Resenha #175 - Paixão ao Entardecer - Lisa Kleypas - Editora Arqueiro


Título: Paixão ao Entardecer
Os Hathaways #5
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788580413557
Ano: 2015
Páginas: 272


Livro recebido em parceria com a Editora

Sinopse: Mesmo sendo uma família nada tradicional, quase todos os irmãos Hathaways se casaram, até mesmo Leo, que era o mais avesso a essa ideia. Mas para a caçula Beatrix, parece não haver mais esperança. Dona de um espírito livre, apaixonada por animais e pela natureza, Beatrix se sente muito mais à vontade ao ar livre do que em salões de baile. E, embora já tenha frequentado as temporadas londrinas e até feito algum sucesso entre os rapazes, nunca foi seriamente cortejada, tampouco se encantou por nenhum deles.
Mas tudo isso pode mudar quando ela se oferece para ajudar uma amiga.
A superficial Prudence recebe uma carta de seu pretendente, o capitão Christopher Phelan, que está na frente de batalha. Mas parece que a guerra teve um forte efeito sobre ele, e seu espírito, antes muito vivaz, se tornou bastante denso e sombrio.
Prudence não tem a menor intenção de responder, mas Beatrix acha que ele merece uma palavra de apoio – mesmo depois de tê-la chamado de estranha e dito que a jovem é mais adequada aos estábulos do que aos salões. Então começa a escrever para ele e assina com o nome da amiga. Beatrix só não imaginava o poder que as palavras trocadas teriam sobre eles.
De volta como um aclamado herói de guerra, Phelan está determinado a se casar com a mulher que ama. Mas antes disso vai ter que descobrir quem ela é.
Volte, por favor, volte para casa e descubra quem sou.

Paixão ao Entardecer é o último livro da série Os Hathaways, a única coisa que posso dizer agora é que sentirei falta dessa família excêntrica. Os livros de Lisa Kleypas me fizeram viajar, suspirar e me apaixonar por cada personagem apresentado. Diferente de outros romances de época, os livros de Lisa nos trazem mocinhos nada convencionais, homem maravilhosos sem sombra de dúvidas, porém muito longe dos padrões para a sociedade da época.

No último livro da série iremos conhecer um pouco mais de Beatrix, a irmã caçula dos Hathaways, e talvez a mais excêntrica de todos eles. Beatrix é uma mulher apaixonada pela natureza e pelos animais. Ela sempre se sentiu mais à vontade entre seus animais de estimação do que entre as pessoas em sociedade. Nossa protagonista tem o hábito de resgatar animais, e leva muito jeito em tratá-los. Apesar de ser uma companhia interessante, o fato de ser diferente para os padrões da época não lhe deu muitas opções de casamento. Ela acredita que nunca encontrará um homem para amar que seja capaz de aceitar seus modos e seus animais de estimação.

Essa situação muda quando sua fútil amiga Prudence se recusa a responder as cartas que recebe de um solitário soldado. Bea então decide, com o consentimento de Prudence, responder as cartas do Capitão Christopher Phelan se passando por Prudence. Para Bea ninguém deveria ficar sem uma resposta, ainda mais se esse alguém fosse um soldado sozinho em campo inimigo. Ela acreditava que as cartas poderiam dar esperanças ao Capitão. Apesar de escrever como Prudence, Bea sempre expressava seus verdadeiros sentimentos, e a cada resposta do Capitão seu coração se enchia de um sentimento totalmente novo.

Christopher fora um rapaz lindo e cobiçado na sociedade londrina, um tanto esnobe e fútil. Em seu único encontro com Beatrix na sociedade deixou bem claro seu desprezo por ela. Enquanto lutava por seu país na guerra, as cartas que recebia eram o acalanto para sua alma, algo em que depositava toda sua esperança, as cartas enviadas por Beatrix era a promessa de um futuro pelo qual ele ansiava. Ele se apaixonou pela mulher que escrevia aquelas cartas, ansiava por ela, precisava da mulher que foi sua luz ao meio a toda escuridão.

Ao voltar da guerra como um herói visivelmente mudado não só na aparência, mas como também na alma, ele planeja casar com Prudence, porém o destino o faz encontrar primeiramente com Beatrix. Seus modos excêntricos o deixam ao mesmo tempo desconcertado e atraído por Bea. Christopher é uma sombra do homem que foi um dia, o trauma da guerra deixou marcas profundas em sua alma, ele sofre com crises de ansiedade e ataques de fúria, vive mal humorado e tem em suas mãos um mistério a resolver. A Prudence que está em sua frente não se parece em nada com a Prudence das cartas, porém se ela não é a mulher que lhe escrevia, quem é a dona daquelas palavras?

Já era ruim o bastante que o homem que amava, não a amasse. Mas era muito pior amar um homem que declaradamente não gostava dela.

Com seu retorno a sociedade Christopher acaba acreditando que tenha sido parte de um joguete de Beatrix Hathaway, que para fazê-lo pagar por algo que disse no passado tenha o enganado escrevendo as cartas, porém odiar Bea quando já a ama é insuportavelmente difícil, ainda mais que com a convivência com a moça o deixa mais encantado a cada dia.

Escrevendo essa resenha o sentimento que se apodera dessa mera blogueira é a saudade. Já estou sentindo saudades dos Hathaways. Estou triste porque a série acabou e feliz simplesmente pelo fato de poder ter me deliciado com essa família.

Lisa tem um jeito todo especial para criar seus personagens, principalmente seus mocinhos. Eles não são nada convencionais, e isso dá um toque realista aos personagens. Sentimos como se fosse possível encontrar um Christopher na próxima esquina ou no metrô a caminho do trabalho. Ele é complicado, tem problemas de personalidade, tem traumas e não é perfeito, o que o deixa muito real. Ponto para a autora, ela conseguiu me conquistar com sua narrativa.

É admirável o subterfúgio utilizado pela autora para criar essa história de amor, Bea merecia ter viver uma linda história e o mocinho escolhido para acompanhá-la nessa linda viagem foi perfeito. É como se um completasse o outro. Christopher precisava de alguém que o compreendesse e Bea é perfeita nesse quesito. Ela o conhece, o admira e o ama de uma forma tão profunda, que percebe mesmo sem palavras as necessidades dele. Uma linda história de amor instigante e acolhedora que irá ganhar até os corações dos menos românticos.

O livro é perfeito e passou a ser o meu preferido da série, uma história intensa e singela, mas acima de tudo apaixonante! Com uma narrativa simples e gostosa o livro prende o leitor do começo ao final. Não se envolver com a família Hathaways é quase impossível. Se você ama romances de época o convido a conhecer essa série que vai deixar saudades, acredito que você também irá se apaixonar por essa família excêntrica, linda, verdadeira e amorosa.

Meu amor … eu escolheria a pequena quantidade de horas que passei com você a toda uma existência com outra mulher.





23 comentários:

  1. Querendo já essa série, hehe! Sabe, acho que o último livro de uma série sempre te deixa abalado é uma angústia que a gente sente, que é algo inexplicável! Essa resenha me deixou bastante curiosa pra saber mais sobre a família e o mundo criado em geral. O Christopher e a Beatrix parecem pessoas tão adoráveis.Ótima resenha! Beijos! :)

    ResponderExcluir
  2. Essa resenha me deixou mais curiosa pra ler o livro.
    Achei tão legal a forma Beatrix e Christopher se conhecem e forma como acontece essa aproximação.

    ResponderExcluir
  3. Apesar de eu não ter vontade de acompanhar a série completa, fiquei com vontade de conferir esse livro, principalmente por causa da excentricidade da Beatrix e por ela gostar tanto de animais. Personagens assim fazem os livros irem além do ponto comum.
    Excelente resenha.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de março. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  4. aos pouquinhos este livro esta me conquistando, tenho lido uma opinião aqui outra acolá que tem me estimulado bastante!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. a arqueiro sempre arrasa, seus romances históricos são tops demais! quero ver se compro mais alguns em breve
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Os outros livros da série já chamaram minha atenção, mas esse último é o que parece mais lindo! Ainda não comecei essa série, mas confesso que estou pensando em iniciar pelo último, porque acho que vou me encantar com essa mocinha apaixonada por animais e pelo mocinho traumatizado pela guerra...
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. ainda nao li os livros da serie os hathaways porque nao quero ler em pdf por isso, to esperando pra comprar e ler, adoro romances de epoca, na minha opiniao nao é só a familia que é excentrica nao, os nomes tambem sao, excetuando a Amelia e Leo!

    ResponderExcluir
  8. Oi Patty

    Nossa ainda nao li nada desta autora mesmo amando romances de época preciso muito ler os livros acho que vou pedir emprestado rsrs

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  9. Amo romances de época, mas infelizmente ainda não tive a oportunidade de ler os livros dessa autora, por mais que veja ótimos comentários sobre ela. As capas dessa série são lindas demais e a resenha me deixou ainda com mais vontade. Espero conseguir ler logo.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. esta serie ta na minha meta de leitura desse ano, essa é a primeira resenha que leio e fiquei com mais vontade ainda de ler. A historia do ultimo livro parece ser boa demais, adorei a garota trocando correspondência com a identidade da amiga e o cara detestava ela, claro que ele ia achar que ela estava brincando com ele. A autora nao forçou a barra para criar a barreira que vai impedir os pombinhos de se entregarem no final, como acontece muito nos romances que o homem tem cada trauma que chega a ser ridiculo. O cara voltar da guerra e descobrir que a garota que detestava era quem escrevia as cartas e se apaixonar por ela deve deve da um nó na cabeça do coitado mesmo. Ansiosa para ler.

    ResponderExcluir
  11. Sou gamada nas capas dessa série *---* Simplesmente lindas
    Ainda não li nenhum livro da série, mas pretendo pois já comprei o primeiro volume esses dias no Extra.com!
    Esse com certeza é o livro que a protagonista mais me atraí entre todos os outros, também adoro animais e a natureza!

    ResponderExcluir
  12. Dessa série eu só li um dos livros até o momento e gostei bastante, eu adoro romances mas ultimamente tenho desenvolvido um apego especial por Romances históricos.. a Lisa escreve muito bem.. estou bastante curiosa a respeito dos outros livros..

    ResponderExcluir
  13. Os romances históricos da Arqueiro vieram pra conquistar mesmo, ein? Ainda não li nenhuma série, mas pretendo. O que mais gosto nesses livros é que as séries são sempre sobre uma família e os livros dividem-se entre cada irmão e conta a história deles. De romances de época acho que só li mesmo Orgulho e Preconceito, e já faz muito tempo, não lembro dos detalhes da história. Então, irei me aventurar em algum desses históricos e ver se gosto. :)

    ResponderExcluir
  14. Estou querendo muito essa série, faz pouco tempo que me interessei nela, dizem que a escrita é muito boa e essas capas são ótimas. Suas resenhas estão cada dia melhores e mais detalhadas, parabéns!!
    Abraços
    www.estantedepapel.com

    ResponderExcluir
  15. Oi Patty,

    Pelo desenrolar da sinopse e da resenha é um romance de época, com aquelas famílias tradicionais... Nunca li nenhum romance de época, e não tenho muita apreço, não sei por que tenho esse sentimento. Vai entender né!!! :P
    Mas admiro que lê e gosta desses romances.

    Um abração

    ResponderExcluir
  16. Olá, já vi várias resenhas desse livro essa semana, todos falam bem da série e da escrita da autora. Além das capas lindas, um livro que prende e que faz mergulhar na história torna tudo mais interessante na hora da leitura
    Tudo que Motiva

    ResponderExcluir
  17. Romances históricos me encantam. Tentei ganhar a série toda no sorteio, mas não deu pra mim hahaha Me identifiquei com a Bea pelo fato de eu e ela nos darmos melhor com animais do que com pessoas kk Mas falando sério, o que me fez querer conhecer Os Hathaways foi saber que são histórias de época pouco convencionais. Acho isso o mais legal. Quero muito ler!

    ResponderExcluir
  18. Romances históricos são realmente doces, e essa autora é realmente incrível nessa série....

    ResponderExcluir
  19. É lindo quando o romance é bom, quando o casal se completa tão perfeitamente. A coisa da troca de cartas, dele achando que é outra pessoa eu também achei bem interessante. E gostei da Bea por ela gostar de animais ♥

    beijos
    http://pobreleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Olha, eu aceito seu convite para conhecer os Hathaways *-*
    Gente que romance de época lindo! Quero todos e quero agora hahaha
    Vão me fazer falir ♥
    Adorei que a personagem principal é um pouco diferente das moças da época rsrsrs

    Beijos ;*
    Resenhista LivreandoFacebook | e | Proseando com uma BibliophileFacebook

    ResponderExcluir
  21. Ai caraca, quanto mais resenha leio desta série, mas sei que tenho que ler. Este volume tem a capa mais linda de todas na minha opinião, e pelo visto, o enredo mais cativante também.
    Bjs, Rose.
    Fábrica dos Convites

    ResponderExcluir
  22. Eu via a capa dessa série e nunca me interessei muito, não sei porque, mas já vi algumas outras resenhas desse ultimo livro e estou pensando seriamente em começar a lê-los. Adoro romance de época, e esse parece realmente bem interessante, os personagens nada convencionais me instigam, então é um prato cheio para mim!

    ResponderExcluir
  23. Já vi a capa desse livro muitas vezes em outros blogs, porém nunca me interesse nem procurei mais informações sobre o mesmo. O fator responsável por isso é o romance. Não gosto de livros de romance. Gosto de ler histórias onde o Romance não é o principal, só uma inclementação na história. Então eu acho que não leria esse livro. Ótima resenha! Abç!

    ResponderExcluir

Comente, ficarei muito feliz em saber sua opinião!!!