Resenha #260 - Tocando as Estrelas - Rebecca Serle - Novo Conceito

Título: Tocando as Estrelas
Autor (a): Rebecca Serle
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581637334
Ano: 2015
Páginas: 224


- Livro recebido em parceria com a editora


Sinopse: Quando Paige Townsen deixa de ser uma simples aluna do ensino médio para se tornar uma celebridade, sua vida muda do dia para a noite. Em menos de um mês, ela troca as ruas da sua cidade natal por um set de filmagem no Havaí e agora está conhecendo melhor um dos homens mais sexies do planeta segundo a revista People. Tudo estaria perfeito se o problemático astro Jordan Wilder não fincasse o pé em uma das pontas desse triângulo cinematográfico. E Paige começa a acreditar que a vida, pelo menos para ela, imita a arte.

"Se é pelo esquecimento que perdoamos, então somos apenas restabelecidos pela ignorância, nunca pelo amor."

Tocando as Estrelas é o primeiro livro da trilogia Famous In Love escrita por Rebecca Serle. Essa leitura foi uma daquelas que você começa sem muitas expectativas, e com a desenrolar da história ela vai te ganhando aos poucos, e quando você dá por si está envolvido com os personagens e seus dramas, como se fosse um filme da sessão da tarde. Nada muito dramático, nada muito permanente, algo leve, com certa doçura e encanto.

O livro é narrado em primeira pessoa pela Paige, uma adolescente de 17 anos que após ser escolhida para ser a protagonista de um filme baseado em uma trilogia que é best-seller mundial, chamada Locked, vê sua vida mudar totalmente, enquanto tenta vencer seus medos e inseguranças e fazer um bom trabalho em seu primeiro papel no cinema.

Locked é o tipo de leitura de arrebata os jovens, porém nossa Paige, até pensar em se inscrever para o teste não tinha lido sequer uma só linha do primeiro livro, o pouco que sabia sobre a série era por causa de sua melhor amiga, que é simplesmente apaixonada pela série. Paige é fascinada por ler roteiros, porém para tentar absorver a essência da personagem para o teste Paige lê os dois primeiros livros publicados e se encanta com a história.

Locked conta a história de uma garota chamada August que sofre um acidente de avião, juntamente com seu namorado e o melhor amigo do namorado. Quando o avião em que os três estão cai em uma ilha, August se vê sozinha com o amigo do namorado e seu namorado sumiu. Com o desenrolar da história os dois personagens começam a ficar próximos e acabam se apaixonando, mas pra complicar a vida de August seu namorado volta. Eu realmente gostei dessa parte, de ter um livro dentro do livro.

Após ser escolhida Paige parte para o Havai onde vão acontecer as filmagens, e para sua sorte o galã contratado para ser um dos protagonistas juntamente com ela é Rainer Devon, que além de lindo e talentoso, é gentil, engraçado e faz de tudo que está ao seu alcance para que Paige sinta-se à vontade, Rainer já é experiente, afinal já está no meio desde criança. Não demora muito para que os dois se tornem amigos.

O outro protagonista escolhido é Jordan Wilder, um rapaz misterioso, em suas aparições nos passa uma imagem totalmente distorcida de si. Logo que o conhecemos já o vinculamos a palavra badboy. Ele e Rainer tiveram um grande desentendimento no passado, algo mal resolvido que gera um grande mal estar até hoje. Os veículos sensacionalistas divulgaram que Jordan teria ficado com a namorada de Rainer. A amizade que existia entre os dois atores a partir desse evento acabou.

"Engraçado, passei a vida toda querendo que as coisas fossem diferentes,e, agora que são, sinto falta de como eram antes."

A trama toda gira em torno das filmagens e do triângulo amoroso entre Paige, Rainer e Jordan. Paige é um tanto ingênua e está vivendo em um mundo totalmente novo, onde muitas vezes às aparências podem enganar.

Para Paige, Jordan é algo proibido, ela sabe que ele machucou Rainer no passado, ou pelo menos sabe a versão de Rainer nessa história. Mas para ela Jordan também é um enigma. Desde seu primeiro contado o rapaz foi arisco, e se manteve distante, porém isso não impede Paige de tentar de aproximar de Jordan e conhecê-lo melhor.

Se você é da turma que ao ler essa resenha está dizendo: "Mais um triângulo? Deus me livre." Relaxa... não é algo tedioso, esse é o tipo de triângulo gostoso de ler, Paige está dividida entre sentimentos opostos. Com Rainer ela se sente protegida, amada, como se nada pudesse dar errado quando ela está com ele. Já com Jordan ela sente uma conexão inexplicável, intensa, algo próximo ao que ela acredita ser paixão.

Os rapazes são os opostos entre si, um é manipulador, gosta da mídia, e vai usar tudo que puder para que os holofotes estejam sobre ele, inclusive ter um relacionamento com a protagonista do filme. Já o outro deixa todos pensarem o pior dele, como se isso servisse para que ninguém soubesse realmente quem ele é. O que na realidade nos mostra é o quanto as aparências podem enganar e o quanto a mídia é manipuladora.

Vemos o quanto Paige acaba sendo sugada para dentro desse universo e o quanto ele pode corrompê-la também. Os acontecimentos são colocados de forma que você tem que ler o livro até o final para saber qual é a decisão que Paige tomou. E mesmo a leitura sendo leve, pode ser angustiante não ter nenhuma pista do que irá acontecer. O final do livro podemos dizer que é dúbio, feliz e ao mesmo tempo triste. O que nos dá uma imensa vontade de ter o segundo livro para ler em seguida.

Apesar de o livro ter um final fechado, e eu ter ficado relativamente satisfeita com o final, entenda - eu disse: Satisfeita. E não feliz. Eu gostaria de ter mais para ler, o livro não é extenso, estamos falando de 224 páginas. Qual é a necessidade de se fazer uma trilogia se você pode fazer um livro único com 450 ou 500 páginas? Eu sei que é o dinheiro que move o mundo, mas isso me irrita completamente. Voltando ao livro, eu gostei bastante de Tocando as Estrelas, o livro cumpriu muito bem o papel de entreter o leitor, com uma história fofa, envolvente e apaixonante, estou contando os minutos para poder ler o restante.


"Essa é uma verdade sobre o sucesso. Muita coisa muda, mas nem tudo. Você ainda tem dias de cabelo ruim. Amizades que se desfizeram não serão reparadas milagrosamente. E pessoas que não amavam você antes continuarão a não amar. Uma coisa que o sucesso não muda, não importa a que nível você chegue, são as coisas que já viraram passado."



14 comentários:

  1. Tocando as Estrelas é um livro que não sinto um pingo de vontade em ler, independente de quanto sejam os elogios que recebe. Admito que considero interessante ver o livro abordando o mundo do cinema e como demonstra que a mídia é manipuladora, e ter personagens que fazem jus a aquele velho ditado de que as aparências enganam, mas não me vejo com vontade alguma de o ler.
    Triângulos amorosos acabo sempre odiando, sendo sincera. Não importa o quanto os personagens sejam bons, triângulos não me envolvem ou convencem, e duvido muito que com esse fosse diferente.
    Muitos comentam que outros livros são desnecessários para esse, e pelo que vejo, a autora poderia muito bem ter fechado a historia em um único livro mais extenso do que este primeiro volume. Mas não chego a me surpreender, é algo típico de nosso mundo.
    Continuo não pretendendo ler Tocando as Estrelas, apesar de ter gostado muito de sua resenha. Talvez no futuro, eu deixe de ser cabeça dura e dê uma chance, mas não apostaria muito nisso.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Hello, Patty! Quem me conhece sabe que adoro histórias com características artísticas, como o teatro, o cinema, a arte, entre outras artes. Então, não poderia ser diferente a minha admiração por Tocando as Estrelas. Me encantei por cada narração da autora, desde a saída do ensino médio de Paige Towsen até ao seu estrelato, passando pela rotineira vida de uma famosa atriz. Gostei bastante!

    ResponderExcluir
  3. Oi Patty :) Eu conheci o livros durante as divulgações de lançamentos da NC, e de cara gostei bastante do livro, mas não sabia do que se tratava. Já tinha esquecido do livro até ler a resenha hoje! Eu fiquei meio divida entre ler ou não =/ Gostei da história, da ideia central e tudo mais, mas em algumas partes achei chato e que não gostaria de ler, não sei o porque mais me deu a impressão de ser um livro bem juvenil, algo que não venho procurando muito ler por não gostar tanto e ser sempre as mesmas histórias. Então, não sei se vou ler!

    ResponderExcluir
  4. Gostei de ter um livro dentro do outro. Interessante. A Paige fica bem dividida, mas ja da pra perceber com quem ela fica no final. Apesar disso o livro eh bem interessante.

    ResponderExcluir
  5. Patty, oi. Quando vi a capa desse livro, imaginava que seria apresentada uma história juvenil. Infelizmente o livro não me interessou, mesmo mostrando uma história que aparentemente mexe bastante com o desenvolver da obra.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Confesso que eu era uma destas pessoas que torcia o nariz por ter mais um triângulo amoroso,já tinha lido uma resenha não muito positiva sobre este livro por isso estava com o pé atras em relação a ele, mas a sua resenha me fez ver um algo a mais na trama,gostei,quero ler sim.
    bjs

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Já tinha lido uma resenha sobre o livro, mas não foi muito boa.
    Lendo a sua resenha me animei a ler o livro.
    Gosto de livros de romance leve. Achei a história diferente, pois não li nenhum livro com esse tema. Pelo que foi escrito os personagens são bons.
    Fiquei curiosa para saber como terminará a história.

    ResponderExcluir
  8. Confesso que o triângulo romântico é um pouco irritante e cansativo pra mim com o desenrolar das páginas, mas eu achei fantástico o elemento da fama, do mundo por trás dos holofotes que a autora inseriu em sua trama. Acredito que o plano de fundo seja extremamente interessante e curioso, cheio de detalhes a serem explorados, e a leveza que nos envolve durante a leitura é um atrativo a mais também.

    ResponderExcluir
  9. Patty,quero muito ler a trilogia Famous in love ,estou esperando ser lançado os outros dois livros ,pois apesar de apresentar um triângulo amoroso,achei a premissa muito interessante.Quero muito acompanhar os personagens Paige,Rainer e Jordan e também acompanhar essa trama que possui doçura e encanto.Amei se passar no Havaí.Amei saber que existe um livro dentro do outro.Duas histórias,a filmada e a real.ou seja o livro propriamente.Quer dizer que Jordan ficou com a antiga namorada de Rainer ?Realmente as aparências enganam e a mídia é manipuladora .Um final dúbio,triste e feliz.Gostei de saber que a história é fofa,envolvente e apaixonante.Beijos!!!

    ResponderExcluir
  10. Olá!!
    Gostei muito da historia, é muito bom quando o autor consegue cumprir o seu papel com uma historia envolvente que nos deixa com vontade de mais, realmente não entendo porque dividir um livro que poderia ser escrito em um só, mais é isso né o dinheiro, mas espero ler esse , se caso eu ganhar leio logo, se for comprar esperarei os próximos pra comprar junto.
    Bjocas!!

    ResponderExcluir
  11. É a segunda vez e leio uma resenha dizendo que esse livro parece uma seção da tarde kkk Eu realmente gostei do enredo do livro, mas acho que leria esse livro quando eu estivesse com ressaca literária, nao é o caso mas vou deixar essa dica de leitura anotada pra qualquer coisa, quem sabe mais tarde eu me encontro precisando de um livro bom e e temos esse né.

    ResponderExcluir
  12. Tenho o livro, mas ainda não o li e vou demorar um pouco já que tenho vários outros na fila. Não sei o que esperar do livro, já que já li várias resenhas e algumas pessoas não gostaram e outras sim. Não sou muito fã de romance, porém gosto dos leves.

    ResponderExcluir
  13. Hello!
    Esse livro Tocando as Estrelas eu já tinha achado interessante a sinopse na epoca do lançamento, a capa havia me chamado a atenção primeiro e agora com a resenha, confirmei que realmente quero ler.
    Adoro livros assim, a gente começa achando que vai ser pessimo e no final ja estamos dentro da historia e so queremos terminar.
    Muita gente torce o nariz para triângulo amoroso, mas eu nao ligo, desde q seja bem feito e nada de mimimi de nenhum dos 3, bom saber que é bom de se ler sobre os 3.
    Continuo animada a ler.
    Beijos.

    ♥ Blog Livros e Sushi ♥
    https://livrosesushi.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    Com certeza esse livros nos da essa sensação de filme de sessão da tarde, e muito legal quando pegamos um livro que nos surpreende e gostei da historia hollywoodiana da Paige e principalmente porque parece que temos duas historias acontecendo tando a do livro quando a do filme !!

    ResponderExcluir

Comente, ficarei muito feliz em saber sua opinião!!!