Resenha #181 - A Lâmina Assassina - Sarah J Maas - Editora Galera Record

Título: A Lâmina Assassina
Autor (a): Sarah J Maas
Editora: Galera Record
ISBN: 9788501103147
Ano: 2015
Páginas: 404

Muito antes de Endovier, antes do torneio para escolher o assassino do rei, Celaena Sardothien já era sinônimo de morte. Da baía da Caveira ao deserto Vermelho, passando por Forte da Fenda, siga o rastro de morte e de justiça da jovem, a mais letal assassina de Adarlan. Mas prepare-se: sua lâmina só não é mais certeira que o seu código de honra.



                                                      
Eu estava louca pra ler esse livro, com certeza um dos lançamentos mais aguardados por mim esse ano, assim como o terceiro livro da série.

Esse livro trata-se de cinco contos antes da série Trono de Vidro, antes de Celaena ser presa nas minas de Sal de Endovier, antes dela conhecer Chaol ou Dorian ou Nehemia.

Nesse livro conhecemos uma Celaena de 16 anos no primeiro conto e como foi que, ela conseguiu o título de a assassina mais temida de Adarlan e como ela foi capturada e jogada em Endovier.

No primeiro conto, A Assassina e o Pirata, Celaena é mandada junto com Sam Cortland - que, olha, a surpresa, ela odiava! - para a baía da Caveira a fim de comercializar com o lorde Pirata em nome do rei dos assassinos, Arobynn Hamel.

Porém, ao descobrir do quê se tratava a comercialização, Celaena muda os planos a fim de seguir seu código de honra, e para a surpresa dela, Sam, que até então retribuía o ódio da assassina, apoia ela e a ajuda, mesmo sabendo que a ação dos dois trará consequências sérias com o rei dos assassinos.

O segundo conto, uma sequência do primeiro, A Assassina e a Curandeira, para mim foi o conto mais fraquinho. Após Baía da Caveira, Celaena recebe uma punição do rei dos assassinos por ter destruído seu negócio com o lorde pirata, então é mandada para o deserto Vermelho, para a Guilda dos Assassinos Silenciosos a fim de conseguir uma carta de recomendação por seu comportamento com o rei dos assassinos silenciosos.

No caminho para o deserto, a assassina para em uma pequena cidade chamada Innish, na qual conhece uma jovem garçonete, Yrene Towers. Após um evento, Celaena salva a vida da jovem e descobre algumas coisas sobre seu passado, então, a assassina ajuda a garçonete a sair da pousada imunda onde trabalha para seguir seu sonho de ser curandeira.

Em A Assassina e o Deserto, Celaena Sardothien, chega, enfim, à Guilda dos Assassinos Silenciosos, porém, ela descobre que para ser treinada pelo chefe, ela terá que merecer tal coisa.

Nesse lugar, ela conhece Ansel, uma jovem assassina que logo vira a primeira amiga de Celaena, porém, desde cedo a jovem assassina aprendeu com Arobynn que nunca se deve baixar a guarda e confiar em alguém. Quando a jovem prova seu valor ao rei dos assassinos silenciosos, ela também descobre que alguém está traindo o chefe dos assassinos e mais uma vez, ela deixa sua honra e sua sede justiça falarem mais alto.

Em A Assassina e o Submundo, Celaena está de volta a Forte da Fenda, após passar o verão inteiro se perguntando qual teria sido a punição de Sam, o assassino que ajudou ela a destruir os negócios de Arobynn Hamel com o lorde pirata, ela começa a notar que desde aquele dia, seus sentimentos por Sam mudaram. Já não sente mais aquela raiva e aquele ódio pelo jovem assassino.

Quando Arobynn, arrependido do castigo que deu a Celaena passa para ela um contrato que renderá a jovem bastante dinheiro, a assassina o aceita, mas para sua própria surpresa, ela se vê pedindo ajuda a Sam. Juntos, eles vão atrás de Benzo Doneval.

No último conto do livro, já era de se esperar que nos contaria como Celaena foi capturada e levada para as minas de sal de Endovier.

Ao ler Trono de Vidro e Coroa da Meia-noite, sempre vi Sam apenas como um rapaz que Celaena se envolveu na adolescência, sempre vi o relacionamento dela com Arobynn fraternal, pois é assim que ambos são citados nos dois primeiro livros.

Ah, como eu gostaria de ter lido esses contos antes da série, aliás, essa é a minha dica pra vocês, se vocês ainda não leram a série Trono de Vidro (não entendo por que não, mas ok), comecem por A Lâmina Assassina e então sigam para Trono de Vidro e Coroa da Meia-noite, beleza?

Nesse último conto, Celaena está finalmente livre da dívida que tinha com Arobynn, agora, ela e Sam se mudara da Guilda dos Assassinos para seu próprio apartamento e em breve deixarão a Guilda e partirão de Forte da Fenda, porém, a dívida não fora barata e levou praticamente tudo que Celaena e Sam possuíam.

Antes de irem embora, eles precisarão da bênção de Arobynn para deixar à Guilda, mas mais importante, precisarão de dinheiro.

É quando Sam consegue um contrato de um misterioso cliente para matar Ioan Jayne e  Rourke Farran, um dos bandidos mais temidos de Forte da Fenda. Ioan é o maio lorde do crime e Rouke é seu segundo imediato e ambos são letais, perigosos e muito bem protegidos.

A princípio, Celaena quer recusar o contrato, pois sempre ouvira histórias a respeito de Rourke e seu gosto pelo sádico, pela torturam, mas então eles aceitam.

Porém, até mesmo a assassina de Adarlan tem seus demônios e seus medos e um deles é perder Sam e essa possibilidade de futuro ao lado dele, sendo assim, eles estabelecem um plano.

Contudo, alguém traiu Celaena e agora ela se vê em um mundo que nunca imaginou estar.

Ah, nossa, foi muito difícil fazer um pequeno resumo dos contos pra vocês, juro que cheguei a cogitar em não fazer, mas é um saco não ter uma sinopse de cada conto, não é mesmo?

Sou fã incondicional dessa série e não poderia deixar de gostar desse livro. Sempre tive curiosidade para saber como Celanea era quando ainda pertencia à Guilda, em como o relacionamento dela com Sam começara e em como ela fora parar em Endovier, fora um monte de outras coisas que não posso falar senão solto spoilers.

Esse livro serviu pra mostrar uma Celanea mais jovem, inconsequente, arrogante, egoísta e muito mimada. Embora seu senso de justiça seja admirável e ela sempre esteja apta a ajudar os necessitados e os injustiçados pelo rei, Celaena é uma garota apenas.

Todo o conforto e luxo no qual ela cresceu refletiu em sua personalidade. Sua postura arrogante e seu jeito mimado de viver as vezes nos irritam, mas eu sempre parava e pensava: ela fora criada no luxo, ela fora mimada e ensinaram ela a ser arrogante.

Desde novinha, Arobynn a ensinou a ser letal, arrogante e a se vangloriar de sua conquista, de ser a assassina mais temida e ele também sempre a ensinou a se gabar por ser a protegida dele e sua herdeira.

O que acho bastante engraçado, é que embora Celaena tenha todos esses defeitos, seu humor, sua língua afiada e até mesmo seus ataques de "patricinha", já que ela é bastante cuidadosa com sua aparência, é engraçado e nos faz amar a personagem.

Além do mais, o senso dela de justiça não vai apenas aos que sofreram a opressão do rei, mas a gente também nota uma séria luta a favor da igualdade dos gêneros, Celaena não gosta de ver quando as mulheres são oprimidas ou maltratadas pelos homens, e quando pode, ela inverte o jogo e faz de tudo para que as mulheres aprendam a se defender a lutar pelos seus direitos. Achei isso bem legal.

Nela a gente vê ver um daqueles poucos personagens que encontramos por aí, com suas qualidades e defeitos, o que nos deixa mais próximo deles, pois são gente como a gente.

Sam foi uma surpresa pra mim. Para quem ainda não sabe, desde o primeiro livro, Trono de Vidro, eu me declarei Team Chaol, embora eu adore o Dorian, sempre torci por Chaol e Celaena como casal... Mas aí eu conheci o Sam... E bom, sinto muito Chaol, mas o Sam é Sam.

Também criado em Forte da Fenda, Sam crescera junto com Celaena e no início os dois eram como cão e gato, não se davam de jeito maneira, sempre competindo um com o outro. Até que o relacionamento deles muda.

E achei tão natural o envolvimento dos dois que é simplesmente impossível não torcer por eles. Sam é fiel, leal, corajoso e muito apaixonante.

Recomendo demais a leitura para os fãs de Trono de Vidro e para quem ainda não leu a série, por favor, comece por esse.

Antes de finalizar a resenha, uma notícia boa pra vocês! Lá no meu blog, o Garota Liber, tá rolando Top Comentarista de A Lâmina Assassina, então, se você quer ler o livro ou tem curiosidade de conhecer a série, essa é sua chance! Basta clicar aqui para participar.




26 comentários:

  1. masss gente scrrr eu to doida com esse livro, meu proximo dinheiro com certeza vai ser direcionado para a compra dele!
    tonsdeleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Eu ainda não li nada da série.. mas a verdade é que não conheço muito a respeito da mesma..
    provavelmente irei seguir seu conselho e iniciar pelos contos..

    A protagonista parece ser uma mulher de personalidade forte.. e a série parece ser cheia de emoções, aventura, conflitos.. ação.. parece realmente muito bom..

    ResponderExcluir
  3. Oi Beta, gostei da dica pra iniciar a série por este livro, ainda não inicie a leitura desta série e nem sei te explicar o porque já que me parece muito interessante (rsr).

    Parabéns pela resenha...

    ResponderExcluir
  4. Confesso que não conhecia essa série. Achei a capa linda!!! A história parece muito interessante também, com personagens e ambientação bem construídos. De cara já gostei de Celaena com esse seu espírito de guerreira, coragem e que luta pela justiça. Adorei a resenha e a dica de leitura.

    ResponderExcluir
  5. Eu ainda não conhecia esse livro, mas achei ele bastante interessante por conter cinco contos que parecem serem incríveis! O que eu mais gostei nele foi o fato de ter uma personagem corajosa e por ter um conteúdo cheio de aventura. Não irei participar do Top Comentarista, porque já estou em muitos. Mas espero que outras pessoas participem. Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  6. Oi Beta, tudo bem? Gostei bastante da resenha e tenho muita vontade de ler a série. Tenho o segundo e consegui comprar o primeiro, então só fica faltando esse. Pensei em ler pela ordem que foi publicado, mas com o que você disse, acho que vou começar a ler por esse mesmo.

    Deve ser interessante conhecer a Celaena antes dela ser tornar a assassina do rei, como ela se comportava, o jeito dela, mesmo mimada e por vezes arrogante ainda continuamos gostando dela, seus relacionamentos e tudo mais. Gosto muito do senso de justiça dela e seu código de ética e tudo mais.

    Com certeza eu já to participando do Top Comentarista do Garota Liber e estou torcendo muito para ganhá-lo.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  7. Já tinha ouvido falar na série, mas não li nenhuma resenha.
    Acho legal quando tem esses livros de contos para explicar melhor as estórias.
    Adorei essa parte:
    "Todo o conforto e luxo no qual ela cresceu refletiu em sua personalidade. Sua postura arrogante e seu jeito mimado de viver as vezes nos irritam, mas eu sempre parava e pensava: ela fora criada no luxo, ela fora mimada e ensinaram ela a ser arrogante."
    e senti vontade de conhecer um pouco mais sobre a personagem, porque me identifiquei bastante.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Oi, Beta! Já ouvi falar muito bem dessa série, mas até então não tinha me interessado em ler os livros. Adoro esses livros que trazem contos sobre as séries, antes de tudo começar. Sempre dão uma ótima visão dos acontecimentos e trazem até mesmo explicações para alguns pontos.Gostei bastante e fiquei curiosa para conhecer mais!

    ResponderExcluir
  9. Gente, eu sou louco por essa série e essa resenha sobre os contos da série só me deixou ainda mais curioso. O livro parece ser incrível e a autora possui uma escrita maravilhosa.
    Sem falar que, assim como você, acho que vou simpatizar com o Sam.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de abril. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  10. Olá
    Não conhecia, mas achei interessante a serie.
    É bom, pois temos uma oportunidade de conhecer melhor a historia, o personagem e como era antes de tudo mudar.
    Essa personagem é interessante, suas atitudes e sua forma de pensar, agir de acordo com o que acha certo...ela perece ser muito forte.
    Curiosa pra ler.
    Ótima resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Ainda não li a série, mas parece ser muito interessante, cheia de lutas, e personagens fortes.
    Acho bem interessante essas obras que envolvem conflitos em um reino.
    Só tinha ouvido falar da série, mas agora me bateu um certo interesse, vou procurar conhecer mais ;D

    Beijos ;*
    Resenhista LivreandoFacebook | e | Proseando com uma BibliophileFacebook

    ResponderExcluir
  12. Olá, eu ainda não li Trono de vidro, mas muitos me recomendam esse livro!
    Adorei a resenha, ainda não li resenha dos outros livros, mas vou procurar saber mais para ver se gosto do estilo da série!
    Abraço
    www.estantedepapel.com

    ResponderExcluir
  13. Oii
    Tenho muita curiosidade sobre essa série, e na verdade Trono de Vidro está na minha meta de leitura. De tanto ouvir comentários maravilhosos a respeito, vou começar a ler, não sei quando, mas vai ser o mais rápido possível. E obrigada por recomendar a leitura desse antes, vai ser muito bom! Vou começar por esse, antes de partir pra Trono de Vidro. Conhecer a vida da personagem quando jovem vai ajudar bastante no entendimento geral da série. Fiquei super animada lendo a resenha!
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Oie!
    Li muitos elogios a Trono de Vidro, mas como não curto essa temática, vou passar a leitura dessa série.
    Bj

    ResponderExcluir
  15. Já vi várias resenhas sobre esse livro, e todo mundo tá gostando. Os contos parecem ser ótimos. Ainda não li a série, então não tenho muita base para falar sobre esse livro, só sei que estou curiosíssima para ler e espero fazer isso em breve. Achei bem legal essa coisa de assassina temida, gosto de mulheres nessa posição, não que eu goste de assassinos, rs rs, geralmente as histórias em geral tratam mulheres como pessoas frágeis e delicadas, mas esse livro parece ser diferente, ela parece ser bem independente, decidida e perigosa, adorei.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Não tinha ouvido falar da série, mas não sei. Acho que não me animou em nada.
    Mas de todo modo vou ler primeiro os contos para depois vê se me interesso por esse mundo ou não.

    ResponderExcluir
  17. Oi BEta, oi Patty! Primeiramente, que capa heim?! A melhor das três! Sempre que leio as resenhas da série fico louca, mas ainda não tive aquele " tempo " para me dedicar a leitura, mas com certeza é uma leitura mais do que certa!

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  18. Infelizmente esse não è meu estilo de livro, apesar da resenha ter sido perfeita e a capa ser linda, acho que não conseguiria ler ate o final.

    ResponderExcluir
  19. É uma vergonha, mas ainda não li a série. Não por falta de interesse, mas por falta de money pra comprar e principalmente pela falta de tempo.
    A verdade é que eu quero muito ler, vejo tanta gente recomendando-a que fica impossível não se interessar. Acho muito legal quando a serie tem um livro de contos, pois dá aquele complementada na história.
    E essa capa é maravilhosa, uma das mais lindas que já vi.

    ResponderExcluir
  20. Oi Beta,

    Fiquei meio perdida nos personagens, lugares... nunca tinha ouvido falar nessa série, até pesquisei sobre o livro Trono de Vidro, achei linda a capa, a protagonista parece ser uma mulher bem forte e decidida... Gosto de personagens assim, mas não me identifiquei com a série, pelo menos nesse momento, mas como sou inconstante.. qualquer dia quem sabe ;)
    A capa de A Lâmina Assassina também tá muito bonita!

    Um abração

    ResponderExcluir
  21. Oi Beta!! Desculpa o sumiço, vou tentar ser mais presente com os parceiros!! Seu blog está lindo! E me interessei bastante por esses livros! A cada desse volume me chamou muita atenção! Linda demais! Não li os livros, mas quero ler sem dúvidas!!

    Beijinhos

    Mirelle - Meu Mundo Em Tons Pastéis

    ResponderExcluir
  22. Que linda a capa! Apesar de não poder se julgar um livro pela capa, é a primeira coisa que vemos do livro né? Tem que dar uma impressão boa. Ainda não li nada da série, mas fiquei bastante curiosa. Gostei desse livro, do fato de podermos saber a história da personagem e o porquê de certas coisas serem como são. Vou seguir seu conselho e iniciar a leitura por esse livro e depois partir para a série.

    ResponderExcluir
  23. Ainda não li nada, então vou aproveitar que esse livro pode ser lido antes para iniciar por ele. Aí depois, se eu gostar, irei ler toda a série. Parece ser interessante, então creio que tem tudo para me agradar. Espero conseguir ler logo.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  24. Eu ainda não li essa série,vê se pode uma coisa dessas né?,mas vou seguir sua dica e começar com esse livro.Parece que todo mundo está amando esses contos.Sério se uma das minhas séries favoritas tivesse um livro de contos explicando vários fatos eu iria se casar com o livro kkkE essa edição está maravilhosa <3

    ResponderExcluir
  25. Que capa mais lindaa! Ouço muitos elogios para o livro e para a autora, acho que ela sabe muito bem o que faz!

    ResponderExcluir
  26. ei Beta, tudo bem?
    Você e a Kel faltam tanto dessa série, que é impossível não ficar curiosa.
    eu também gosto quando há prequels dos livros, sempre é bom ver como tudo começou, ou pelo menos como era antes do ponto onde começamos a acompanhar a série. E anotei sua dica! Se eu for ler a série, começarei por Lâmina Assassina, rs
    beijos

    ResponderExcluir

Comente, ficarei muito feliz em saber sua opinião!!!