Resenha #258 - O Colecionador de Peles - Jeffery Deaver - Editora Record

Título: O Colecionador de Peles
Autor(a): Jeffery Deaver
Editora: Record
Páginas: 490
ISBN: 9788501106100
Ano: 2015


- Livro recebido em parceria com a editora.

Sinopse: Um novo serial killer espreita pelas ruas de Nova York com sua mente doentia e perturbada.
Conhecido como O Colecionador de Peles, ele é um tatuador que arrasta as vítimas para o subterrâneo da cidade, onde pode realizar sua arte sem ser interrompido. O problema é que, para criar suas obras-primas, em vez de tinta, ele desenha com venenos letais, causando mortes lentas e dolorosas.
Convocados para a investigação, o detetive Lincoln Rhyme e sua parceira Amelia Sachs têm apenas as mensagens criptografadas gravadas na pele das vítimas como ponto de partida. Enquanto tenta descobrir o significado das tatuagens, a dupla segue por um caminho tortuoso em que nada é o que parece ser, e precisa correr contra o tempo para decifrar as pistas que encontram, antes que O Colecionador de Peles faça sua próxima vítima.

"As criaturas que eu vira não eram homens, nunca foram homens. Eram animais, animais humanizados, um triunfo da arte da vivissecção."
H. G. Wells, A ilha do doutor Moreau

Esse não é o primeiro livro da série escrita por Jeffery Deaver; um dos filmes que mais amo (sou dessas – gênero) é O Colecionador de Ossos que foi adaptado para o cinema a partir do livro de Jeffery; e eu já perdi as contas de quantas vezes assisti e contemplei um show de talentos com um dos atores que acho “Foda!” (Denzel Washington). Mas não se espantem, pois a série tem histórias principais independentes e com final; não é necessário ler os anteriores, para ler O Colecionador de Peles. 

Em O Colecionador de Peles a história já começa de forma intensa e a adrenalina lá em cima com um Serial Killer assustador que busca “passar sua mensagem” através da pele de suas vítimas. Ele as espreita e atrai para o subterrâneo da cidade de Nova York. E assim começa a história com sua vítima sendo lentamente assassinada por picadas de suas agulhas recheadas de veneno letais. A princípio as mensagens deixadas nas peles de suas vítimas não parecem ter conexão, porém diante investigação dos detetives Lincoln Rhyme e Amelia Sachs logo se percebe que as mensagens deixadas nas peles das vítimas são criptografadas.

"Seu olhar calmo a examinou - mas não os seios, lábios, quadris ou pernas. Apenas a pele do braço nu, a garganta e o percoço, onde se deteve na pequena tatuagem de uma tulipa azul."

Assim como no antecessor (Colecionador de Ossos) – os detetives e sua equipe precisam agir de forma rápida e com tamanha destreza a ponto de evitar que o Colecionador de Peles faça novas vítimas. 

Para aqueles que não sabem o detetive Rhyme é tetraplégico, porém com uma mente completamente capaz, muito sagaz e brilhante; capaz de ver além do que os outros percebem. Diante sua incapacidade de estar ele mesmo nos locais dos crimes, usa Amelia como seus olhos e ouvidos – tudo com uma tecnologia de ponta que permite ao detetive Rhyme “estar presente” através de Amelia e sua equipe nas cenas horrendas deixadas pelo novo Serial Killer. 

Logo no começo percebemos um pouco sobre o ponto de vista do assassino, sabemos seu nome (Billy). Mas há outros dilemas a cerca das motivações e suas mensagens criptografadas e etc. Sem contar que a mente de Billy é tão brilhante e capaz quanto à do detetive Rhyme; com isso temos “uma dança emocionante” entre caça e caçador, onde muitas vezes percebemos que as coisas não eram bem aquilo, onde somos “retardados junto a Rhyme” pelos movimentos bem pensados de Billy. Sem contar nas reviravoltas que ocorrem. O assassino aparece em meio às investigações, mas apesar de sabermos seu apelido, não sabemos de fato quem é; e ficamos desconfiados por diversas vezes de personagens diferentes. 

O final meus queridos?! É incrível! 
Eu preciso de mais! Simples assim!

"... uma sensação de traição ao pensar que alguém, em sua unida comunidade profissional, usaria seu talento para matar e fazê-lo de maneira tão particularmente assustadora."

17 comentários:

  1. Eu assisti ao filme O Colecionador de Osso, aliás, mais de 1 vez, e adoro. Não sabia nem que tinha livro, e agora este, colecionador de peles, deve ser ótimo também. Com certeza lerei.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  2. Karini,livro bem intenso e instigante ,um Serial Killer realmente bem assustador.Mensagens criptografadas venenosas,nossa,que trama bem elaborada!!!Apesar de mão ser o meu gênero preferido,esse livro realmente te chama atenção par lê-lo.Não sabia que o detetive Rhyme era tetraplégico.Legal o tipo de caça e caçador.Incrível,quero muito ler.Mil beijinhos!!!

    ResponderExcluir
  3. Não li nada do autor ainda, mesmo possuindo um ebook de um de seus livros, mas a premissa de seus livros conseguiram despertar muito o meu interesse.
    Adoro um belo thriller policial e quando somos presenteados com um bom psicopata e uma bela caça entre detetive e criminoso, é impossível não se deixar levar e devorar todas as páginas.
    Mensagens criptografadas, corpos tatuados com veneno... Como não se sentir atraído? Esse livro tem um enredo ótimo e acho que não vou me decepcionar a partir de sua resenha.
    O livro já tinha me chamado a atenção, mas agora está oficialmente na minha lista.
    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Oi!
    Ainda não assistir o filme nem os outros livros mas gostei muito da historia adoro livros policiais e gostei dos investigadores, parece que temos uma historia bem escrita e fiquei curiosa sobre esse final!

    ResponderExcluir
  5. Já ouvi falar do filme O colecionador de ossos, mas nunca parei pra pesquisar so que se tratava e nem sabia que era baseado em um livro.
    AMO romances policiais e como tal, não podia deixar de ficar empolgada com essa premissa. Acho que nunca li um policial que tivesse um serial killer e sempre gostei desse elemento em filmes e séries.
    Vou assistir ao filme e pesquisar sobre os livros em sites de vendas, pois este sera uma série que lerei com certeza

    ResponderExcluir
  6. Gostei muito do filme Colecionador de ossos mas não tenho costume de ler livros deste gênero acho eles interessantes mais não faz muito meu estilo.
    bjs

    ResponderExcluir
  7. Já ouvi falar do filme Colecionador de ossos mas nunca tive a oportunidade de vê-lo e nunca que ia saber que esse filme é baseado em livro ^^ A premissa é boa, sabe nunca li livros desse gênero literário mas esse me chamou atenção e acho que vale a pena dar uma chance a esse livro. Talvez ele me agrade também ^^

    ResponderExcluir
  8. O nome do livro já é interessante ne?! Lendo a sinopse do Colecionador de Peles fiquei curiosa.
    Não sabia que O Colecionador de Ossos era do mesmo autor, e ameii o filme, fiquei mto tensa quando assistir.
    Vou confessar que adoro histórias com serial killer, mas nao sou doida, hahah...e somente na ficção, Deus me livre de ter um perto de mim na vida real.
    É impressionante que a mente dos criminosos são sempre brilhantes ne? Pena que usada para o mal.
    E eu nao tinha dúvida que o final seria diferente de incrivel, haha.
    Vou ler com certeza!
    Beijos

    ♥ Blog Livros e Sushi ♥
    https://livrosesushi.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  9. Olá!!
    Serial Killer , preciso dizer que morro de medo deles e que sempre fico alguns dias neurótica depois que assisto um filme ou leio um livro assim , mas devo também confessar que adora o gênero, porque é muito louco a maneiro e os motivos para os assassinatos e como tudo tem ligação com tudo, e o agente ou agentes que estão tentando desvendar os casos são sempre muito brilhantes também e esse detetive Rhyme que é tetraplégico fiquei super surpresa com essa informação, não conheço os livros da Jeffery Deaver mas percebi por sua resenha que estou perdendo muito.
    Bjocas

    ResponderExcluir
  10. Quando li o título do livro lembrei de O Colecionador de Ossos, mas ainda não li nem assisti. Amo livros policias, com seriais killers e detetives que tenham mentes brilhantes e com um final completamente surpreendente!

    ResponderExcluir
  11. Oi Karini :) Eu não tinha escutado nada sobre o autor, mas já tinha escutado sobre esses livros dele. Porém, o gênero não me agrada, então não me interessei pelo livro =/ Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Oi. Colecionador de Peles tem uma história bem sinistra e interessante. Por se tratar de um assunto que eu não havia tido conhecimento ainda, irei ficar bem absorta na leitura. A obra parece ser muito boa e vou querer ler. Livros de mistério sempre me despertam para a leitura.

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Eu ainda não assisti o filme O Colecionador de Ossos, mas vi seus comentários positivos sobre, e fiquei bem curiosa, pretendo assistir. Já em relação a esse livro, achei bem interessante a história, gosto de livros que tenham investigações e mistérios, por esse motivo adicionei O Colecionador de Peles em minha lista de leituras.

    ResponderExcluir
  14. Trama interessante. Amo tatuagens, mas essas eu não quero não.kkk Eu gostei da sua resenha e quero muito ler esse livro. Esses livros sempre dão um friozinho na barriga e por isso são gostosos de ler. Estou ansiosa com o final.

    ResponderExcluir
  15. Oi, Karini. Eu nunca ouvi ou li nada sobre o Jeffery Deaver. Logo quando li o título deste livro, pensei em um assassino que retirava a pele das pessoas. Estava enganado, mas a história é tão perturbadora quanto, imagino meu pavor com esta leitura. O ponto mais forte deste livro é o conteúdo investigativo.

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Não conhecia o livro, nem o autor.
    Pela sua resenha,o livro pareceu ser ótimo, os personagens bem desenvolvidos. Achei a história diferente.
    Mas não me interessei em ler, pois não gosto desse gênero.

    ResponderExcluir
  17. Li o primeiro livro há algum tempo, e também já tive o prazer de assistir a adaptação maravilhosa, com a presença ilustre e talentosa do Denzel, mas acredito que nada poderia ser mais maravilhoso que mais um livro na mesma linha do primeiro. A forma de escrita detalhada do autor nos leva juntamente aos detetives para junto dos crimes, nos permitindo mergulhar na história de forma incrível. Sem contar com todas as sacadas e genialidades que o autor insere em seu enredo, além dos personagens maravilhosos e perspicazes que conhecemos.

    ResponderExcluir

Comente, ficarei muito feliz em saber sua opinião!!!