Resenha #367 - Ao Seu Encontro - Abbi Glines - Editora Arqueiro

Título: Ao Seu Encontro
Série: Rosemary Beach #11
Autor(a): Abbi Glines
Editora: Arqueiro
Páginas: 222
Ano: 2017
*Livro cedido em parceria com a editora.
Onde comprar: Amazon |Submarino |Saraiva | 
Americanas

Sinopse: Há apenas alguns meses, um encontro inesperado numa casa em Rosemary Beach se transformou num romance de conto de fadas. Agora Reese está prestes a ir morar com Mase na fazenda dele, no Texas. Com o apoio e o amor da família do namorado e a recente descoberta de que ela mesma tem uma família com a qual contar, Reese pode enfim superar os horrores do passado e se concentrar no futuro promissor que a aguarda.
No entanto, no que depender de Aida, isso não vai acontecer. A beldade loura e Mase foram criados como primos, mas logo fica claro para Reese que o amor da jovem por ele está muito longe do que se deveria ter por um parente.
Ao mesmo tempo que Reese tenta entender a relação dos dois e não se sentir ameaçada, entra em cena Capitão, um estranho que parece estar, convenientemente, em todos os lugares que ela frequenta. Bonito, sensual, misterioso e dono de uma franqueza desconcertante, ele não tem medo de dizer o que pensa de Mase - nem como se sente a respeito de Reese.
Enquanto a competição pelo coração de Mase e de Reese esquenta cada vez mais, algumas perguntas em relação ao passado dela começam a ser enfim respondidas, revelando verdades chocantes que vão mudar para sempre a vida do casal.
Sinceramente estou sem palavras para este livro, e não num sentido bom.
Não é segredo que essa série Rosemary Beach segue um padrão nos enredos e seus personagens.

Quando li "Para Sempre Minha" que teve como protagonista Tripp e Beth, pensei que, enfim, o livro começaria a ser diferente, já que esse foi o único casal que eu notei uma mudança no comportamento.

Aí veio "À Sua Espera" o primeiro volume protagonizando o casal Mase, irmão de Harlow, e Reese. Gostei bastante do livro, embora eu ainda notasse um certo padrão nos personagens, o enredo, entretanto, me surpreendeu e eu curti.

Quando soube que teria uma continuação fiquei apreensiva, porque já tive experiência com as continuações das séries da Abbi, mas fui lá e li esse segundo volume... Pra quê?

Desde "Paixão sem limites" eu vejo a mesma coisa: O rapaz rico, bonito, galã, gostoso, garanhão, todas as mulheres o querem, ele não quer relacionamento sério.

Então surge uma donzela indefesa, que sofreu de alguma forma, com um passado doloroso ou uma história triste, pobre, sem família, bonita, mas não bonita como uma modelo, inocente, frágil que olha pra ele e pronto, ele tá apaixonado e virou o homem das cavernas.

Fiquei bastante decepcionada em ver que um personagem como o Mase, que lá no primeiro livro conseguiu controlar um pouco esse lado possessivo, ficou extremamente insuportável nesse segundo.

Pra mim o personagem não só decaiu como ficou nojento, chegando ao ponto de ter cenas em que senti raiva dele. Reese não foi diferente. Não sei se sou independente demais ou pouco romântica, mas ver uma pessoa desistir da vida pra viver em função da outra me causa repulsa e raiva e foi isso que aconteceu com Reese.

Ela passa a ser uma daquelas mulheres que fazem tudo pra agradar ao seu namorado, mesmo se isso a deixar desconfortável e eu não suporto personagens assim. Talvez eu esteja mal acostumada, pois venho lendo uma sequência de livros com protagonistas femininas fortes, independentes, guerreiras e que não abaixam a cabeça pra ninguém.

Tudo bem que em certo momento do livro Reese bate o pé e vai atrás do que quer, mas quando ela vê que isso causou uma confusão no seu relacionamento, quando ela vê que uns terceiros começam a ameaçar a sua bolha feliz de ignorância com o namorado, ela se arrepende e se pergunta se não seria melhor continuar como um bibelô que só serve pra enfeitar a casa e satisfazer o parceiro sexualmente. Pelo amor de Deus, né? Problemas e conflitos fazem parte da vida, querida.

Outra coisa que me irrita e eu sempre deixo isso bem claro nas minhas resenhas, são os benditos triângulos amorosos - quando eles são apenas pra encher linguiça, claro - quer me irritar? Enfia um triângulo amoroso apenas pra ter um personagem pra causar a intriga do casal. E sim, existem triângulos amorosos que nos fazem pensar, que nos mostram outro lado do relacionamento de um casal, basta você ler Talvez um dia da autora Colleen Hoover que você vai entender o que estou falando.

Acho que eu só não dei uma estrela ao livro por dois motivos:
Primeiro: embora a autora peque bastante na construção dos personagens e do enredo, a escrita dela é rápida e gostosa de ler, de modo que você pega o livro às três da tarde e termina às nove da noite tranquilamente.

Segundo: Uma das reviravoltas do livro (porque vamos combinar gente, essa série é mais dramalhona e mexicana que as novelas mexicanas em si) achei até legal e realmente me surpreendeu (juro! Fiquei chocada quando senti surpresa num certo momento do livro.)

Deixo aqui meu adeus a essa série porque não aguento mais ler sempre a mesma coisa, apenas com os nomes dos personagens diferentes, porque nem a personalidade deles eu acho tão diferente assim. Além das cenas de sexo que a cada 10 páginas, 9 são de sexo. Não preciso dizer que a maioria desnecessária, né? Basta apenas dar a entender o que vai rolar, descrever sempre o ato em si, que também, diga-se de passagem, é a mesma coisa em todos os livros.

Ah, e outra coisa: cansei também do livro conspirar contra a Nan. Não que eu goste da personagem, porque a autora faz um excelente trabalho em colocar ela como uma megera. Mas eu já soube que terá um livro apenas pra ela e, bom, imagino que nesse caso ela será o "garanhão" que encontrará uma "menina inocente".


14 comentários:

  1. Oi Roberta!
    Eu estava curiosa pra ler essa série, mas acompanhei algumas resenhas e fui perdendo o interesse, acho q o enredo não me agradou qto eu esperava, digamos que não me prendeu atenção em algum ponto q me fizesse sentir q realmente valia a pena...
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Nunca quis ler essa serie, primeiro e muito grande, segundo por ser muito grande o que acaba fazendo com a autora chegue um momento que ela vai ter que repetir o mesmo assunto, e chega a ser encheção de linguiça e comigo não funciona, e olha que não sou tão crítica. E uma pena que esse livro tenha te decepcionado tanto, ao ponto de desistir da série.

    ResponderExcluir
  3. Oi Roberta, comecei a ler essa série no inicio do mês e gostei bastante. Acho que sou fã dos clichês, por isso que não me incomodo com as repetições na história. Vi que você nao gostou ne?! Kkkkkkk assim, não tive como ter todos os livros físicos, então decidi ler em PDF que geralmente faço assim. Então, consegui achar todos os livros e já estou no de Nan, que é o último. Eu estou gostando muito de ler esse último, está diferente de todos os outros, até porque Nan é mesmo a diferente ne?! Kkk Raramente deixo uma serie no meio dos livros, já fiz isso uma vez porque não gostei mesmo.
    Enfim, eu indico pra quem gosta desses clichês. Abraços

    ResponderExcluir
  4. Oi Beta, é uma pena que essa continuação tenha sido tão decepcionante pra você e infelizmente séries longas muitas vezes caem na mesmice e saímos da leitura com uma sensação de Dejavú rsrs. Dessa série, eu só li o duet perfeição e agora fiquei interessada nessa história também quando vi que o protagonista era Cowboy e depois de ler umas resenhas do primeiro livro vi que abordava alguns temas interessantes, fiquei um pouco com o pé atrás depois de tua resenha (a parte que ela se anula por ele é bem chata) sobre esse segundo livro, mas acho que ainda quero ver pra crer haha, mesmo correndo risco de me decepcionar ainda quero ler essa história. ;)

    ResponderExcluir
  5. Poxa, é uma pena que a série não tenha funcionado com você. Realmente tem muitos livros por ai que vem com séries muito iguais, com personagens que a gente já ta cansado de ver. É uma pena. Não tenho muita vontade de ler a série.

    ResponderExcluir
  6. Nossa, fiquei chocada com sua opinião rs
    Uma pena tantos pontos negativos nessa história.
    Confesso que ainda estou interessada pra conhecer a história do Mase.
    Mas a Abbi faz bem o tipo de novela mexicana sim, concordo com isso.
    Espero poder ler em breve esses últimos livros da série, que foram lançados.
    Minhas expectativas não diminuíram ainda :)
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    Ainda não li nenhum livro da serie Rosemary Beach, mas vi algumas resenha de alguns livros da serie que despertaram minha curiosidade para ler, mas sempre fico com receio de ler a serie pois vejo algumas coisas que realmente iram me irritar muito, principalmente quando lemos o mesmo de sempre, então acho que essa é uma serie que não irei ler, pois acabei não colocando nenhum livro da serie na minha lista de leitura !!

    ResponderExcluir
  8. A Abbi tem esse problema mesmo.... Eu detesto triângulo amoroso então desanimei um pouco desse lançamento. Li a Série Sem limites dela e até gostei... mas esse acho que não leria

    ResponderExcluir
  9. As vezes eu até que gosto de ler um livro que tenha triângulo amoroso. Tenho visto algumas pessoas falarem que esse livro não funcionou muito com elas. Mas não gostei de saber que tem tantas cenas hot assim no livro, pensei que seria menos e ainda histórias mais diferentes.

    ResponderExcluir
  10. Gosto muito dessa série, mas uma coisa que eu não recomendo é ler todos os livros de uma vez. Porque ao passar dos livros, fica uma coisa meio repetitiva, gosto das histórias, mas você sabe que o casal vai ficar junto, ai vai acontecer algo, eles vão se separar e depois vão voltar e terminar juntos e felizes.

    ResponderExcluir
  11. nunca tive interesse em ler essa série, não sei porque, mas nunca me interessou, e realmente acho desnecessário tantas cenas de sexo em um livro, me da agonia, peguei um pouco de trauma pelo gênero depois que li Cretino irresistivel, meu Deus, tenho pesadelos com aquele livro, de 5 paginas, 6 era de sexo xkkkkkkkkk, é uma pena você não ter gostado da série, é tão ruim quando temos frustrações literárias, mas espero que sua proxima leitura seja melhor, e é realmente ruim ter aquele padrão no livro e a gnt já saber o que esperar da autora.

    ResponderExcluir
  12. Esse livro parece ser maravilhoso,quero muito ele,adorei a resenha.

    ResponderExcluir
  13. Quero muito conhecer essa história,a algum tempo está na minha lista.Adorei a resenha.

    ResponderExcluir
  14. Nossa que trite que o livro não te agradou, eu estou curiosa para ler a série, mas fiquei com um pé meio atras agora, dependendo da forma como o (a) autor(a) trabalho o triangulo amoroso eu gosto, porém tentarei dar uma chance, sem alta expectativa.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir

Comente, ficarei muito feliz em saber sua opinião!!!