seu barco de O Afundado, O Submerso ou Titanica II.

Com o auxílio de um duvidoso amigo da família, LouiLoui eles efetuam a troca de um artefato antigo por um estranho medalhão e a reforma do barco. Dentro do medalhão eles encontram um mapa e com isso decidem manter o ramo familiar e seguirem sozinhos com a caça aos tesouros. O que eles não esperavam era se meter em uma aventura bastante perigosa, com uma pequena possibilidade de rever seus pais. 

Como eu disse anteriormente, eu não esperava muita coisa do livro, mas eu me surpreendi bastante com a leitura. A narrativa é feita em primeira pessoa pelo ponto de vista do Bick, junto a ele, temos os desenhos feitos por Beck. Em alguns momentos da história, as cenas descritas por Bick se diferem dos desenhos de Beck, mas isso se dá ao fato de que, as opiniões deles nem sempre são as mesmas em determinados momentos. A leitura é rápida, você é capaz de sentar e ler o livro em algumas horas. É uma história divertida, leva e despretensiosa. Você acaba se apegando as crianças e se joga no meio das aventuras em alto mar. 

Os personagens são bons. E cada irmão possui alguma característica bastante acentuada de sua personalidade. Bick e Beck são gêmeos, e como gêmeos possuem uma certa ligação telepática, vire e meche eles estão brigando por algum motivo bobo, mas tudo sempre termina bem. Ambos são bastante inteligentes, e Beck sabe tudo sobre artes. Tempestade é a mais inteligente de todos, dotada de uma memória fotográfica incrível, é capaz de decorar vários livros, sempre quando necessário, ela tem tudo na ponta da língua. Tommy, ou Cabeça de Vento, é o irmão mais velho de 17 anos, inteligência não é o seu forte, a não ser quando se trata de assuntos referentes à navegação. 

A história foi muito bem conduzida, e o livro cumpre com o que foi prometido. Uma história simples e divertida. O tipo de livro perfeito para se ler durante uma ressaca literária. Não estou dizendo que você vai gargalhar durante a leitura, mas com certeza será muito agradável. 

A edição da Editora Novo Conceito, pelo selo Irado está incrível. A ilustração da capa conta com alguns detalhes e o título é metalizado, sem contar que é capa dura. A diagramação também ficou muito boa.



29 comentários:

  1. Oi Gabriel,
    Li um livro do selo #irado e fiquei apaixonada com a diagramação, o bom dos livros infanto juvenis como esse, é que são boas saídas para as ressacas literárias ^^ desde que vi o lançamento eu surtei com esse livro, mas como não ando lendo muito deixei ele para depois, mas na primeira ressaca literária já sei que livro ler haha.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é!
      Sempre que to meio meh pra ler alguma coisa eu pego um mais bobinho xD

      Excluir
  2. ei Biel
    que bom que o livro te surpreendeu positivamente. Eu também não li nada do James ainda, e olha que tem mais de uma ano que tenho um livro dele.
    Gosto de juvenis leves assim, acho que curtiria a história

    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que você iria curtir também Bru!
      Ótimo passatempo

      Excluir
  3. Olá Gabriel tudo bem? eu sempre olho a capa nas livrarias e acho linda, alem de ser capa dura né. Mas nunca senti vontade de ler. Lendo sua resenha até que me interessei mas nada que eu precise desesperadamente agora sabe? hahaha ainda estou me acostumando com o gênero!


    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Joi! Estou bem xD
      Livros de capa dura tem aquele charme a mais xD
      Sei como é... fica na listinha reserva haha

      Excluir
  4. esse foi o único livro que eu gostei desse autor até agora, e confesso que fiquei bastante surpresa.
    espero ler a continuação em breve.

    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  5. Oi Biel, tudo bem?? Não conhecia o livro ainda mas acho que a editora está de Parabéns pelo selo irado! A capa ficou super fofa e eu também adoro infanto juvenis!

    Beijos

    Mari
    Cantinhodeleituradamari.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Somos 2 Mari xD
      Mesmo passando da idade os infantos sempre me agradam xD

      Excluir
  6. Oii
    Eu também só ouço críticas à James Patterson, e tenho três livros dele, que nem li ainda. E é difícil mesmo encontrar um livro só escrito por ele! kkk Bem eu to amando essas edições do selo #Irado, só por ser em capa dura, já dá um toque especial, e todo o resto da diagramação também está linda. Eu amei a premissa desse livro, parece realmente bem gostoso de ler. #InfantoJuvenilForever Espero ter a chance de lê-lo.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As edições estão lindaaas a NC ta de parabéns!

      Excluir
  7. Oi Biel tudo bem, eu não tenho preconceito, eu leio muito livros desse gênero e adoro, ainda mais porque tenho crianças em casa e é ótimo saber das novidades! Adorei a resenha! Bjkas
    Dani Casquet- Livros, a Janela da Imaginação

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Dani!
      Acho que a Bebela ia curtir esse livro! xD

      Excluir
  8. Oi, Gabriel!
    Também gosto muito de livros infanto-juvenis, é o que mais leio, rsrs. Amo livros leves e divertidos, vou ler esse depois de uma leitura pesada, ele tem cara de bem pra passar o tempo mesmo.
    Eu gostei dos personagens, ou melhor, da personalidade deles.
    Boa resenha! Abraços!

    ResponderExcluir
  9. Oiee

    Também já li esse livro e realmente é uma leitura leve e despretensiosa ótima para sair de ressaca, eu gostei bastante da história mas achei muito infantil para mim kkk mas de qualquer forma me divertiu em algumas horas, adorei a resenha!

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dre!
      Eu li sua resenha, adorei! xD
      É aquele livrinho que vc senta e lê pra passar o tempo xD

      Excluir
  10. Oi Gabriel!
    nunca li nada do James Patterson. Gostei da resenha, é sempre bom termos opções de livros assim para sair da ressaca. Adoro livros infanto-juvenis, leituras leves são as mais gostosas :)
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Isabelly!
      Com toda certeza, as vezes as leituras leves são tudo o que estamos precisando =)

      Excluir
  11. Oi Gabriel!
    Nunca li nada desse autor mas também já reparei nessa de sempre ter um coautor. Gostei muito da resenha, o livro se encaixa direitinho no selo #irado né, bem pra criança ler mesmo, mas mesmo assim eu me interessei, parece uma leitura divertida pra se passar o tempo.
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Super divertida!
      Se você curte o gênero, vale a pena! xD

      Excluir
  12. Oiee ^^
    Já li algumas resenhas desse livro e gostei, mas não é o meu gênero favorito, então acho que não o leria por enquanto...

    ResponderExcluir
  13. Oiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii..
    Não é muito o meu estilo, é infanto juvenil né?!
    Mas é uma boa pedida para essa faixa !
    A NC sempre arrasa nos lançamentos!

    Beijinhos
    Sou eu... Pri!

    ResponderExcluir
  14. Oie...
    Ainda não li nada do autor (que vergonha rsrsrs), mas gostei bastante da resenha e acho que vou procurar para ler!! Parece ser uma leitura cheia de ação e aventura!!
    Achei bem legal o selo #irado da editora.

    ResponderExcluir
  15. Oieee
    Eu sempre fico em dúvida quando se trata de Infanto-juvenis já que meus gostos mudam muito rapidamente e na mesma hora que amo eu odeio.Já li livros do James mas só do gênero policial então fico meio receosa com esse.A história em si é bem bacana e descontraída ótima mesmo pra quando você acaba aquele leitura intensa,mas uma coisa faz esse livro se tornar meio irritante pra mim que é capa ilustrada,sempre quando vejo uma assim já perco totalmente a vontade de ler já que me remete a uma historinha chata e infantil e a maioria das vezes eu estou errada.
    beijos

    ResponderExcluir
  16. Caçadores de Tesouros e otimo livro de Infanto-juvenil adoro livro pra este tipo de alvo !
    Adorei a historia e maneira que souberam escreve de maneira facil e agravel leitura !

    ResponderExcluir
  17. James escreve melhor sozinho.
    Não curto quando ele escreve em co-autoria, mas já li muitas resenhas positivas deste livro em especial.
    Adoro aventuras infanto-juvenis e este livro, em particular, por contas com personagens piratas me encantou.
    Espero ler em breve.

    ResponderExcluir
  18. Tem alguns livros dele ue eu gosto mas que muita gente não gosta...hahahha...e estou louca pra ler esse..adoro livros assim infanto-juvenil. e os livros desse novo selo estão perfeitoooos!!!!

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Comente, ficarei muito feliz em saber sua opinião!!!