Resenha #297 - Profundo - Caroline e West #1 - Robin York - Editora Arqueiro


Título: Profundo
Caroline e West #1
Autor (a): Robin York
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788580415179
Ano: 2016
Páginas: 320


- Livro recebido em parceria com a editora


Sinopse: Caroline Piasecki vê sua vida se transformar em um pesadelo quando o ex-namorado espalha fotos dela nua na internet. De uma hora para outra, sua reputação é arruinada e o futuro promissor que a aguardaria após a faculdade já não parece tão garantido. Desesperada, ela tenta fazer com que as imagens sumam da rede e, ao mesmo tempo, procura se defender da multidão de pessoas que a julgam.
Um dia, quando um cara que ela mal conhece sai em sua defesa e dá uma surra em seu ex-namorado, tudo muda. À primeira vista, West Leavitt é a última pessoa de quem Caroline deveria se aproximar – ele tem um ar sombrio e ganha a vida de forma ilícita. Ela, por sua vez, é o tipo de garota que West sempre tentou evitar. Rica e privilegiada, jamais entenderia as dificuldades pelas quais ele já passou.
Mesmo com todas as diferenças, os dois se tornam amigos. Com Caroline, West sente que fará de tudo para ser um homem melhor, e ela encontra nele a força para reagir. Quando parece impossível resistir à paixão avassaladora, West e Caroline descobrem que às vezes a única opção que resta é ir mais fundo.

"Garotas como eu - ou como eu era em agosto passado - se alimentam de aprovação. Nós vivemos para isso. Então, quando somos atacadas cruelmente por um cara que faz tudo o que pode para que nos sintamos sujas e repugnantes, nossa primeira reação é sempre assumir a culpa.
Minha culpa, dizemos. Minha culpa, minha culpa, minha culpa. " Caroline

Profundo é o primeiro livro da duologia de Robin York, é um New Adult que tem como tem como foco tornar público ou pelo menos incitar a discussão sobre um assunto polêmico: "vingança pornô "ou "pornografia não consensual". A autora quer chamar a atenção do poder público para que esse tipo de abuso seja tratado como crime nos USA.

O livro traz a história de Caroline uma garota de classe alta, que sempre buscou a aprovação das pessoas, sendo a filha mais nova de três irmãs e criada somente pelo pai, uma vez que a mãe faleceu quando Caroline era criança. Ela tenta ser a garota perfeita, aquele tipo de menina que já tem o futuro planejado, que sabe o que quer e sabe o que precisa fazer para alcançar seus objetivos. Caroline pretende ingressar na carreira pública, irá se candidatar para uma faculdade de Direito, e quer arrumar um bom programa de estágio.

Porém, Caroline vê seus sonhos escorrerem por seus dedos, quando seu ex-namorado publica na internet fotos de Caroline nua. Para Caroline o fim do relacionamento de três anos teria sido amigável, ela simplesmente optou pelo término do namoro para poder se dedicar aos estudos. Nate era ciente do que a publicação das imagens provocaria na vida de Caroline, e abusou da confiança que ela depositou nele em um momento de intimidade.

Caroline decide meio que ignorar o acontecimento, tenta de todas as formas apagar o conteúdo dos sites em que as imagens aparecem, mas não confronta o ex e muito menos conta para a família o que está acontecendo, ela acredita que se fizer passar desapercebida pelos corredores da faculdade as pessoas logo esqueceram que a viram nua, em posições comprometedoras. Porém, por mais que Caroline tente é nítido as consequências que essa exposição tem em sua vida. Ela passa a sentir medo e ter ataques de ansiedade, e passa a evitar interagir com as pessoas. Vozes com os piores tipos de comentários preenchem sua mente, ela se sente perseguida por fantasmas, homens sem nomes e rostos que a agridem e ameaçam pela internet.

Sabe quando nada mais pode dar errado? Aquele momento que você se sente no fundo do poço? Aquele momento que você acredita não poder descer mais? Eu tenho a tendência de agradecer momentos assim, pois eles na maioria das vezes é o preludio para mudanças. Quando não tem como ficar pior é que as coisas começam a melhorar. E é justamente nesse momento que West aparece na vida de Caroline. West é um rapaz com pinta de badboy que trabalha em três empregos, além de traficar maconha para os alunos da faculdade.

West e Caroline interagiram apenas uma vez e foi quando o rapaz chegou na faculdade, como West não despertou muita simpatia no pai de Caroline, ela resolveu se manter afastada do badboy, isso até ela ouvir rumores que West teria batido em Nate por causa dela. Esse acontecimento é o estopim para que uma relação de amizade meio torta floresça. A princípio os dois decidem não serem amigos, não terem nenhum tipo de relação, como se isso fosse possível.

"Amor é o que acaba com as pessoas. Amor é ressaca, é contracorrente" West

West esconde segredos, é como se ele representasse um papel na faculdade. O West que Caroline conhece é totalmente diferente daquele nascido e criado em um lar disforme, aquele que desde cedo sentiu a necessidade de fazer o papel de o homem da casa, que possui a mania de querer consertar tudo e todos. Os planos de West não incluem uma namorada, até ele conseguir o que quer para seu futuro ele optou por não amar ninguém, ele precisa construir um futuro diferente para sua irmã mais nova, ele quer tirá-la do estacionamento de trailers onde ela mora com a mãe e seu novo namorado. E ele não vai poupar esforços para conseguir ingressar na faculdade de medicina.

O improvável, mas nem tanto assim, acontece. West e Caroline se apaixonam. Com West ao seu lado, mesmo de um jeito torto, Caroline começa a tomar novamente as rédeas de sua vida. Percebemos o quanto nossa protagonista amadurece em relação aos seus sentimentos, a seus desejos. O quanto ela pondera sobre a sua "falha" e como isso está emaranhado com sua relação com West. 

Não posso me abster de dizer que apesar do livro ter como pano de fundo um assunto polêmico, ele só serve de estopim para os acontecimentos seguintes. Pouco de fala sobre o assunto no decorrer do livro, somente nos capítulos finais que a autora volta com ele à tona. Basicamente o livro fala sobre o relacionamento ou a tentativa de relacionamento entre West e Caroline, e sinceramente isso me cansou um pouco. A leitura ficou meio amarada, eu demorei horrores para concluir na leitura. Sabe quando nada acontece no livro, quando o assunto não desenrola?

O livro é narrado em primeira pessoa, e os capítulos intercalados entre Caroline e West, eu particularmente gosto muito desse tipo de narrativa. A autora escreve de forma consistente e desenvolveu muito bem seus personagens, acredito que o que ocasionou a demora na conclusão da leitura foi estilo de escrita da autora, os personagens divagam muito e a autora acabou enrolando demais para colocar um pouco de ação no livro. Diferente de outros livros que seguem a mesma linha, Profundo não é repleto de cenas de sexo, a conexão dos personagens foi gradual, o que faz a relação ser mais "profunda" e verdadeira.

Apesar da leitura arrastada eu gostei do desfecho do livro e apoio a causa da autora. O que você faz entre quatro paredes, tem que ficar entre as quatro paredes. Uma exposição como a que a Caroline sofreu pode acabar com a vida de uma pessoa. Nada mais justo que esse tipo de abuso seja punido com o rigor da lei.

Estou esperançosa para que a leitura de “Intenso”, segundo livro da duologia, seja mais fluída. A história de West tem tudo para ser muito empolgante.
"E se você for atrás do amor da sua vida e ele te ferrar? E se não for e você perceber que já está ferrado?
E se não houver resposta certa? Apenas você. a garota que você ama e seu medo...
(...) Eu fugi do mais fundo, mas nunca pensei muito na alternativa.
Nada ou mais fundo,
A escolha que eu deveria fazer.
Que tipo de babaca escolhe o nada?



21 comentários:

  1. Poxa, estava querendo ler, mas confesso para ti que não gosto muito de leitura arrastadas, me dá um tédio sem fim....mas ainda querendo ler, pois o assunto é meio novo para ser abordado, né? achei legal a autora querer chamar a atenção para essa causa
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Nossa, vi tanta resenha elogiando horrores. É a primeira que vejo falando que é arrastado... Fiquei com medo de ter isso lendo esse livro.
    Mas o tema já me deixou meio pé atrás na primeira vez que vi. Não gostei muito. É um negócio que nem gosto de pensar que acontece com alguém, é tão ruim...
    Vendo explicação depois e o porque do tal livro até que me convenceu a ler, acabei achando a proposta legal. Só que agora desanimou. E se for arrastado pra mim também? É...vou arrastar é essa leitura mais pra frente, agora não.
    Acho que o segundo é melhor, vi muitos elogios pra esse e gente dizendo que era melhor que o primeiro. Boa sorte.

    ResponderExcluir
  3. Já ouvi falar muito bem desse livro e da continuação dele, tenho muita curiosidade de ler eles, espero que em breve possa ler.

    ResponderExcluir
  4. Confesso que não gostei nem um pouco da leitura arrastada, livros assim me dão uma preguiça tremenda pra termina-los. Eu ahora nao sei mesmo que esperar desse livro, sim tenho uma noção do enredo graças a sua resenha mas minha reação a ele é que eu nao sei, bem acho que sou descobrir quando eu ler né ? Obrigada pela resenha.

    ResponderExcluir
  5. Oi Patty!
    Que pena que vc achou arrastado, isso é bem chato. Eu continuo querendo ler pq achei o tema interessante e diferente. Gostei de saber sobre o casal se aproximar aos poucos pq gosto qnd o romance é construído devagar. E concordo com vc e tb abraço a causa da autora, esse é um assunto muito sério. Vou comprar os 2 livros de uma vez pra ler seguido kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  6. Achei bem bacana o objetivo do livro mesmo sendo erótico, mas fiquei bastante decepcionada ao ser que o autor não conseguiu entregar o que prometeu, só de saber que a leitura é arrastada me da um desanimo... pois gosto de histórias que são emocionante a cada página, tomara que o 2° livro seja melhor

    ResponderExcluir
  7. Confesso que quando vi esse livro de primeiro não me interessei muito por achar que era mais um new adult clichê, mas depois de ler a sua resenha fiquei com vontade de ler e saber mais sobre a história. Nunca li um livro cujo tema fosse esse da pessoa ter suas fotos íntimas jogadas na internet, mas acho que vou gostar bastante. E fora que o protagonista é revoltado e pelo visto bad boy, quem não gosta deles, não é mesmo? Kkkk vou adicionar o livro aos meu desejados com certeza! Ótima resenha!

    ResponderExcluir
  8. Oi Patty!
    Ganhei essa duologia e estou só esperando chegar pra conhecer essa trama que me parece bem promissora.
    Também gosto muito quando a narrativa é intercalada entre os personagens. O assunto abordado pela autora foi o que mais me deixou curiosa. Quero saber como vai ser pra Caroline passar por toda essa situação e qual a importância de West nessa história. É uma pena que a leitura seja um pouco lenta, espero que isso não me atrapalhe durante a leitura já que gosto quando são mais dinâmicas e fluídas.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  9. Oi,
    Eu achei que o assunto da pornografia bom, mas que pena que não é tão abordado. Acho um saco quando a leitura fica arrastada, parece que começa a ler por obrigação, pois já começou a ler ai tem que terminar. Pra mim o livro tinha tudo pra dar certo.

    ResponderExcluir
  10. Patty,quero muto ler essa duologia que traz um tema ,a vingança pornô que é muito comum hoje em dia infelizmente e faz muitas vítimas.Quero muito conferir de perto a história gradual de amor que surge entre West e Caroline.Achei interessante a personagem tentar passar desapercebida ,achando que as pessoas logo passariam desapercebida,achando que as pessoas logo esqueceriam,mas claro que não dá certo e as pessoas começam a perseguição.O personagem West também possui pontos que chamaram minha atenção como traficar maconha e ao mesmo tempo sonhar em seguir Medicina.Gostei de saber que a narrativa é intercalada entre os dois personagens,legal não ter tantas cenas de sexo e o amor ser construído de forma gradual.Amei o quete de West sobre amor.Beijos!!!

    ResponderExcluir
  11. Oi Patty!
    Já tinha visto esse livro por ai, mas não sabia do que se tratava. Apesar de gostar de NA, acho que não lerei esse livro, apesar do plano de fundo ser uma assunto atual como pornografia não consensual e eu até hoje não ter lido nenhum livro que trate do assunto, pelo que você disse ele fica em segundo plano em função da relação entre West e Caroline. Não tenho nada contra isso, mais mesmo assim não consegui me conectar com o enredo pelo que você descreveu.
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Hey, tudo bom?
    Conhecia o livro apenas pela capa, não sabia detalhes sobre o enredo. Confesso que no inicio da resenha fiquei bem empolgada para lê-lo, porém o ponto negativo que você ressaltou me deixou um pouco insegura com relação a leitura.

    ResponderExcluir
  13. Oi!
    Assim que vi esse livro no lançamento fiquei bem interessada nessa historia e lendo a resenha gostei da historia principalmente o tema que a autora aborda e desse casal e como o West ajuda a Caroline, se tiver oportunidade quero ler esse livro !!

    ResponderExcluir
  14. Já faz um tempinho que conheci o livro, mais ainda não tinha visto nenhuma resenha sobre ele, e eu amei, mesmo vc dizendo que a leitura ficou meio amarrada eu ainda quero ler, ver a confusão que essas fotos causaram para Caroline.
    Abçs :)

    ResponderExcluir
  15. Oi Patty.
    Eu amei a resenha, ja li diversas resenhas sobre esse livro e Confesso que cada vez mais minha curiosidade aumenta, eu gostei da premissa do livro, esse tema polêmico, deu uma visão mais interessante da obra.
    Nosso mocinho já despertou minha paixão kkk. Achei a mocinha bem forte.
    Gostei bastante.
    Boa Noite.

    ResponderExcluir
  16. Fiquei interessada pelos dois livros desde o lançamento deles pela Arqueiro. Acabei deixando pra depois pq estava com vários outros livros em mente, mas pretendo comprá-los.
    Achei esse livro super bacana por retratar uma situação que acontece com várias mulheres ao redor do mundo. Infelizmente tem sido cada vez mais frequente esses casos na internet e é algo que me entristece demais da conta.
    Espero poder ler esse e o segundo livro o mais rápido possível. É uma pena que a leitura tenha sido arrastada para você :(
    Bjos...

    ResponderExcluir
  17. Oi, este ema tem sim que ser trazido a tona já que infelizmente muitas mulheres tem sido vítimas desta situação, sempre somos exibidas como troféus e os comentários que se seguem são de puro desprezo e ódio, falta na sociedade nos enxergar como vítimas falta o discurso de compaixão e amor, e pena que o livro não focou nesse aspecto, eu gosto de romances, mas a personagem começar a mudar por conta de um outro relacionamento é meio broxante para mim, não sou feminista nem nada mas a mudança tem que acontecer como uma forma de aceitação e como mudança de perspectiva, é claro que um novo alguém ajuda no processo mas não tem que ser o estopim.
    beijos

    ResponderExcluir
  18. Oi Patty.
    Gostei bastante da sinopse do livro. infelizmente é algo que acontece atualmente. As pessoas, principalmente os jovens, precisam ser mais cuidadosos e evitar fazer fotos ou videos em seus momentos íntimos. Nós nunca sabemos como a outra pessoa irá reagir depois de um término, sendo amigável ou não.
    Que pena que a leitura foi um pouco arrastada. Geralmente a narrativa torna-se mais dinâmica quando é intercalada entre duas pessoa.

    ResponderExcluir
  19. Olá,
    Desde o lançamento, fiquei bem ansiosa para ler esse livro. Achei o tema bem interessante e diferente de tudo que já li.
    Pena que a leitura não foi tão fluida pra voce e pensei que a autora iria expor bastante o tema. Mas ainda sim, espero ler em breve!

    ResponderExcluir
  20. OLá, Patty!

    Gostei desse livro, mas achei o segundo de fato mais bacana. Gostei principalmente por ser duologia, ou seja, a gente conhece mais da história mas não fica presa na espera por muitas continuações.

    beijo

    ResponderExcluir
  21. Fiquei muito interessada, mas achei que a Caroline seria bem mimada, pelo que você contou até que não né, e se ela vai amadurecendo melhor ainda.
    O tema é bem polêmico, e tem acontecido bastante, acho até importante lermos para entendermos melhor como e o que fazer caso algo parecido aconteça. Lembro que uma moça se matou nos EUA por conta dessas fotos íntimas compartilhadas na net. Muito triste.
    Vou querer ler a duologia com certeza, e fiquei curiosa pra saber mais sobre o West.
    bjss

    ResponderExcluir

Comente, ficarei muito feliz em saber sua opinião!!!