Resenha #225 - O Resgate do Tigre - Colleen Houck - Editora Arqueiro


Título: O Resgate do Tigre
Série: Tigre #2
Autor(a): Colleen Houck
Editora: Arqueiro
Páginas: 430
ISBN: 978-85-8041-061-7
Ano: 2012



Sinopse: Kelsey Hayes nunca imaginou que seus 18 anos reservassem experiências tão loucas.
Além de lutar contra macacos d'água imortais e se embrenhar pelas selvas indianas, ela se apaixonou por Ren, um príncipe indiano amaldiçoado que já viveu 300 anos.
Agora que ameaças terríveis obrigam Kelsey a encarar uma nova busca - dessa vez com Kishan, o irmão bad boy de Ren -, a dupla improvável começa a questionar seu destino. A vida de Ren está por um fio, assim como a verdade no coração de Kelsey.
Depois de conquistar o primeiro presente de Durga e conseguirem seis horas tanto para Ren como para Kishan, Kelsey volta para Oregon e inicia a faculdade. Entretanto seu coração ficou na Índia onde ela deixou Ren, o homem por quem ela é apaixonada.




Em O Resgate do Tigre, iniciamos a historia com Kelsey tentado se adaptar a vida sem Ren. Ela inicia a faculdade e começa a praticar Wushu e também a sair com outros rapazes, entretanto nada disso consegue tirar o príncipe indiano de sua cabeça.

A princípio fiquei me perguntando porque a autora gastou mais de cem páginas apenas com romances e intrigas adolescentes. Depois entendi a importância dessas páginas iniciais.

Depois de um curto período de paz. Kelsey, Kishan e Ren são rastreados por Lokesh - o qual amaldiçoou Kishan e Ren -, e então eles são obrigados a fugir. Porém no meio da fuga eles são cercados pelos comparsas de Lokesh. Agora, Ren foi capturado, para salvar seu príncipe, Kelsey junta-se ao irmão dele, Kishan, e juntos eles partem atrás do segundo presente de Durga e para salvar Ren.

Repleto de ação e aventura, mitos extraordinários e mais história da Índia, o segundo volume da saga do Tigre mostra também as confusões e os medos de Kelsey, não apenas com relação ao Ren, mas também seus medos internos e seus traumas.

Agora que ela está conhecendo melhor o irmão de seu namorado, ela começa a notar que talvez ela tenha que passar por uma outra prova diferente da que está acostumada, esta ligada ao seu coração.

O que me incomodou nesse livro, foi ver o quão rápido Kelsey e interessou por Kishan. No início do livro chega a ser irritante o quanto ela é tão apaixonada por Ren, e do meio em diante já começamos a notar um certo sentimento surgindo por Kishan. Fiquei me perguntando: que tipo de amor é esse que ela sente pelo Ren, que basta um cara bonitão, gentil e atencioso - e irmão do seu namorado - chegar e você se derrete por ele? Estranho, né?

Esse é aquele tipo de livro que quando termina você precisa desesperadamente do próximo. A autora soube finalizar esse segundo volume de forma que se você não possui o terceiro fica desesperado e sem dormir (fica mesmo) querendo saber o que acontecerá.

Uma das coisas que me conquista nessa saga e me faz sempre já iniciar a história com duas estrelas é o quanto a autora pesquisou e estudou todos os fatos que são apresentados no livro. Conforme você vai lendo você nota que ela sabe do que está falando com relação a cultura indiana e todos os tipos de mitologia apresentados no livro - pois também vemos um pouco de mitologia grega -, e todas são muitíssimo bem explicadas. Colleen Houck merece nota dez por isso, pois ela não olhou apenas por cima de uma cultura completamente diferente da nossa, ela estudou, aprofundou-se no assunto e então criou essa história maravilhosa, costumo pensar que ela é algum tipo de Sr. Kadam disfarçado...

Na Bienal do livro esse ano será lançado o novo livro da autora, O Despertar do Príncipe, esse sobre mitologia egípcia. Tô louca pra ler! Assim que eu colocar as mãos nesse exemplar, venho aqui contar pra vocês o que achei.

E, é claro, ela estará na Bienal dando autógrafos no dia 12 de Setembro - Sábado. E óbvio, estarei lá cobrindo tudinho pra vocês!



23 comentários:

  1. Eu sei bem pouco sobre a cultura indiana, com certeza lendo esse livro, além de conter uma ótima história, iria aprender bastante coisa sobre a Índia hahaha Muitas das vezes, o segundo livro acaba não sendo muito bom, mas vi que esse livro continua sendo ótimo, principalmente deixando o leitor com vontade de ler o próximo. Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  2. Olá, Beta.
    Essas paixões relâmpagos também me irritam um pouco, porém, como o resto do livro é repleto de pontos positivos, fico com vontade de ler a obra. Além disso, ainda há um mega ponto positivo: conhecer mais sobre a Índia.
    Ótima dica.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de agosto. Serão dois vencedores.

    ResponderExcluir
  3. Adorei sua resenha.
    Já li a coleção do tigre e adorei, só em alguns momentos do livro me estressei muito com a Kelsey, em alguns momentos achei algumas atitudes dela bem infantis.

    ResponderExcluir
  4. Preciso muito compra os livros desta série.Eu ate tinha o primeiro, mas acabei doando ele por acreditar que não ia ler , mas agora lendo as resenhas tanto do primeiro quanto deste fiquei muito curiosa.
    Parabéns pela resenha!
    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Oi, Beta! O que mais tem me deixado interessada nessa série é o fato de a autora ter feito um belo trabalho de pesquisa sobre a cultura indiana. Acho que isso contribui, e muito, para que o leitor se sinta verdadeiramente inserido na trama e, claro, a oportunidade de aumentar o seu conhecimento. A história em si também me chamou bastante atenção. Com certeza é uma leitura que quero muito ter a chance de fazer.

    ResponderExcluir
  6. Beta,não li essa trilogia ainda,mas me parece que esse segundo terá bastante aventura ,principalmente quando,Kelsey se alia a kishan irmão de Ren para salvá-lo,bom que relate dramas e medos de Kelsey,amo mergulhar dentro dos personagens,pena que ela passa a gostar de kishan,não gosto desse tipo de mudança repentina em uma história,enfim,mas vale a pena devido ao contexto histórico ter sido bem estudado,aguardando a cobertura da Bienal.Beijos!!!!

    ResponderExcluir
  7. Depois que li a outra resenha, ja tinha aumentado a vontade de ler essa série e agora com essa outra resenha, me deixando mais curiosa ainda. O livro tem ação, aventura, romance que é tudo que eu gosto, fora essas capas lindas.
    Hoje no metro ja comecei a ler, hehe..mas so li o prologo, mas ja sei de mta coisa q vai acontecer.
    Uma pena que nao vou poder ir a Bienal, mas para os fãs que poderem prestigiar essa autora maravilhosa, se divirtam!

    ResponderExcluir
  8. Oi, Beta! Sou completamente apaixonada pela mitologia dessa série, algo super raro de acontecer comigo, mas não suporto a protagonista. ARGH. Estou há um mês inteiro tentando terminar esse livro e ainda estou lá por volta da página 100, porque a cada duas páginas que leio, tenho vontade de jogar o livro pela janela! A Kelsey é triste, apenas. Saiu com 4 caras em questão de dias, agora você me diz que ela ainda vai se derreter pelo Kishan... Olha, minha antipatia só aumenta! O bom é saber que a parte legal, de aventuras e uma forte mitologia indiana estão por vir. Vou ~ tentar ~ manter isso em mente. Achei essas páginas iniciais bem desnecessárias, independente do que venha a acontecer no futuro, mas espero entender melhor, como aconteceu com você. Gostei da sua resenha :) beijo!
    Lis | umareescrita.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi,
    Li a primeira resenha sobre essa coleção e me interessei muito. Achava difícil ter uma capa mais bonita que A Maldição do Tigre, mas essa superou. Gosto muito quando os autores se aprofundam naquilo e tentam passar o máximo para nós leitores. Mesmo você colocando alguns pontos negativos nesse livro, a nota no geral foi boa e tenho que dizer que meu interesse nele não diminuiu. Adorei !
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Mana vou ser sincera que ainda não li nenhum desses livros e nem sei se vou ler esses livros, embora tenha muitos comentários bons em relação ao livro ainda não senti aquela vontade de ler essa série, só posso dizer que tenho muitas esperanças no livro O Despertar do Príncipe porque sou louca por mitologia egípcia, a indiana não é muito interessante pra mim, e espero que esse livro em surpreenda positivamente ^^

    ResponderExcluir
  11. Oi Beta!
    A sua resenha mais uma vez está ótima e dá pra ver como vc gosta dessa série. Não sei o que acontece comigo, mas não tenho o menor interesse nesses livros. Devo ter algum tipo de bloqueio, não sei, hahahaha. Mas que fique bem claro que não é culpa da sua resenha rsrs

    ResponderExcluir
  12. Oi Beta!
    Mesmo com todo o alvoroço que essa série causa nos leitores eu nunca me interessei muito pela leitura, até acho a premissa da história bem legal, nunca li nada com mitologia indiana, mas mesmo assim, acho que tenho interesse em outros livros, então quem sabe depois?! haha, ótima resenha, fico feliz que tenha gostado da leitura, bjos.

    ResponderExcluir
  13. Oi Beta, tudo bem?

    Como disse na resenha do primeiro livro, não tenho tanto interesse na história, mas admiro a autora por ter pesquisado e estudado tanto sobre a cultura indiana e ter retratado isso tão bem no papel. Nossa, esses relacionamentos instantâneos me irritam bastante, e acho que ficaria do mesmo jeito que você lendo.

    Espero que você consiga o autografo da autora e seja muito divertido.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  14. As capas dessa série são demais!
    Não tenho interesse em ler a saga no momento. Achei bacana o próximo livro da saga abordar outro "cenário" pra história.
    Futuramente pretendo ler.
    Aproveite a bienal. ;]

    bjs

    ResponderExcluir
  15. Como disse na resenha do volume anterior, tenho alguns motivos que me impedem de começar essa série. Um deles aparece neste volume, sinceramente, por que, por que tantos livros insistem no triângulo amoroso? As vezes parece impossível a personagem principal gostar de um só rapaz. Isso me irrita, mas pior que isso é saber que fora uma paixão por Kishan, ela ainda sai com outros. Fica difícil entender o dito amor que ela nutre por Ren se age dessa forma.
    Infelizmente, acredito que Kelsey me irritaria demais e acho que isso poderia tirar boa parte do prazer que esse livro poderia me proporcionar, pois querendo ou não é difícil demais ler um livro em que não curto a protagonista, imagina uma série.
    O que é uma pena, pois a mitologia abordada é muito interessante.
    Espero que com o lançamento dessa nova série, que a autora não cometa os erros que cometeu nesta - ao meu ver, é claro -, pois a mitologia egípcia é outra que me interessa.
    Abraços

    ResponderExcluir
  16. Oi!
    Já li a serie e gostei bastante, achei muito legal essa mistura de culturas que a Colleen Houck, para mim que adoro conhecer novas culturas essa serie foi um prato cheio, de todos os livro da serie esse é o meu preferido, mas também me irritei com a Kelsey em muitos momentos, e a Collen sabe como criar personagens masculinos que te conquistam !!!

    ResponderExcluir
  17. Eu li o primeiro livro e amei, mas então eu li esse e confesso que me decepcionei, principalmente com o final, e Kelsey em muitos momentos me irritou então decidi depois de ter terminado esse que eu não seguiria lendo a serie

    ResponderExcluir
  18. Desde o lançamento do primeiro livro estou ansiosa para ler, mas ainda não pude compra-los =( rs
    Gostei muito da história, de todos os livros as resenhas me cativaram e as capas são lindas demais!!!!
    bjs

    ResponderExcluir
  19. Infelizmente essa série ainda não me atraiu, apesar dos vários comentários positivos que já li e ouvi sobre ela. Há alguma coisa que não bate, entende? Mesmo ela parecendo ser bacana, não me despertou muita vontade de ler. Por isso que vou empurrando com a barriga.

    ResponderExcluir
  20. Meu amigo tem essa saga, sou louco para ler. Adoro livros com magia, jornada, romance e tudo mais. Porém vi alguns comentários e esse triangulo amoroso presente nele me faz recuar um pouco. Adorei a resenha, abraços :)

    ResponderExcluir
  21. Amo conhecer culturas diferentes e principalmente historias novas. A cultura indegena parece estar presente muito no livro. Você vai para a bienal! Que sonho! Tô louca para conhecer o novo livro da Colleen Houck que pelo titulo parece bem interessante.

    ResponderExcluir
  22. Oi
    Como eu não finalizei a leitura nem do primeiro livro dessa série fiquei empolgada quando vi esse novo lançamento da Colleen,quero ler pra finalmente ver se gosto ou não da escrita dela.E é bem bacana quando os fatos apresentados não são aqueles tipos de informaçoes superficiais e que parece ser tirado de um resumo.E pelo visto o amor pelo Ren não é tão forte assim ,e tinha que dar bola logo pro irmão dele.E eu gostei bastante dessa capa.

    ResponderExcluir
  23. Eu gosto bastante dessa série e tive essa urgencia pro proximo tambem. E concordo com vc quanto à Kelsey ser irritante com relação as paixoes dela. Acho a paixonite dela pelos dois irmaos completamente chata. Apesar de ela ser forte e etc eu acho q ela fica com mimimi demais, entende? Ia gostar muito mais da serie se a mocinha fosse diferente.

    ResponderExcluir

Comente, ficarei muito feliz em saber sua opinião!!!