Resenha #355 - A Fúria e a Aurora - Renée Ahdieh - Globo Alt



Título: A Fúria e a Aurora
Autor (a): Renée Ahdieh
Editora: Globo Alt
ISBN: 9788525060358
Ano: 2016
Páginas: 336


- Livro recebido em parceria com a editora


Comprar - Amazon


Sinopse: Personagem central da história, a jovem Sherazade se candidata ao posto de noiva de Khalid Ibn Al-Rashid, o rei de Khorasan, de 18 anos de idade, considerado um monstro pelos moradores da cidade por ele governada. Casando-se todos os dias com uma mulher diferente, o califa degola as eleitas a cada amanhecer. Depois de uma fila de garotas assassinadas no castelo, e inúmeras famílias desoladas, Sherazade perde uma de suas melhores amigas, Shiva, uma das vítimas fatais de Khalid. Em nome da forte amizade entre ambas, Sherazade planeja uma vingança para colocar fim às atrocidades do atual reinado.
Noite após noite, Sherazade seduz o rei, tecendo histórias que encantam e que garantem sua sobrevivência, embora saiba que cada aurora pode ser a sua última. De maneira inesperada, no entanto, passa a enxergar outras situações e realidades nas quais vive um rei com um coração atormentado. Apaixonada, a heroína da história entra em conflito ao encarar seu próprio arrebatamento como uma traição imperdoável à amiga.
Apesar de não ter perdido a coragem de fazer justiça, de tirar a vida de Khalid em honra às mulheres mortas, Sherazade empreende a missão de desvendar os segredos escondidos nos imensos corredores do palácio de mármore e pedra e em cenários mágicos em meio ao deserto.

"Uma centena de vidas por aquela que você tirou. Uma vida a cada aurora. Se você falhar uma única vez, eu lhe arrancarei seus sonhos. Vou tirar sua cidade de você. E lhe subtrairei essas vidas, milhares de vezes."
A Fúria e a Aurora é o primeiro livro de uma duologia da autora Renée Ahdieh publicado no Brasil pela Globo Alt. Ele é um reconto do clássico As Mil e uma Noites. Já adianto para vocês que meu conhecimento sobre o clássico é ínfimo, conheço somente o básico e não terei como dizer o quanto a história que Renée reconta é similar a ele. Porém, por se tratar de um reconto de A Mil e uma Noites, A Fúria e a Aurora é uma fantasia romântica, isso significa que apesar de possuir elementos próprios de uma fantasia, o livro foca no romance entre os personagens.

Khalid Ibn Al-Rashid, é o rei de Khorasan, por ser muito jovem ele é conhecido como o Rei Menino. Todas as noites califa se casa com uma garota que é morta ao amanhecer. Uma dessas garotas é a Shiva, a melhor amiga de Sherazade. Amargando o sofrimento pela perda da amiga, Sherazade se oferece para ser uma das esposas de Khalid, seu plano é ousado, ou melhor, é bem idiota, ela pretende matá-lo, sua principal arma para mantê-la viva e conseguir alcançar seu intuito, é contar histórias (fácil de aceitar, #soquenão.)

Na noite após o casamento Khalid vai até o quarto de Sherazade para "cumprir" com as funções de marido (coisa mais ridícula de se falar, eu sei), mas é bem isso que acontece. Eles transam por obrigação, tudo é bem forçado, sem envolvimento, o que é esperado, pois os dois não se conhecem. Logo após isso, Sherazade começa a contar uma história para o califa, e acaba envolvendo-o com sua narrativa, com isso as horas passam e o dia amanhece. Como nossa protagonista é ardilosa, ela não consegue terminar a história antes da aurora, hora marcada para sua execução. Assim, pede para o rei mais um dia de vida, para ela consiga terminar de contar a história para ele.

Nenhuma das esposas de Khalid sobreviveu a uma aurora, e mesmo sem saber bem o motivo ele concede a ela mais um dia. Sherazade então vê a oportunidade de encontrar um ponto fraco em Khalid e seguir com seu plano. Vencer a barreira da primeira aurora, faz com que Sherazade e Khalid se aproximem, e noite após noite uma relação vai se desenhando, é claro que Sherazade começa a se sentir confusa, ela quer vingar a morte de sua amiga, mas ao mesmo tempo se senti compelida a conhecer melhor califa, uma vez que ele é bem diferente de tudo que ela imaginou.

No começo do livro temos um capítulo que nos revela a profecia que explica o porquê Khalid mata suas esposas, mas Sherazade só irá descobrir a verdade quase no final da trama. O fato dela não ter sido morta acabada despertando certa "comoção" no reino, as pessoas que não sabem da profecia começam a enxergar o califa com outros olhos; as que sabem desejam a morte de Sherazade.

Paralelo a isso conhecemos Tariq, o amigo de infância de Sherazade, bonito, gentil, espirituoso e totalmente apaixonado por ela. Provavelmente eles teriam se casado, se Sherazade não tivesse articulado seu plano e se tornado a esposa do califa. Mesmo sem entender os motivos que levaram Sherazade a tomar essa atitude, convicto que o califa é um homem cruel e sem escrúpulos, ele arquiteta uma revolução. Difícil é entender se o que o motiva mais é a possibilidade de salvar o povo da tirania de Khalid ou a possibilidade de ficar com Sherazade.

Eu gostei bastante desse primeiro livro, o final é de querer matar a autora, o triste é ficar esperando até o próximo ano para ler a continuação. No começo da leitura fiquei um pouco perdida por conta dos nomes e das expressões utilizadas, são vários personagens com nomes bem difíceis de memorizar, mas com os quais você acaba de acostumando no decorrer da leitura.

Senti falta de a autora desenvolver melhor a história por detrás do pai e da irmã de Sherazade, porque o leitor percebe que eles serão personagens importantes para a continuação da história, porém sabemos muito pouco sobre eles.

A introdução do triangulo amoroso fez com que o livro enveredasse por um caminho muito clichê e acredito que a autora poderia ter trabalhado o contraponto dessa história sem precisar recorrer a esse estratagema, a história é muito rica e possui um universo tão vasto e cheio de possibilidades, que achei simplório demais construir um triangulo amoroso para justificar a motivação de alguns personagens.

Sem dúvida a narrativa de Renée é um ponto forte nesse livro, é envolvente e o leitor é pego de tal forma que você engole o livro e suplica por mais. Desperta a curiosidade de saber o que virá a seguir, principalmente porque o final é de arrancar os cabelos. Eu gostei do livro, aguardo ansiosamente para que todas minhas perguntas sejam respondidas no próximo. Se você como eu não leu As mil e uma noites, leia A Fúria e a Aurora, esse livro poderá despertar em você o desejo de ler o clássico. Agora se você já leu o clássico, A Fúria e a Aurora poderá trazer uma nova visão sobre a história, o fato é que vale a pena dar uma chance para o livro.

"(...) Todos os dias penso que vou ficar surpreso, com quanto você é extraordinária, mas não fico. Porque isso é o que significa ser você. Significa não conhecer limites. E viver sem limites é tudo o que você faz."



17 comentários:

  1. Oi!
    Nunca li o clássico "Mil e uma noites" mas gosto muito da história. Pretendo ler "A fúria e a aurora" em breve, e descobrir o que faz o califa matar suas esposas, estou muito curiosa com o fim da Sherazade. Acho que esse triângulo vai me dar um pouco de preguiça haha mas vou ler o livro com certeza. Espero que você goste do segundo e traga a resenha, vou estar esperando haha.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Oii Patty! Amei a resenha, estou doida por esse livro!
    Amei tbm a imagem!!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Esse livro me conquistou desde o lançamento.
    Nem li ele ainda e já considero "pakas" haha
    A capa maravilhosa e a sinopse me chamaram demais a atenção.
    E o que falar da história? Parece ser incrível.
    Não conheço a escrita da autora ainda, mas tem cara de ser daquelas que conseguem prender o leitor e gosto disso.
    Sua resenha me deixou ainda mais interessada.
    Espero conhecer a obra em breve.
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  4. Oi Patty, sabe que desde o lançamento desse livro, ele não despertou em mim aquela vontade de ler? Não sei dizer ao certo o porque, mas quem sabe no momento certo eu acabo lendo não é?
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  5. Essa sua resenha foi incrível, com bastante detalhe, o que da para ter uma ótima noção dessa leitura. Quero ler esse livro, porém não esperava que tanto a escrita e a história fossem tão boas, e isso superou minhas expectativas. Mesmo que a trama não seja tão envolvente do começo ao fim, porém da para notar que no decorrer da leitura a história vai cativando o leitor. Fiquei curiosa para saber mais sobre os personagens, espero ter a oportunidade de aquirir esse livro logo.

    ResponderExcluir
  6. Oi Patty, eu gostaria tanto de ler esse livro, mas ainda não tive oportunidade.
    Acho a historia diferente, legal, e que chama a atenção. Pela sua resenha percebo que tem um triângulo amoroso, fiquei um pouco decepcionada, não gosto muito não. Geralmente, os autores fazem uma porcaria com triângulos amorosos kkkk espero que esse seja diferente.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Não sei se agradeço por não ter lido ainda ou se choro. Porque a história parece deixar todo mundo se roendo pelo próximo volume. E é muito bem feita heim? Personagens, ambientação...parece ser bem criativo e do tipo que fica na cabeça. A personagem é forte e fácil de gostar e torcer. Ah como queria ler logo! E como desejo que venha esse próximo bem rapidinho também, porque acho que só leio quando já tiver outro.

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bom?
    Estou vendo comentários positivos sobre o livro, como você eu não conheço muito bem a historia de A Mil e uma Noites, estou curiosa quanto a essa profecia, para saber o motivo que ele mata suas esposas na aurora, e os nomes são muito diferentes né. Espero ter a oportunidade de ler.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  9. Já conhecia esse livro, estou com vontade de ler, mas não é uma prioridade para mim.

    ResponderExcluir
  10. Oi.
    Resenha perfeita! Estou muito animada para fazer a leitura desse livro. A premissa me conquistou, no primeiro contato! E lendo resenhas, como a sua, mais ansiosa eu fico.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Patty!
    Gosto muito de releituras porque podemos ver um enfoque diferente dado pelo autor que reescreve a história original.
    Quero muito poder ler.
    Oi Beta!
    A capa é belíssima e me parece que todo enredo seja intrigante e instigante, levando o leitor a não largar o livro até o final.
    Bom ir em busca dos sonhos e cantar é mágica pura.
    Já anotei aqui na listinha de compras.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  12. Eu não conheço nada da história de As mil e uma noites e isso me deu mais vontade de ler fúria e aurora (que depois dessa resenha entendi o nome kkkk) Quero saber o porque da morte das esposas de Khalid e conhecer mais sobre a vida do rei e Sherazade. Depois do seu comentário só vou comprar quando sair o segundo aqui porque fico agoniada com livros de finais desesperadores kkkk

    ResponderExcluir
  13. Eu estou com bastante vontade de ler esse livro. Eu também não li As Mil e uma Noite, mas fiquei muito interessada nesse livro. A história dele é bem diferente, e eu fiquei super curiosa pra saber porque ele mata suas esposas.
    Adorei saber que a narrativa da autora é ótima. Espero gostar também do livro :)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Olá,adorei a resenha,adorei a sinopse,a capa do livro e quero muito ler,está na minha lista.

    ResponderExcluir
  15. Amei as resenhas desse livro, e a sua deu pra entender melhor como se da toda a trama, não sabia desse triângulo amorosa e tal.
    Quando leio Sherazade sempre me vem à Raquel na cabeça kkkkkk
    sempre quis ler Mil e uma noites, tem um volumão de capa dura que sou louca para comprar, porém, acho que lerei A Fúria e a aurora primeiro, daí o outro fica pra depois, enorme e caro kkkk
    Amei mesmo, to bem curiosa e interessada!
    bjs

    ResponderExcluir
  16. Oi!
    Faz um tempo que tinha visto esse livro, mas ele não tinha me chamado a atenção pela sinopse, mas lendo a resenha essa historia acabou me conquistando e deixando curiosa sobre esses mistérios que o livro trás, se tiver oportunidade, com certeza irei ler essa historia !!

    ResponderExcluir
  17. Nunca imaginei que esse livro fosse assim tâo intenso, com uma história empolgante. Só a capa que achei sem graça.

    ResponderExcluir

Comente, ficarei muito feliz em saber sua opinião!!!