Resenha #283 - O Leão Ferido - Mia Sheridan - Arqueiro


Título: O Leão Ferido
Autor (a): Mia Sheridan
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788580414899
Ano: 2016
Páginas: 240


Onde Comprar: Amazon.comSaraiva

- Livro recebido em parceria com a Editora

Sinopse: Leo se apaixonou por Evie quando os dois ainda eram crianças, no lar adotivo temporário em que viviam. No futuro difícil que parecia guardado para ele, a única certeza de seu coração era que nada jamais o afastaria daquela garota.
Mas, na adolescência, ele foi adotado e teve que se mudar para outra cidade. Durante oito anos eles ficaram afastados contra a vontade e, nesse tempo, Leo precisou superar muitos obstáculos – sobretudo os problemas criados pela mãe adotiva – para se tornar o homem que merecesse Evie e pudesse finalmente buscá-la.
O reencontro, porém, não foi fácil e Leo teve que se esforçar para se reaproximar de Evie, reconquistar seu amor e, com sua ajuda, deixar para trás toda a tristeza de uma infância de abandono.
Em O Coração do Leão, Evie narrou seu lado desse romance. Agora, em O Leão Ferido, é a vez de Leo contar tudo o que lhe aconteceu e revelar o desfecho dessa história de amor.
"Acho que quase cem por cento da certeza de ser o melhor se refere à autoconfiança. Você pode até desconfiar que é o melhor, pode ter esperança de ser o melhor, mas se não tiver coragem para se declarar o melhor, em letras garrafais em uma embalagem, e deixar que os críticos se atrevam a testá-lo, então você provavelmente não é o melhor."

Hoje trago a vocês a resenha de O Leão Ferido terceiro livro da série Signos do Amor. Como já deu para perceber eu gostei muito da narrativa de Mia Sheridan. Ela é envolvente, bem construída, fácil. Seus livros são tão gostosos de ler que nem percebemos o tempo passar.

Agora vocês devem estar se perguntando, se ela gosta tanto assim dos livros, porque então somente três estrelas para O Leão Ferido?

Pois é gente, O Leão Ferido para quem ainda não sabe é a versão de O coração do Leão na visão de Jake e Leo, e como li os dois livros na sequência foi como se eu estivesse relendo o primeiro. Salvo as cenas do passado de Jake e de Leo, onde descobrimos mais dos personagens, e começamos a entender o que de fato aconteceu com Leo, a história é praticamente a mesma, as cenas são as mesmas e os diálogos também.

Mas porque isso me chateou? Eu já li outros livros que trazem o ponto de vista do outro protagonista, e só me lembro de um que não me decepcionou. Estou falando de Desastre Iminente, nesse livro a autora conseguiu realmente dar um toque diferente na história, o protagonista não narrou às mesmas cenas, algumas das cenas do primeiro livro nem apareceram no segundo, e eu entendi perfeitamente, nem sempre o que é importante para um personagem é importante para o outro.

Escrever uma versão de um livro pelos olhos de outro narrador exige muita habilidade. Acredito que foi uma infelicidade minha ler os dois livros na sequência, se tivesse dado uma pausa entre as leituras minha visão poderia ser diferente. Eu sei que se conselho fosse bom, não se dava se vendia, mas mesmo assim vou deixar um aqui: Não cometa o mesmo erro que eu, não leia os dois livros na sequência, a leitura poderá se tornar monótona, e esse livro é muito gostoso de ler.

Porque falo isso? Não é pela necessidade de vender o livro ou somente para recomendar a leitura. Mia Sheridan é uma ótima escritora e seus personagens são cativantes, bem construídos. Suas histórias carregam o toque certo de desespero, drama e romance. Fato é que eu estou louca pra continuar lendo a série. Conhecer mais personagens marcantes e me deliciar com a narrativa da escritora.

Apesar de já conhecer a história, saber o que na verdade aconteceu com o Leo, como aconteceu, quais foram os motivos que o levaram a se afastar de Evie e não procurar mais por ela, foi recompensador. Leo foi uma criança que teve uma infância difícil e isso não melhorou após ser adotado, ele passou a sofrer outro tipo de abuso, não tem como não ficar tocada com sua história.

Alguns capítulos finais do livro são narrados por Evie, eu estranhei um pouco a mudança brusca de narrador, mais não posso dizer que isso interferiu na compreensão da história. Mas seria melhor que Leo terminasse a narrativa do livro.

Eu gosto de verdade da maneira como Mia consegue envolver o leitor com sua narrativa, suas histórias emocionantes em um mundo que não é perfeito, suas histórias valem a pena serem lidas.

"Hoje em dia percebo que há muitos caminhos na vida. Alguns deles nós escolhemos. Outros são escolhidos por nós, Tive minha parcela de culpa, como acontece com todo mundo, e também fiz algumas péssimas escolhas. Tenho que assumir a responsabilidade por isso. Mas a única coisa que conseguimos ao ficar cogitando o que seria da nossa vida se tivéssemos escolhido outro caminho é chegar a perguntas sem respostas e a uma tristeza que não pode ser curada. Não importa como chegamos onde estamos, tudo o que podemos fazer é seguir desse ponto em frente."




12 comentários:

  1. Oi Patty,
    Para mim foi maravilhoso a maneira como a Jamie McGuire escreveu "Desastre iminente", é uma pena que o livro da Mia não tenha causado o mesmo efeito. Achei estranho ter essa mudança brusca na narrativa nos capítulos finais O.o, agora já sei que é bom fazer uma pausa entre o livro anterior e esse.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  2. Posso compreender porque deu três estrelas ao livro, livros que narram uma mesma história por narradores diferentes podem se tornar monótomos ou não emocionar como deveriam se lidos em sequência, muitas vezes prefiro que a narrativa seja dividida entre os dois personagens em um único livro, evita situações como a sua.
    Leo parece ter sofrido muito e acho que será impossível não me tocar com a histórias dos personagens, quero muito ver qual será o próximo livro dessa série a sair e também estou curiosa para ver o que a autora reserva para o signo de peixes, que é o meu.
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Eu confesso que também não sou fã de livros que são apenas uma releitura do anterior com o ponto de vista de outro personagem. Sempre acho que fica repetitivo e que não acrescenta nada, com a exceção de Desastre Iminente, que adorei. Porém, essa série está me encantando e depois de todos os elogios que vi aqui, foi direto para os meus desejados.

    www.nemteconto.org

    ResponderExcluir
  4. Sabe toda vez que eu sei que tem um livro com duas versões da mesma historia eu procuro como você disse dar um tempo para depois pegar de novo o livro com a outra versão. Pra não ficar com a impressão que você teve. Eu quero ler do mesmo jeito o livro, mas vou dar um tempo entre eles.

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Quero muito ler essa serie da Mia Sheridan, gosto muito quando os autores escrevem livros do ponto de vista do mocinha e o Leo e um personagem que me deixou bem curiosa por isso achei legal temos esse livro dele no qual podemos entender suas atitudes !!

    ResponderExcluir
  6. Amei a sinopse, fiquei meio que intrigada, estava pensando em ler os dois na sequencia, mas como não quero decepções, vou dar um espaço

    ResponderExcluir
  7. Oi tudo bem?
    As vezes não dá certo quando os autores fazem duas versões de uma história,
    ocorre de, no primeiro você amar e na outra versão não curti tanto, pois pode ser que só contem a mesma coisa no outro ponto de vista, então fico um pouco receosa. Se um dia eu chegar a ler farei isso e darei um tempo para ler o próximo, quero muito ler o do meu signo, aquário. Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Tenho certa neura com livros de ponto de vista assim. Só se tiver gostado e muito do primeiro e sentir que o outro personagem precisa de uma visão própria é que curto esse tipo de livro. Não sei se esse agradaria, mas é interessante ler logo após o outro pra ter uma ideia geral da história dos personagens. Complementar. Espero estar lendo também.

    ResponderExcluir
  9. Tenho muito interesse em ler os livros da série Signos do Amor. Creio que irei gostar da narrativa da Mia, assim como tu também gostou. <3
    Eu só não curti o fato da história mudar de narrador, do nada. Espero que esse detalhe não torne o livro menos interessante.

    ResponderExcluir
  10. Geralmente eu também não gosto de um livro que conta a mesma história, só que com a perspectiva de um outro personagem. Pois dificilmente o(a) autor(a)consegue colocar algo de inovador, e a leitura acaba se tornando monótona. Como eu pretendo ler essa série, vou seguir a sua dica e não vou ler um depois do outro. Beijo!

    ResponderExcluir
  11. A autora Jamie McGuire realmente é espetacular. É uma pena saber que não te agradou, mas confesso que teria a mesma opinião. Não sei o que acontece, mas não gosto de reler um livro, pois acho que não tem a mesma "magia". Enfim, espero que os outros livros te agradem mais.

    ResponderExcluir
  12. Entendi as três estrelas, como todos os livros, existem pontos positivos e negativos, nada que impeça a leitura, é claro, mas a gente vai ler com outra visão.

    ResponderExcluir

Comente, ficarei muito feliz em saber sua opinião!!!