Resenha #205 - Animorphs, A Invasão - K. A. Applegate - Editora Fundamento

Título: A Invasão
Autor(a): K. A. Applegate
Série: Animorphs
Editora: Fundamento
Páginas: 128
ISBN: 9788539505029
Ano: 2014

- Livro recebido em parceria com a editora.

Sinopse: A Terra está sendo invadida, mas (quase) ninguém sabe disso. A raça alienígena dos Yeerks está entre nós. Eles são criaturas capazes de "possuir" outros seres e estar em nosso meio sem serem percebidos. Os Yeerks já escravizaram civilizações inteiras com essa tática de invasão silenciosa. Mas nem tudo está perdido! Quando os jovens Jake, Rachel, Tobias, Cassie e Marco encontram uma nave extraterrestre e seu piloto moribundo, recebem o incrível poder de se transformar em qualquer animal que toquem. E é assim que eles assumem a missão de combater os invasores. Só que isso não será nada fácil. Afinal, como eles conseguirão identificar um inimigo que pode ser qualquer um? Como enfrentar um invasor que dominou o corpo de alguém que você conhece? Jake e seus amigos precisam achar essas respostas. O destino de todos nós depende disso. A invasão já começou. Testemunhe a batalha final da humanidade.

Animorphs foi originalmente publicado em 1996 nos EUA, e é uma das séries responsáveis por acompanhar o crescimento dos leitores durante os anos de publicação, e possuí um lugarzinho especial no coração de diversos leitores. O sucesso da série é tamanho que rendeu 53 volumes, isso mesmo, são 53 VOLUMES. É a maior série que eu já vi na minha vida, e acredito que vocês também. A história rendeu brinquedos, série de TV pela Nick e até jogos de videogame.

Recentemente a Editora Fundamento começou a publicação da série aqui no Brasil, e eu sempre tive curiosidade em saber do que se tratava a história. Apesar de ser uma série bem grande, os livros são bem curtos! Quando surgiu a oportunidade de resenhar o primeiro volume da série, eu não pensei duas vezes na hora de solicitar! Apesar de estar um pouco receoso na hora de começar a leitura, afinal é uma história infantojuvenil, uma série gigante e que muitos amam, acaba que gera certa expectativa, né? E, por se tratar de um infantojuvenil, eu fiquei um pouco receoso de achar um tanto quanto bobinho, mas não sabia eu, o quanto estava enganado.

Animorphs conta a história de um grupo de cinco amigos. Todos os dias ao voltar da escola, eles cortam caminho por um local bem deserto e abandonado, e em um determinado dia, algo extraordinário aconteceu. No caminho de casa, eles observam uma nave alienígena caindo na terra, e lá eles fazem o primeiro contato com a raça dos Andalitas. Uma criatura extremamente estranha, mas ao mesmo tempo nobre e bondosa com a habilidade de conversar através de pensamentos, o Andalita conta as crianças o porquê de estar ali. 

Sua nave foi abatida pelo o exército dos Yerks, outra raça alienígena que buscam somente a destruição, eles são parasitas que controlam diversas outras raças criando exércitos para lutarem, e assim conquistarem novos planetas. Os Andalitas são a única raça que se opõe aos Yerks, e agora eles chegaram a Terra. É questão de tempo até que eles dominem o planeta inteiro, e para que a raça humana sobreviva, o Andalita concede àquelas cinco crianças o poder de morfar, para que eles tentem ao máximo atrasar a investida dos Yerks, até que o exército dos Andalitas chegue para ajudar. 

O morfar é a habilidade especial dos Andalitas, eles conseguem assimilar o DNA de animais e em seguida se transformar neles. Agora, cabe aos cinco resolverem se eles irão lutar contra os Yerks, que já começaram o seu plano de dominação da Terra, ou simplesmente irão acreditar que aquela noite não passou de um sonho ou de um pesadelo.

A história é bem simples e direta, esse é literalmente o início da história. A narrativa é feita em primeira pessoa pelo ponto de vista do Jake. Ele é como se fosse o líder do grupo. A narrativa em si é bem simples e fluída, além do livro ser pequeno, os capítulos são curtos e a leitura é muito gostosa.
Katherine não é muito detalhista em descrição dos cenários, mas consegue situar o leitor muito bem de tudo que está acontecendo.

Os personagens são Ok. Num primeiro momento eu os achei um tanto quanto estereotipados, mas foi só um estranhamento inicial, por ser uma série tão grande, acredito que veremos o crescimento dos cinco personagens no decorrer da história. 

A trama é bem interessante, invasão alienígena não é um tópico muito original, mas Katherine conseguiu trazer um toque particular ao apresentar a sua mitologia. A habilidade de morfar é bem interessante e a autora não nos poupa os detalhes na hora de comentar a respeito de como as transformações acontecem, não é algo de uma hora para outra, seu corpo estica, encolhe, nascem pêlos, bicos, garras, caudas e etc. Não deve ser uma sensação lá muito agradável, não é mesmo? Katherine não poupa o leitor com esses detalhes, ela mostra a realidade das transformações, e o que esse poder pode influenciar para as crianças, a liberdade do voar de uma ave, a força de um gorila ou até mesmo a velocidade de um guepardo. Sensacional.

Vocês já perceberam que eu curti bastante a história, não é mesmo? Gostaria muito que eu tivesse tido a oportunidade de ter lido a série quando ainda era uma criança, acredito que teria gostado muito mais!

Gente é isso! Fica a dica de uma leitura rápida, fácil, despretensiosa e muito divertida! Para quem gosta de infantojuvenis é uma excelente pedida, e para quem tem filhos, é um mustread!

Forte abraço!



20 comentários:

  1. 53 volumes? Sério mesmo? Eu nunca ouvi falar dessa série x.x É muito longa, não sei se seria fisgada até o fim, ainda mais sendo infanto-juvenil.
    A história parece ter seu encanto, já que tanto te encantou, mas não sei se faz meu tipo. Não costumo ler muitas histórias que seguem essa linha. Apesar de ter ficado curiosa para saber tudo que rola em tantos volumes.
    Bem, irei pensar se dou uma chance ou não. Por enquanto devo focar nos livros que estão me esperando na estante.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Adorei a resenha! Não conhecia esse livro, mas fiquei super interessada, é uma história bem diferente, que bom que você gostou da leitura, gostei de saber que a leitura é rápida e fácil, pretendo ler o livro.

    ResponderExcluir
  3. Oi Gabriel,

    Lendo a sinopse, sua resenha e vendo palavras como morfar me fizeram lembrar da minha infância, dos desenhos e dos Power Rangers (rsr), eu gostei muito e parece ser bem interessante, apesar de não ser um livro que eu leria agora.

    :)

    ResponderExcluir
  4. Oi Gabriel tudo bem? Não conhecia a série, serio mesmo! Apesar de interessante a trama nunca li nada sobre invasão alienígena, o motivo não sei mas não me atraia. De qualquer maneira curti bastante sua resenha e por ser um livro tão curtinho quem sabe não saio da minha zona de conforto não é mesmo? Bjs

    Joice Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  5. Eu fiquei com bastante vontade de ler esse livro quando vi nos lançamento, mas nem lembrava mais dele kkkk
    A história parece ser muito boa, e eu gosto bastante de infanto juvenil, mas 53 livros da série é muito coisa. Eu já fico doida com série de 4 livros. Então não vou nem começar :/
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Oi, Gabriel! Caramba, 53 volumes? O.O
    Realmente, é a maior série que eu já vi também. Gostei da premissa, apesar de abordar um tema bastante comum nos livros, a invasão alienígena. Mas eu gosto, sabia? O bom é que, como você disse, a autora conseguiu dar um toque particular à história, trazendo detalhes novos que despertasse o interesse do leitor. Não sei se teria coragem de acompanhar toda a série haha, mas fiquei com vontade de, pelo menos, começar.

    ResponderExcluir
  7. Jamais verei uma serie tão grande! 53 volumes, é isso mesmo produção?? kkk Com tantos volumes, sem sombra de dúvida que é uma história incrível, e tenho certeza que para aqueles que gostam de infanto-juvenil, esses não podem faltar na estante.
    Abçs!!

    ResponderExcluir
  8. Como assim 53 volumes, gente? Maior que eu já vi, com certeza. E o pior é que amei a resenha e fiquei morrendo de vontade de ler, mas esse montão de livro... ai ai. Vou querer ler toda e isso vai me fazer deixar alguns dos desejados para trás. E agora, José? kkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  9. Olá, Gabriel.
    A premissa do livro é muito interessante, ainda mais com esse ar de ficção científica. Sim, eu "adoro" alienígenas. haha Mas uma série de 53 livros nem rola. Não tenho dinheiro para isso e nem estante para caber tanta coisa. haha
    Com 53 livros, realmente é bem provável que os personagens cresçam durante a narrativa.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de julho. Serão dois vencedores.

    ResponderExcluir
  10. Não curto essa coisa de alienígenas não, nem a capa me atraiu.
    E 53 volumes??? Deusmelivre, gente!!! rsrs. Pelo menos, pra quem quer acompanhar lendo tudo, os livros são mais curtos né.. Menos mal.

    ResponderExcluir
  11. Li esse livro a uns dois meses atras e gostei muito, achei bem interessante eles poderei mudar para os animais que eles tocam, mas o que eu mais gostei foi lá no final quando eles lutam e resgatam as pessoas, é só uma pena que não conseguiu salvar o irmão dele, espero que consiga no segundo que eu ainda não li, pretendo ver se consigo comprar no mes que vem

    ResponderExcluir
  12. Oiee, tudo bom?
    Eu ainda não tinha ouvido falar da série acredita? hehehe mas ela parece ser legal, nunca li nada com alieniginas no meio, mas quem sabe eu venha a gostar não é mesmo, pois eu gosto muito de infanto-juvenil, mas gente 53 livros, são muitos livros hahahaha e mais um detalhe, não gostei da capa hahahaha.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  13. Como assim 53 volumessss ????? Gente to chocada aqui com a quantidade de livros dessa serie e eu achando que a maior serie do mundo é a da escritora J.R. Ward kkkk Já li livros com a temática alienígena e me interessei pelo livro, sou to tipo que gosto de infantil-juvenil mas fiquei meio pra trás com o número de volumes mesmo sendo pequeno os livros porque se eu gostar vou querer na minha estante e lá se vai meu dinheiro.

    ResponderExcluir
  14. Você está brincando né? Como assim 53 livros? Até me desanimei!
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  15. CINQUENTA E TRES VOLUMES? SÉRIO? 53??????????
    Caraca!!!!

    Eu me interessei na hora que bati o olho na capa e sinceramente sua resenha confirmou o que eu achei a principio...Irei AMAR a série...Mas ai...53 volumes????
    Já me desanimo com a série Gatos Guerreiros que deve ter uns 35, no máximo, imagina esse com 53?? hahahahahaha

    Bem, se um dia eu conseguir comprar a coleção inteira eu lerei com todo o prazer, mas não vou ter paciencia de ficar lendo picadinho não hehehehe

    ResponderExcluir
  16. Oi Gabriel!
    Eu já tinha ouvido falar dessa série, mas não fazia ideia da quantidade de livros! 53 é muita coisa, de longe a maior série que já vi! Gosto de livros com esse estilo e fiquei curiosa por ser uma leitura rápida e despretensiosa, mas não sei se leria, são muitos livros...
    Abçs

    ResponderExcluir
  17. Oi Gabriel, tudo bem?

    Eu não conhecia essa série, mas também não é muito o meu estilo de leitura. Estou impressionada com o tamanho dessa série e confesso que já fiquei ainda mais desanimada com a quantidade de volumes. Tomara que seja um sucesso por aqui também e que a Fundamento publique todos. Nada pior do que uma série incompleta.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oi!
    Com certeza nunca vi uma serie com 53 volumes !!! Gostei bastante do livro principalmente pelo fato de não termos muitas descrições em relação ao cenário que para mim fica cansativo, a historia ´parece legal e bem objetiva e criando uma nova mitologia bem fascinante !!!

    ResponderExcluir
  19. Bacana o titulo, Animorphs, e achei a capa bem legal tb. Da uma ideia do que se trata a historia e fiquei interessada.
    To gostando mais dessas historias de ET, distopias, fantasia com aventura, super poderes.
    No caso esse livro é uma de invasao de alienigenas e eu adorooo esses temas, pelo menos em filmes, já livros nunca li.
    Quando li que "morfar" lembrei dos Power Rangers, hahaha!
    Bom, ao ler a resenha sobre os 5 amigos, me lembrou tb o livro do Karas do Pedro Bandeira, que vivem aventuras e tudo mais. Me marcou mto qdo era criança e como vc disse queria ter lido a série Animorphs qdo era mais nova, acho q seria outra visão.
    Gostei da dica e espero que essa série seja toda publicada aqui.

    ResponderExcluir
  20. Uma série tão antiga e eu nunca tinha ouvido falar kkk parece ser beem legal e é bem curtinho, o que é melhor ainda. Mas 53 volumes não dá. Se eu já não aguento trilogia, que dirá 53 volumes haha

    ResponderExcluir

Comente, ficarei muito feliz em saber sua opinião!!!