Resenha #291 - Três Chances - Desejos #2 - Alexandra Bullen - Galera Record


Título: Três Chances
#Desejos Volume 2
Autor (a): Alexandra Bullen
Editora: Galera Record
ISBN: 9788501086945
Ano: 2016
Páginas: 304


- Livro recebido em parceria com a editora


Sinopse: Três chances traz mais uma aventura com vestidos mágicos, numa mistura de Cinderela e Aladdin, recheada com romance e uma protagonista singular.Hazel sempre esteve sozinha. Abandonada pela mãe ainda bebê, ela foi mandada de lar em lar por toda a vida. Mas ao completar dezoito anos, o destino lhe preparou uma surpresa. Presenteada com vestidos mágicos, Hazel tem direito a três desejos. E tudo o que ela mais deseja é conhecer sua mãe.
É assim que a garota é transportada para o passado, numa chance única de mudar seu destino, se apaixonar perdidamente, e criar laços de amor com sua família. Mas para que possa refazer a história sem prejudicar seu futuro, Hazel precisa saber exatamente que desejos fazer.

Era um vestido que fora perdido por aquelas que não precisavam mais dele, e que esperava para ser encontrado por uma garota que precisasse. Uma que necessitasse de uma segunda chance, ou da coragem para transformar seus sonhos em realidade.
Uma garota com um desejo em seu coração.

Imagine se fosse lhe dada à oportunidade de mudar algumas coisas em seu passado, conhecer pessoas e influenciar em suas escolhas, e se isso de alguma forma mudasse o seu futuro. Será que você realmente faria as escolhas que hipoteticamente vive sonhando em fazer?

Será que você escolheria outra vida?

Três desejos. Três chances para mudar seu destino. É exatamente isso que Hazel ganhou quando entrou pela porta do Ateliê Mariposa Missionária.

Posey está de volta para ajudar uma garota que realmente precisa. Três vestidos, três desejos. Nem tudo saíra como Hazel sonhou, porém ela ganhará uma nova perspectiva sobre sua vida, sua família, e seu presente, e isso é o que realmente importa.

Três Chances é o segundo livro da série Desejos escrita por Alexandra Buller, o primeiro também foi resenhado aqui no CdT, clique aqui para ler a resenha. Antes de tudo é bom deixar claro que apesar de fazer parte de uma mesma série, os livros são totalmente independentes, a única ligação entre eles é Posey e seus vestidos mágicos.

Era injusto, Hazel sabia. Mas ela nem pensava mais em termos de justiça. Já não sabia mais o que era justo. Quando cada um dos dias encontrava novas e incríveis maneiras de te desapontar, você acaba esperando pela decepção.

Hazel acabou de completar 18 anos, tendo sido abandonada quando pequena por sua mãe biológica, e sua mãe adotiva ter morrido logo após tê-la adotado, Hazel passou boa parte de sua vida em vários lares adotivos. Hoje ela mora com o seu meio-que-padrasto, Roy. Ele era marido de sua mãe adotiva, e passou por problemas sérios com a morte da esposa. Mas desde que chamara Hazel para voltar a morar com ele a mais de um ano, ele estava sóbrio. Porém, isso não apagara o fato dele ter deixado Hazel três vezes com completos estranhos. E isso a fizera mudar oito vezes de escola, além das inúmeras despedidas de amigos que hoje ela não fazia mais questão de cultivar.

Ao completar 18 anos Hazel recebeu de seu padrasto um envelope com a caligrafia de Wendy (sua mãe adotiva), que dizia "Entregar a Hazel sem seu 18º aniversário". Dentro do envelope estava sua certidão de nascimento e o nome de sua mãe biológica. Rosanna Scott.

Uma pequena pesquisa na internet fez com que Hazel descobrisse que sua mãe biológica teria um jantar beneficente perto de sua casa, e isso foi o que motivou Hazel a entrar no Atelia Mariposa Missionária, ela precisava que o único vestido que conseguirá comprar em um brechó fosse consertado. O que Hazel não esperava é que sua vida iria passar por grandes transformações. Posey mais uma vez iria ajudar uma garota perdida a reencontrar seu caminho.

Ao descobrir que o jantar beneficente se tratava na verdade do velório de sua mãe biológica Hazel só consegue pensar em como gostaria de tê-la conhecido antes de tudo aquilo.

Cuidado com o que se pede.

O primeiro desejo de Hazel se torna realidade e ela é transportada para o ano do seu nascimento. Para uma cidade diferente, tendo consigo somente mais dois vestidos, e mais dois desejos. Hazel tem a oportunidade de conhecer pessoas, se aproximar de Rosanna Scott e descobrir a sua origem. Nem tudo é preto no branco e Hazel descobre muito coisas, a mais importante delas é que Rosanna Scott não é sua mãe. Mas sim ela tem a oportunidade de conhecer seus pais biológicos antes de seu nascimento. E essa convivência acaba alterando seu futuro; não da forma como ela gostaria, mas com certeza seu futuro é alterado de forma grandiosa.

Sabe aqueles livros fofos, que fazem com que nós fiquemos grudados em suas páginas, e por mais que a história não seja tão elaborada, ela é bem escrita e flui de maneira mais que agradável? Esse é o tipo de livro escrito por Alexandra. Três Chances é um livro gostoso e fácil de ler.

E mesmo sendo um livro infantojuvenil ele aborda temas complexos, como o abandono de um filho para a adoção, algo que nos USA funciona de uma maneira diferente do que estamos acostumados no Brasil. É comum pessoas receberem ajuda do governo para tomar conta de jovens que foram abandonados por seus pais. E nem sempre o nível de comprometimento dessas pessoas é para com as crianças e sim com o dinheiro que recebem.

Eu li o primeiro livro da série motivada pela capa, adorei os detalhes das borboletas em vinil na capa. Eu confesso que não é um motivo muito nobre. Mas eu gostei da escrita da autora, e não consegui ficar longe do segundo livro. Tudo bem que ele também tem borboletas em vinil na capa, mas realmente esse não foi o que me motivou a ler.

Três Chances é um livro cativante, não traz uma história que vai mudar a vida de alguém, mas é claro que serve como um ótimo entretenimento. É gostoso de ler, tem personagens marcantes e uma história envolvente. Não tem como não torcer pelo futuro de Hazel, e é gostoso acompanhar o amadurecimento da personagem, e o quanto ela acaba se tornando grata pelas pessoas que fazem parte de sua vida.

Querida Hazel,
Como você provavelmente já notou, o vestido que lhe entreguei não é o mesmo que você trouxe à loja. Foi um vestido feito especialmente para você, e ele tem o poder de atender a um pedido.
Pedido que, se estiver lendo isto, você já fez.
Neste caso, você vai encontrar mais dois vestidos, cada um deles com o mesmo poder de realizar desejos.
Eis as regras:
Nadas de falar sobre os desejos. (É para o seu próprio bem. Nada descreve ‘maluca’ melhor do que uma menina que acha que usa vestidos mágicos.)
Um vestido, um desejo. (E uma vez que já tiver feito um desejo com um deles, o mesmo vira apenas um vestido.)
Nada de repetir desejos (Que-té-dio.)
Nada de fazer desejos pelo universo todo. (Eu também adoraria alimentar os que tem fome, mas não é esse tipo de magia.)
Nada de desejar por mais desejos. (Duh.)
E, por último, esses desejos foram concedidos a você porque você merece. Então use-os com cuidado e de todo coração. Esses são os únicos pedidos que contam.
Eu te desejo o melhor!
(Desculpe… não deu para evitar.).
Posey

12 comentários:

  1. Achei a capa linda! E mesmo quando o segundo livro pode ser lido fora de ordem, por não ter tanta relação com o primeiro na minha cabeça eu tenho que ler na ordem hahaha

    ResponderExcluir
  2. Achei interessante por dois motivos: primeiro por se tratar de uma princesa que parece não ser descrita como perfeita, segundo por citar desejos: acho tão interessante, como algo que queremos pode não ser o certo e teremos a consequência, a resenha me fez acreditar mais no livro, gosto de personagens marcantes e de torcer pelos personagens em suas ''burradas'', ansiosa para ler

    ResponderExcluir
  3. Ainda não li aquele primeiro e já foi lançado outro =/
    Mas o que achei legal é ser histórias independentes. Se não conseguir pegar um ainda dá pra ler o outro sem muita coisa perdida.
    Mas quero ler esses dois. As histórias são boas. Esse parece estar bem fofo, uma nova trama gostosa de ler e essa escrita dela é elogiada, quero conferir pra ver se é viciante assim mesmo.

    ResponderExcluir
  4. Só havia visto a capa desse livor até agora, mas nunca cheguei a ler a sinopse e nem fazia ideia de que era parte de uma série. A proposta dos desejos é até que legal, mas não me chamou muita atenção, ao menos por agora.
    Abraços

    ResponderExcluir
  5. Essa capa é realmente muito bonita. Não te julgo porque eu também seria dessas que compraria esses livros só pela capa kkk Fui descobrir essa série através desse segundo livro, vi que a Record ia lançar e fui procurar saber sobre o que se tratava, dai vi que eram sobre desejos e eu simplismente amo livros que envolvem esse tipo de fantasia, ainda mais envolvendo vestidos. Fui procurar o primeiro e a capa também é perfeita. Com certeza, os dois entrarão na minha wish list. Agora to mais doida ainda para lê-los. *-*

    ResponderExcluir
  6. Estou apaixonada por essa capa.
    E eu certamente necessito de um desses vestidos.
    Gostei bastante do enredo descrito na resenha, o livro parece ser muito bom, e apesar de não fazer muito meu gênero literário, eu Vou com certeza da uma oportunidade a essa obra.
    Gostei bastante desse fundo, tipo conto de fadas readaptados.
    Uma menina tão jovem, passar por tantas coisas deve ser extremamente difícil.
    Gostei de saber que os livros podem ser lidos de maneira independente, por que quero com certeza começar com esse.
    Boa Tarde.

    ResponderExcluir
  7. Olá, Patty!

    Li sua resenha e senti vontade de ler o livro. De tê-lo pra usar naquele momento em que a gente precisa de um livro leve, pra ler, talvez, entre outros mais pesados. É esse tipo de leitura? Leve e divertida, daquele tipo que a gente não vê o tempo passar?

    Bj


    http://revelandosentimentos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi Patty!
    Tava doida para ler a série, acho as capas lindas! Mas de ler a sua resenha não sabia que poderia ler a partir de "Três desejos", que não iria me perder na história.
    Me interessei desde o começo por ser um livro de fantasia, com toques de contos de fadas, gostei do enredo e fiquei curiosa para saber os outros desejos da personagem.
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Oi!
    Quero muito ler Três Chances, parece aquele tipo de livro sessão da tarde, leve e com uma historia que nos agrada, gostei da historia e fiquei curiosa para saber como esses eventos vão mudar a vida da Hazel e mais sobre essa jornada no passado dela, também gostei dos temas que a autora aborda e adorei a capa é linda !!

    ResponderExcluir
  10. A capa é linda. Não conhecia o primeiro livro e nem esse mas assim que comecei a ler sua resenha corri para colocar na minha lista, com certeza parece uma história bem fofa e envolvente, a sua resenha me conquistou, obrigado.

    ResponderExcluir
  11. Um conto de fadas moderno e mais real, com personagens que tem problemas sérios, aquela leitura para entreter mesmo como você disse, e que mesmo assim prende o leitor que fica querendo saber o que acontecerá, aquele livro Sessão da Tarde, para passar o tempo e nos fazer prestar atenção, leitura perfeita para sair daquela ressaca de uma leitura mais densa, Hazel é uma personagem que terá um crescimento e mudanças, vai poder realizar seus desejos, mas não é algo ruim, no fim das contas pode ser bom, para que ela amadureça e perceba a importância do que tem, livro válido, um dia talvez dê uma chance.

    ResponderExcluir
  12. Quando eu vi a capa já pensei em um romance histórico, ou algo semelhante a Seleção. Mas não tem nada a ver.
    Gostei muito dessa coisa de desejos, deve render momentos hilários.
    Não os conhecia, mas já quero.

    ResponderExcluir

Comente, ficarei muito feliz em saber sua opinião!!!