Resenha #130 - O Começo de Tudo - Robyn Schneider - Novo Conceito


Título: O começo de tudo
Autor (a): Robyn Schneider
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581633930
Ano: 2014
Páginas: 288



Sinopse: O garoto de ouro Ezra Faulkner acredita que todo mundo tem uma tragédia esperando ali na esquina – um encontro fatal depois do qual tudo o que realmente importa vai acontecer. Sua tragédia particular esperou até que ele estivesse preparado para perder tudo de uma vez: em uma noite espetacular, um motorista imprudente acabou com a perna de Ezra, com sua carreira no esporte e com sua vida social.
Depois que perdeu o favoritismo ao posto de rei do baile, Ezra agora almoça na mesa dos losers, onde conhece Cassidy Thorpe. Cassidy é diferente de qualquer pessoa que Ezra tenha encontrado antes – melancólica e com uma inteligência mordaz.
Juntos, Ezra e Cassidy descobrem flash mobs, tesouros enterrados e um poodle que talvez seja a reencarnação do Grande Gatsby. À medida que Ezra mergulha nos novos estudos, nas novas amizades e no novo amor, aprende que algumas pessoas, assim como os livros, são difíceis de interpretar. Agora, ele precisa considerar: se uma tragédia já o atingiu, o que poderá acontecer se houver mais infortúnios?



Ainda acho que a vida - independente do quão comum seja - de qualquer pessoa tem um ponto trágico e único, depois do qual tudo o que é realmente importante vai acontecer.


O começo de tudo é um livro inteligente, sagaz e bem humorado. A realidade com que a autora escreve nos faz pensar sobre coisas que esquecemos quando algo trágico nos atinge.

Você acredita que exista uma tragédia esperando por cada um de nós na próxima esquina? Erza Faulker, nosso protagonista, acredita que sim. Ele acredita também que só após esse encontro fatídico é que as coisas realmente importantes começam a acontecer em nossas vidas.

Erza era o típico garoto americano bem sucedido, do segundo grau é claro, mas mesmo assim, muito bem sucedido. Ele era o melhor jogador de tênis da escola, tinha amigos, uma bela namorada e era popular, podia usufruir de tudo de bom que a vida tinha a lhe oferecer. Até que a vida tomou seu rumo e aconteceu para Erza. Isso mesmo, a vida aconteceu. Muitos irão dizer que uma “fatalidade” aconteceu. Mas para mim, nada mais foi que a vida acontecendo.

Algo inesperado... 
    Uma caixinha de surpresas...
         A caixa de Pandora que foi aberta revelando um futuro incerto para Erza.

Em apenas uma noite, Erza descobre que sua namorada perfeita está o traindo e sofre um acidente de carro. Quando um motorista imprudente acerta seu carro, Erza perde seu futuro promissor, seus sonhos de se tornar um grande atleta, suas chances de bolsas de estudo e seus amigos. Erza perde na realidade tudo aquilo que conhecia e que tornava sua vida confortável.

É como ser um estranho dentro da própria pele, sua vida não lhe pertence mais. Muitos conflitos internos aparecem, a aceitação de sua nova condição é complicada. Erza não poderá mais jogar tênis, seu joelho ficou totalmente comprometido na batida. Como minha mãe sempre diz: “Quando chegamos ao fundo do poço a tendência é subir”. É nessa fase da vida que Erza conhece uma garota, e será ela a responsável em dar para Erza uma nova perspectiva.

Ela tinha gostinho de tesouro escondido e balanços e café. Tinha gostinho de fogos de artifício, de coisa que a gente podia apenas chegar perto, mas nunca ter.

Cassidy é uma garota diferente, instigante e com um senso de humor mordaz, porém é essa garota que irá mostrar a Erza que apesar dele não poder voltar a ser o que era antes do acidente, isso não significa que a pessoa em que ele se transformou não possa ser melhor do que seu antigo eu.

A autora conseguiu criar um livro original, fugiu dos clichês e nos apresentou personagens verdadeiros, mesclando diálogos engraçados e sérios sobre o futuro dos personagens. Ela conseguiu nos mostrar que mesmo com todos os problemas a vida continua, estejamos preparados para isso ou não.

O livro é narrado em primeira pessoa pelo Erza, o que torna mais fácil sentir empatia pelo personagem. A narrativa é simples e inteligente. Cada capítulo carrega consigo uma lição, que não nos é imposta, é como se cada personagem nos deixasse sua mensagem.

Não tinha muitas expectativas quando comecei a leitura, e fiquei realmente surpreendida pelo desenrolar da trama e com o que ela me fez sentir. Um belo livro, poético e inteligente que vale a pena ser lido.

Se tudo realmente fica melhor, como todo mundo diz, então a felicidade devia aparecer num gráfico. Bastaria traçar um eixo X e um eixo Y, e uma curva positiva representaria uma atitude positiva, marcaria alguns pontos, e pronto. Mas isso é bobagem, pois "melhor" não é mensurável.






22 comentários:

  1. Oi Patty nunca tinha visto esse livro e a história parece ser interessante mas você falou tão bem e deu apenas 3 estrelas :/ não entendi kkkk

    Quem sabe quando eu terminar minha fila imensa de livros eu dê uma chance !

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oie tudo bem, que livro fofo, pelo menos foi que senti, apesar das tragédia algo nesse livro mostrar a capacidade de mudar né!
    Bjkas
    Dani Casquet- Livros, a Janela da Imaginação

    ResponderExcluir
  3. Fiqueii melhor que imaginado sofre o pensamente este garoto de cada um tem tragedia
    pra encontra na esquina que pensamento maluco e louco ....
    mas faz sentido. Porque não???/ Ainda mais no dias de hoje!

    ResponderExcluir
  4. Oi Patty!!! Tudo bem?? Não conhecia o livro mas fiquei curiosa, parece mesmo diferente de tudo o que eu já li e, pelo visto, vou chorar!! Fiquei tensa com esse papo de a vida acontecer depois de uma tragédia, Rssss!!

    Beijos

    Mari
    Cantinhodeleituradamari.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi, Patty!

    Essa é a segunda resenha que leio desse livro e ele já está na minha listinha de desejados.
    As vezes eu fico com esse pensamento de que uma hora vai acontecer uma coisa bem ruim e mudar tudo que eu acredito no momento.
    Acho que foi isso que aconteceu com Erza, mas aí que vem a coisa mais importante, como lidar com isso.
    Cassidy pelo que entendi mostra pra Erza que a vida não é tão ruim como ele acha, adorei a parte que você disse que Cassidy o fez pensar que porque que não esse Erza de agora não poderia ser melhor que o antigo.
    Quero em breve ler esse livro.

    Visite: http://paradisebooksbr.blogspot.com.br/

    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Oi Patty!
    Nunca tinha visto esse livro e gostei muito da premissa dele. Acho que a história do Ezra é um bom ensinamento pra todos nós. Gostaria muito de ler um dia.

    ResponderExcluir
  7. Oi Patty, eu tenho vontade de ler esse livro desde o lançamento e comprei meu exemplar durante a Bienal do livro de Brasília. Acho que é uma história que deixa algumas lições e tenho muita vontade de ler logo, mas minha pilha de leitura é interminável (você me entende). Espero me emocionar e curtir a leitura também.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. ei Patty, tudo bem?
    já tinha lido outra resenha do livro, também super positiva, e fiquei bem curiosa. É ótimo quando uma leitura nos surpreende e acaba sendo melhor e mais profunda do que imaginávamos. Acho que eu iria gostar de acompanhar o protagonista nessa sua "nova vida" ou readaptação a vida.
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Devo dizer que tudo isso me lembrou do Joseph Cliver.
    Mas deixando isso, me interessei bastante pelo livro...
    Gosto de sair do gênero da fantasia e esse parece um bom livro para isso.

    ResponderExcluir
  10. Eu amo tramas que tem uma desenvoltura poética, amo mesmo e sabendo que o livro tem um pouco disso já me interessa, acho que vale a chance né?!

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  11. Não conhecia esse livro, me pareceu bastante interessante.
    Só o que não me agradou foi a capa, não suporto amarelo :l
    Mas mesmo assim quero lê-lo.

    ResponderExcluir
  12. Oi Patty!
    Já conhecia o livro, mas não tinha me interessado muito pela sinopse, achei que seria uma leitura que não me prenderia... A sua resenha me deixou com vontade de ler, quero conhecer melhor Ezra e Cassidy e como ela ajuda ele a ver o mundo de outra forma.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Oi, Patty!
    Não conhecia o livro, mas já me ganhou quando disse que ele foge dos clichês.
    Fiquei curiosa com a história e para saber a forma que o personagem lidar com o que aconteceu.
    Adorei a resenha.
    Beijos
    Construindo Estante || Facebook Tem promoção de Halloween lá no blog. Não fique fora dessa!

    ResponderExcluir
  14. Oi Patty!

    O livro parece ser diferente de tudo, inovador na trama e interessante. Já tinha visto ele na bienal e gostei muito da capa! Mas não sei se leria agora, anotei a dica para um futuro!! Muito boa a resenha, parabéns!

    Beijos!!

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oiii
    Gente, que lindinhos!! Senti uma mistura de O Teorema Katherine e outro que eu não lembro agora kk Já gostei. Amo livros de perdas e superação, e achei esse com um enredo e jovem e leve. Amei *--* Quero muito ler e parabéns pela resenha! Já botei no Skoob também! kkk
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Oi Patty, realmente quando algo de ruim acontece com nós chegamos ao fim do poço e um dia começamos a subir, é a lei da vida.
    Achei que a capa desse livro combinou muito com a história que você nos contou agora, a vida realmente é uma montanha russa e para Ezra também foi. A editora com certeza pensou muito bem nisso e eu adorei.
    Beijos - lendocomabianca.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Um livro que merece ser lido e relido, a carga emocional é muito grande e ver como Ezra e Cassidy vão se aproximando e o apoio mútuo que existe entre eles, é uma obra que me fez comprar assim que vi o lançamento nacional, mostrando realmente que uma tragédia pode representar um novo começo e foi isso que os personagens nos mostram ao longo das páginas.

    ResponderExcluir
  18. Oiee
    Já tinha lido algumas resenhas mas nunca entendido sobre o que o livro realmente se tratava.Deve ser complicado para Ezra no começo se ver como um estranho sem tudo o que sempre teve e ainda bem que surgiu a Cassidy para lhe mostrar o quanto a vida ainda pode ser maravilhosa.Livro interessante e essa capa está bem bonita.

    ResponderExcluir
  19. Não conhecia o livro, e também não gostei muito da premissa dele. E isso fez com que eu não me sentisse interessada em lê-lo!

    ResponderExcluir
  20. Esse livro parece ser bem levinho, e fofo. Logo de cara me encantei com Ezra por dividir quase a mesma opinião que a dele...Só pelos quotes que você colocou e as frases impactantes da resenha, acredito que o livro passe inúmeras lições de vida. Espero lê-o em breve (:

    ResponderExcluir
  21. Parece ser uma boa leitura.. Só não entendi pq vc deu tres estrelas já que vc não diz nada na resenha do que faltou no livro..

    ResponderExcluir

Comente, ficarei muito feliz em saber sua opinião!!!