Resenha #259 - Bela Redenção - Jamie McGuire - Verus Editora


Título: Bela Redenção
Série: Irmãos Maddox #2
Autor (a): Jamie McGuire
Editora: Verus
ISBN: 9788576864417
Ano: 2015
Páginas: 308


Livro recebido em parceria com a editora


Sinopse: A aguardada continuação de Bela Distração Liis Lindy é uma agente do FBI decidida a se casar apenas com o trabalho. Ela adora sua mesa, está em um relacionamento sério com seu laptop e sonha em ser cumprimentada pelo diretor depois de solucionar um caso difícil. O agente especial Thomas Maddox é arrogante e implacável, um dos melhores que o FBI tem a oferecer — e chefe de Liis. Quando Liis e Thomas são encarregados de uma missão em que precisam fingir ser um casal, a atração entre eles chega ao limite — e os leva a questionar quanto realmente estavam fingindo. Bela redenção é o segundo volume da série que narra a excitante, romântica e por vezes volátil jornada dos Maddox rumo ao amor. Chegou a hora de conhecer o mundo misterioso do esquivo Thomas e descobrir como a paixão pode ser intensa quando você não é a primeira, e sim a última. Além, é claro, de rever os outros irmãos da família Maddox.

"O controle era a única coisa real. Desde cedo, aprendi que planejar, calcular e observar poderia evitar a maioria das coisas desagradáveis - riscos desnecessários, decepção e, o mais importante, mágoa."

E meu coração balançou mais uma vez...

É sempre assim, a cada lançamento de um dos livros de Jamie McGuire sobre os irmãos Maddox, meu coração fica na corda bamba, é quase impossível não se apaixonar por essa família inteira. Sou doidinha pelo Travis, mas caí de amores pelo Trent em Bela Distração, que em minha opinião é um Travis sem toda aquela loucura. E agora em Bela Redenção que é o segundo livro da série "Irmãos Maddox", Thomas me mostrou um lado dos Maddox que eu desconhecia e que adorei. Se eu fosse definir esse homem em uma só palavra seria: INTENSIDADE.

Liis Lindy acabou de ser transferida para San Diego, ela é uma agente do FBI comprometida com seu trabalho, viu nessa transferência a oportunidade para alcançar seus objetivos na sua carreira e fugir de seu ex-namorado. O relacionamento entre eles durou mais do que deveria, ele sempre foi apaixonado por Liis, porém ela sempre foi focada na sua carreira e o relacionamento não era sua prioridade, e ela acabou levando o relacionamento em banho-maria até não dar mais.

Sendo uma mulher racional, que coloca sempre sua carreira em primeiro plano, Liis não é do tipo que dorme com desconhecidos, porém em sua primeira noite em San Diego um estranho muito atraente foi o que podemos chamar de um pequeno desvio na sua conduta tão regrada. Isso não seria um problema, apesar do desconhecido mostrar interesse em vê-la novamente e Liis dizer não estar emocionalmente disponível, ela ficou feliz em saber que o desconhecido era seu vizinho e que existia a possibilidade deles se encontrarem outras vezes. Ela só não sabia que o próximo encontro deles seria tão rápido e no ambiente de trabalho. Thomas o vizinho com quem Liis dormiu em sua primeira noite em San Diego na realidade é Thomas Maddox seu chefe.

Thomas Maddox... Ahhhh Thomas... (suspiros)... o que dizer desse personagem? Ele é um Maddox, isso por si já o definiria como um espécime de homem em extinção; do tipo antagônico; apaixonado; sexy; envolvente; sincero; focado e fiel. (suspiros eternos). Thomas ainda não superou seu último relacionamento, esse assunto é algo que paira a sua volta como um fantasma, algo que sempre fara parte de sua vida e com o qual ele não ainda não aprendeu a lidar. Liis é a primeira mulher com quem ele se envolveu depois do termino desse relacionamento. Descobrir que ela é sua funcionária acaba deixando seu humor ainda pior.

" - Você pode amar alguém sem querer estar com essa pessoa. Assim como você pode querer estar com uma pessoa antes de amá-la."

Não há sombras de dúvidas que Jamie McGuire sabe como envolver o leitor com suas histórias, e a vontade de descobrir o que acontece no próximo capitulo às vezes entre em conflito com aquele sentimento de não querer que o livro acabe rapidamente. Afinal, passamos meses à espera de mais um Maddox. 

Bela Redenção é narrado por Liis, e é através de seus olhos que conhecemos melhor a história e a personalidade de Thomas o mais velhos dos cinco Maddox. Ele esconde de sua família que é um agente do FBI, isso por conta de uma promessa feita anos atrás pelo seu pai a sua mãe. E, além disso, carrega consigo a culpa de ter entregado a relação que seu irmão Travis e sua mulher Abbi tem com um procurado pelo FBI, muitos acreditam que ele tenha feito isso somente para ganhar uma promoção. O que podemos dizer de Thomas é que ele é um homem com algumas questões pendentes a ser resolvidas.

Apesar de serem livros independentes, você aproveitará melhor a leitura ao ler primeiro o livro Bela Distração, pois o climax de um dos problemas de Thomas está relacionado com o primeiro livro. Diferente de Bela Distração que se passa simultaneamente no mesmo espaço de tempo que Belo Desastre; Bela Redenção se passa após Bela Distração, para quem leu os livros de Travis e Abby, Bela Distração se passa no período do casamento de Travis com Abby. Ficou confuso? O que quero dizer é que se traçarmos uma linha de tempo Bela Redenção passaria no mesmo período de Belo Casamento. Adoro isso nos livros.

A trama de Bela Redenção não chega a ser original: o chefe que se apaixona pela funcionaria, e todo o drama que isso pode acarretar. Mas o livro é sagaz, ágil, envolvente, sensual, focado em conflitos emocionais. Não há como não torcer pelo casal, Liis é a personificação da mulher atual, focada em sua realização profissional, que muitas vezes se esquece do lado afetivo; que é forte, determinada, daquelas que o homem tem certeza que está com ela porque ela o ama e não porque precisa dele. Adorei a personagem, ainda mais por ela permanecer autentica do começo ao final.

Amo a narrativa de Jamir McGuirre, não só porque ela me dá a oportunidade de sonhar acordada com essas histórias maravilhosas e esses homens divinos, mas também por ela saber dosar o tom, nada parece forçado e tudo é encaixadinho. Nem preciso dizer que adorei Bela Redenção e que já estou contando os dias para ler o próximo livro dos Irmãos Maddox, alguém tem alguma dúvida que eu irei me apaixonar? 

"Meu amor por ele era volátil, incontrolável e esmagador, mas... isso era amor. O amor era real."

20 comentários:

  1. Oi, Patty!
    Thomas, melhor Maddox <3 <3 De todos que já, esse é o melhor pra mim, sem dúvida.
    Também achei o Trent muito parecido com o Travis. Na verdade, a história toda foi meio que um deja vu pra mim. Fiquei até um pouco desanimada pra ler Bela Redenção. Ainda bem que li e me apaixonei perdidamente pelo Thomas.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  2. Patty,não li ainda nenhum Spin -off dessa série ,mas esse me chamou atenção pois além do romance traz uma trama policial ,investigativa e o casal,não é nada mais é do que a agente Liis e seu chefe e vizinho Thomas Maddox,e lógico que será mais um romance daqueles de deixar muitos corações aos suspiros.Ansiosa por conferir.Mil beijinhos!!!

    ResponderExcluir
  3. Eu amo a família Maddox, sou doida pra fazer parte dela, inclusive kkkkkkkkk. Não sabia que a moça ia dormir com o gato e ele ser o chefe, que babado!!!! Ainda não comecei a ler e já me sinto envolvida na história hahahaha. Ansiosa pra conhecer o Thomas. Vou ler mto em breve ;)

    ResponderExcluir
  4. Não li os outros livros da autora, pois admito que a premissa deles não me empolga, mas esse livro em particular anda me deixando curiosa. Não pela premissa, que já vi em diversos livros, mas pelo personagem Thomas, tão bem elogiado. Acho que é o primeiro Maddox que me despertou algum interesse (eu sei, talvez eu seja um E.T).
    A autora parece mesmo saber criar bons casais e personagens cativantes, que aliados a narrativa dela, tão elogiada, é um prato cheio para os fãs de livros do gênero. Não sei se chegarei a ler algum dia esse livro, até porque talvez seja necessário ler os outros anteriormente publicados, mas não descarto a ideia.
    Abraços

    ResponderExcluir
  5. Oi Patty, tenho muita curiosidade me conhecer esta série, uma pena que não li nenhum dos livros ainda.Espero gostar como você.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Ja ouvi falar muito dos Irmãos Maddox mas ainda não tive a oportunidade de ler nenhum livro da serie essa resenha me deixou curiosa para começar logo gostei do thomas e fiquei curiosa par saber como esse romance cheio de coincidência ira se desenrolar e a capa esta linda !!!

    ResponderExcluir
  7. Sempre fugi um pouco de romances, e essa série nunca brilhou aos meus olhos (apesar de ter comprado os livros após indicação de uma amiga).
    Acredito que esses livros focados nos outros irmãos Maddox podem tornar a serie mais interessante, e a forma como os livros são intercalados com a historia de Travis e Abby pode tornar a leitura mais interessante.
    Enfim, essa é uma dica que passarei para minha irmã (afinal os livros estão parados na minha estante), e quem sabe num futuro próximo eu não os leia também?

    ResponderExcluir
  8. Ai,ai estes irmãos Maddox arrasando corações estou desesperada para ler este livro amei a história do Travis e do Trent e acho que vou amar esta história também.
    bjs

    ResponderExcluir
  9. Sabe eu não li ainda o primeiro livro e ao ver a sua resenha me lembrei que preciso ler esse livro ^^ Ma afinal como não se apaixonar pelos irmãos Maddox né ? Eles sempre nos conquistam cada um com seu jeitinho especial e quero muito ler esse livro pra ver conhecer esse Maddox ^^ Prevejo que vou me apaixonar de novo.

    ResponderExcluir
  10. Helllooo!
    O único livro que li da Jamie McGuire foi Red Hill e ameiii! A escrita dela é mta boa.
    Essa série eu acho as capas bonitas e diferentes, ainda quero conhecer os irmãos Maddox, mta gente fala tanto deles.
    Vou seguir a sua dica e começar a ler Bela Distração, acho q é sempre melhor tb, ainda mais se eu gostar mto, nao vou pegar spoilers.
    Apesar da trama nao ser original, o chefe que se apaixona pela funcionaria, mas ainda sim acho que depende mta da forma que a autora conduz a historia.
    Vou ler com certeza.
    Beijos

    ♥ Blog Livros e Sushi ♥
    https://livrosesushi.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  11. Olá!!
    Apesar de sua ótima resenha eu não me interessei muito pela trama, já avia visto resenha do primeiro livro e não tinha despertado meu interesse , mais confesso que se tivesse uma adaptação pro cinema eu assistiria pra ver esses irmãos Maddox que fazem tata gente suspirar... rsrs
    Bjocas

    ResponderExcluir
  12. Não gosto muito de romances e não me interessei por esse. Como você escreveu, a história é meio clichê e dramática, o que me desanima mais de ler.

    ResponderExcluir
  13. Oi Patty! Me desculpa, mas eu não li a resenha hahaha Eu sou apaixonada pelos irmãos Maddox e estou louca para ler esse livro, mas não quero ler nada sobre ele antes de eu mesma ler! Mesmo a resenha não contendo spoiler hahaha Quero ter exclusividade! Acho que você me entende né?! Estou suuuuper ansiosa para ler esse livro, ainda mais depois de "Bela Distração", que acabou com minhas emoções hahaha Estou louca para conhecer o Thomas ♥ Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Olá. Gostei da capa! as cores do desenho e título ficaram bem vivos.
    não conhecia a série, só que fiquei com vontade de ler e fiquei meio confusa com o primeiro livro. realmente não sei qual é, mas tentarei dar uma pesquisada.

    Beijo

    ResponderExcluir
  15. Estou com muita vontade de ler os livros dos outros irmãos Maddox, eu amei a história do Travis e da Abby. E amarei sem dúvida os livros dos outros irmãos. Eu quero muito ler a história do Thomas, ele é um dos meus irmãos favoritos dessa série.

    ResponderExcluir
  16. Eu quero muito ler essa série dos Irmãos Maddox, só tenho lido comentários positivos em relação a história e por esse motivo acredito que irei gostar muito da leitura, além de tudo as capas dos livros são lindas. Sua resenha está muito boa.

    ResponderExcluir
  17. Parece bom. Provavelmente eu vou ler mais pra frente. As historias cheias de cliches são muito boas e instigantes.

    ResponderExcluir
  18. Olá, Patty. Bom, confesso que a série Belo Desastre não me agrada em muitos aspectos, mas este seu spin-off conseguiu me conquistar um pouco mais que suas originais histórias. Um lado mais romântico, e menos quente, bem menos, se alastrou pela premissa do livro. Não lerei o livro, por conta de gosto, mas gostei mais que os originais.

    ResponderExcluir
  19. Olá!
    Há pouco tempo li uma resenha sobre esse livro e também foi bem positiva.
    Não li nenhum dos livros da série, pois algumas das resenhas que li sobre os livros anteriores não foram muito boas.
    Mas fiquei interessada em ler esse, mesmo a história não sendo muito original. Fiquei curiosa para saber mais sobre a história e os personagens.



    ResponderExcluir
  20. Já ouvi diversos elogios sobre a escrita da autora e sobre essa série, em particular. Confesso que é difícil resistir a toda essa perfeição masculina que tu tão bem descreveu e a essas capas que eu acho maravilhosas. É interessante o modo como a autora joga com o psicológico de seus protagonistas, inserindo segredos e subtramas que acabam enriquecendo o enredo principal e tirando o foco do romance em si, o que eu considero diferente e um grande atrativo.

    ResponderExcluir

Comente, ficarei muito feliz em saber sua opinião!!!