Resenha # 264 - A primeira chance - Abbi Glines - Arqueiro


Título: A primeira chance
Autor (a): Abbi Glines
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788580414592
Ano: 2015
Páginas: 224


- Livro recebido em parceria com a Editora


Sinopse: Quando o pai roqueiro de Harlow Manning sai em turnê, ele a envia para Rosemary Beach, na Flórida, para viver com sua meia-irmã Nan. O problema: Nan a odeia. Harlow tem que manter a cabeça para baixo, se ela quer passar os próximos nove meses em paz. Isso parecia ser fácil... Até que o lindo Grant Carter sai do quarto de Nan.Grant cometeu um grande erro em se envolver com uma garota com veneno nas veias. Ele sabia sobre a reputação de Nan, mas ainda sim não conseguiu resistir a ela. Nada faz ele se arrepender da aventura mais do que seu encontro com Harlow, que o deixa com o pulso acelerado. No entanto, Harlow não quer ter nada a ver com um cara que poderia se apaixonar por sua meia-irmã malvada. Mesmo não existindo amarras entre Grant e Nan.
Grant está desesperado para se redimir aos olhos de Harlow, mas ele arruinou suas chances com ela antes mesmo de conhecê-la...

Em A Primeira Chance, conhecemos mais um casal de Rosemary Beach. Dessa vez, os pombinhos são Grant e Harlow. O irmão por parte de mãe de Rush e a filha de Kiro e irmã de Nannette. 

Eu tenho uma espécie de amor e ódio com essa serie da Abbi Glines. De longe é meu tipo de enredo, na verdade, os enredos que envolvem os livros da Abbi são os que eu menos gosto, porém, há algo na escrita e em todo o melodrama da autora que me deixa curiosa e me faz querer continuar com a leitura. 

Infelizmente, essa mágica dela não o ocorreu nesse livro. Diferente de Blaire e Rush (Paixão sem limtes) e Della e Woods (Estranha Perfeição), mesmo com os enredos ala novela mexicana, as historias sempre tinham algo positivo, seja uma garota de 19 anos que mesmo tendo visto o pior das pessoas. 

Ainda sim dá outra chance a elas ou uma protagonista forte apesar do passado traumático, nessas duas outras séries, algo me cativou e me fez ter curiosidade em continuar com a leitura, já a história de Grant e Harlow... Nossa! Ela me fez tudo, menos querer prosseguir com a leitura. O mais engraçado de tudo, é que o Grant era um dos personagens que eu mais curti, nos outros livros, e aí quando chegou à hora dele, ele simplesmente caiu em peso no meu conceito. 

Talvez eu tenha feito uma imagem errada do personagem nos outros livros, mas com certeza nunca iria imaginar o Grant como o mimizento da história, e é o que ele é, um grande mimizento. Harlow eu já sabia que não ia gostar, desde a primeira leitura de um capítulo dela em Amor sem limites. Simplesmente tenho uma antipatia por personagens certinhas demais. 

Em outros aspectos, observei alguns furos na historia, algumas coisas que não se encaixaram e o início do livro intercalando passado e presente também confundiu bastante a cabeça do leitor, o que tornou o inicio da leitura maçante. 

Como já é fato nas histórias da Abbi, há sexo na história, e sinceramente, na minha opinião, me estressa ao extremo os personagens terem um problema e não conversarem, mas sim resolverem tudo na cama. Alô! Tem certas coisas que precisamos usar a boca pra falar! 

No mais, fiquei um pouco chateada por não ter gostado de absolutamente nada nesse livro... Bom, gostei sim de uma coisa: do personagem mais fofo de todos! O Nate, que não falarei quem é, senão será um baita spoiler, mas ele salvou nas vezes que apareceu, ele só precisou dizer uma palavrinha pra eu levantar as mãos para o céu e agradecer por ele ter aparecido um pouco na historia. 

Acho que seria muito contraditório eu dizer que indico este livro, sendo que dei duas estrelas pra ele, então serei bem sincera e direi: Não! Esse eu não indico. Mas indico os outros livros dessa série! Vale a pena conhecer a escrita da autora.



16 comentários:

  1. Não me interesso pelos livros dessa série, não fazem o meu tipo de enredo. Simplesmente não conseguem me atrair, apesar de ter lido boas resenhas.
    Já li outras resenhas de a Primeira Chance e ao que parece, até agora, o livro não conquistou por completo os leitores. Além de o enredo não fazer meu tipo, é triste ver que um personagem como Grant que te conquistou em livros anteriores desapontou na sua vez. O pior que isso acontece com séries como essa, em que conhecemos desde o primeiro alguns protagonistas de livros futuros, esses dias li um livro focado em um personagem que nos antecessores, quando aparecia, me fazia gostar dele, mas quando chegou a sua história, ao terminar não sabia se gostava dele ou o odiava, pois era um fofo quando queria e um idiota outras vezes. Não era o que eu esperava.
    Enfim, não tenho intenção de ler A Primeira Chance, assim como o resto da série, mas espero que os próximos volumes sejam melhores.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Eu não gosto de livros desse tipo. Parece cliche demais e não chama a atenção. Pelo visto a maioria das pessoas não gostou muito. S endo assim, eu não estou querendo ler esse livro não.

    ResponderExcluir
  3. Oi Beta :) Estou chorando aqui hahahaha Eu sou muito fã da Abbi Glines e toda a série Rosemary Beach ♥ Eu não li, ainda, o livro e já estou surtando com isso! Eu não queria ler a resenha, tanto que iria pular logo para os comentários e me justificar, mas não teve jeito, a curiosidade venceu, mas por outro lado aconteceu o que eu tanto queria que não acontecesse :( Eu não queria ler resenhas do livro porque tinha muitas expectativas em relação ao livro, esperei tanto por esse livro que você não tem noção, então ao ler as resenhas saberia o que a pessoa havia achado do livro e se fosse ruim minhas expectativas cairiam! Na primeira resenha que li tive sorte, pois só li elogios ao livro, só que agora não tive a mesma sorte! Li coisas que me deixaram em dúvida e diminuíram minhas expectativas (chorando horrores). Acabou que eu mesma me ferrei hahahaha Agora me resta ler o livro e ver o que eu acho, na minha opinião, só espero não me decepcionar assim como você, pois amo a série e a autora, e mais ainda o Grant!

    ResponderExcluir
  4. Eu não conhecia a série e não sou muito fã de romance, mas confesso que eu adorei a sinopse e a resenha. O livro contém um drama que despertou meu interesse em saber como os personagens vão se sair com o andamento da história. Esse livro, pelo menos, me deu vontade de ler. Os antecessores eu já não sei, mas irei dar uma olhada antes de começar a ler.

    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Conheço essa série devido as resenhas que leio.
    Porém nunca li nenhum dos livros, pois não gosto muito do gênero e esse também não chamou minha atenção.
    Há pouco tempo li uma resenha de A primeira chance e também não foi positiva.
    Pena que você que acompanha a série não tenha gostado, tomara que os outros livros que serão lançados sejam melhores.

    ResponderExcluir
  6. Oi, Beta. O gênero erótico é o menos conceituado em minha lista de leitura, a representação da cena de sexo é uma coisa bem normal em livros, principalmente os românticos, mas o que odeio é toda aquela explicação fio a fio em todos os capítulos do livro, e este é um dos motivos pelo o meu desgosto por Abbi Glines. Bom, A Primeira Chance é um livro que me desagrada desde sua sinopse - sem falar desta capa que odiei -, mas conhecendo um pouco mais sobre a história é ainda pior, uma personagem certinha e um rapaz mimizento. Ódio!
    Consumidor de Sonhos | consumidordesonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Não acho que a Harlow seja certinha demais, acho-a tímida, apenas isso. Este foi o volume que mais gostei da série, mas gostos são gostos.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  8. Oi Beta!!! Já li e amo a série Rosemary Beach!!! Não achei tão ruim pra 2 estrelas, mas com certeza absoluta foi o mais fraco da série. Tenho fé que o próximo livro do casal conserte isso, mas as expectativas já diminuíram bastante. Por enqto, Woods reina total e absoluto no meu coração, seguido de Rush e agora Grant. Mas, acho que Mase e Tripp vão ultrapassar o Grant qnd chegar a hora deles kkkkkkkk. E Nate é muito amor!!!! <3

    ResponderExcluir
  9. Sabe eu ja li esse livro faz um bom tempo mas tenho que admitir que senti certa dificuldade em acompanhar a historia devido a intercalação de tempo no começo que me deixou confusa e eu também que admitir que nao conseguir sentir muita ligação com o casal, tinha momentos que eu queria entrar no livro e dizer " gente vamos parar por aqui ok ?" . Eu também queria entender essa mania da Ablli de separar as historias em dois livros quando da tudo em livro só.

    ResponderExcluir
  10. Amei a resenha, parabéns !!

    http://www.focadasnoslivros.blogspot.com.br/2015/11/resenha-eclipse-da-lua-azul.html

    ResponderExcluir
  11. Beta,que pena que a história desse livro da série te desaminou em prosseguir a leitura.É realmente estranho você ter curtido o personagem Grant ,nas outras histórias e quando ele vira protagonista e quando ele vira protagonista não funciona.De repente foi isso mesmo ,uma ideia errada do personagem nos outros livros é bem lógico.Realmente um mimizento com uma certinha demais é uma combinação muito estranha.Pena ter sido uma leitura maçante.Quero saber quem é o fofo do Nate. Mil beijinhos

    ResponderExcluir
  12. Tá aí uma série que eu não tenho o menor interesse em conhecer, apesar de já ouvido e lido diversos elogios à escrita da autora. Esse gênero literário não faz muito o meu estilo, sempre me passa a impressão de que as cenas quentes são o foco da história e personagens que resolvem tudo na cama me dão nos nervos, como tu mesma sentiu. Apesar disso, preciso admitir que as capas são bem interessantes. Essa mistura de passado e presente, apesar de parecer um pouco confuso, é algo que eu acho válido também, nos ambienta na história do casal, neste caso.

    ResponderExcluir
  13. Hello!
    Tenho todos os livro da série Rosemary Beach, comprei tudo nessas promoções baratinhas, mas ainda nao li, hehe.
    Muitas pessoas elogiam a escrita da Abbi Glines e sempre fiquei curiosa, mas esse livro A primeira chance muita gente nao gostou. Não se sentiu torncendo pelo casal e nao foram convercidos do romance.
    Mulher como mto mimimi já é muito chato, mas agora sendo o homem o mimizento é over!
    E se vc sentiu antipática da Harlow no outro livro, ja era meio caminho andado pra nao gostar mesmo da historia deles ne?!
    Eu vou ler a serie toda, entao mesmo com a nota baixa, geralmente costumo ler os livros pra entender melhor tudo, mesmo que nao preste.
    Beijos.

    ♥ Blog Livros e Sushi ♥
    https://livrosesushi.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    Ainda não comecei a ler essa serie da Abbi Glines mas fiquei curiosa depois de ouvir falar do tanto do Rush e ainda quero conhece sua historia mas ainda não sei se pretendo continuar a serie todo principalmente porque já li algumas resenhas de alguns livro e não gostei muito das historias !!

    ResponderExcluir
  15. Não li a série, porém não lerei. Não gosto de livros eróticos e com certeza esse é bem hot, além de que parece ser ruim. A capa eu achei meio estranha.

    ResponderExcluir
  16. Também tenho um caso de amor e ódio com essa série, mas a bendita da escrita dela é viciante. Não sei o que acontece. Acho tudo mais do mesmo, drama demais e sempre a mesma receita, mas é aparecer livro novo e corro pra ler. Esperei demais desse, na esperança de melhorar. Mas é o que disse: cara com mimimi e garota certinha demais. Afê. Não sei nem o que pensar. Mas gosto da escrita xD
    Só....é muito confuso. Difícil saber se indica mesmo, porque é uma série legal, mas tão do mesmo e....ah, vai na fé. Com esses livros é o caso de ler o chato pra não se perder lendo os outros.

    ResponderExcluir

Comente, ficarei muito feliz em saber sua opinião!!!