Resenha #376 - Codinome Lady V - Lorraine Heath - Gutenberg

Título: Codinome Lady V
#Os Sedutores de Havisham #1
Autor (a): Lorraine Heath
Editora: Gutenberg
Ano: 2017
Páginas: 256
- Recebido em parceira com a Editora

Onde comprar:Amazon |Submarino |Saraiva | Americanas

Sinopse: Cansada de rejeitar pretendentes interessados apenas em seu dote escandalosamente vultoso, Minerva Dodger decide que é melhor ser uma solteirona do que se tornar a esposa de alguém que só quer seu dinheiro. No entanto, ela não está disposta a morrer sem conhecer os prazeres de uma noite de núpcias e, assim, decide ir ao Clube Nightingale, um misterioso lugar que permite que as mulheres tenham um amante sem manchar sua reputação.
Protegida por uma máscara e pelo codinome Lady V, Minerva mal consegue acreditar que despertou o desejo de um dos mais cobiçados cavalheiros da sociedade londrina, o Duque de Ashebury. E acredita menos ainda quando ele começa a cortejá-la fora do clube. Por mais que ele seja tudo o que ela sempre sonhou, Minerva não pode correr o risco de ele descobrir sua identidade, e não vai tolerar outro caçador de fortunas.
Depois de uma noite de amor com Lady V, Ashe não consegue tirar da cabeça aquela mulher de máscara branca, belas pernas e língua afiada. Mesmo sem saber quem ela é, o duque nunca tinha ficado tão fascinado por nenhuma outra mulher antes.
Mas agora, à beira da falência, ele precisa arranjar muito dinheiro, e rápido. Sua única saída é se casar com alguma jovem que tenha um belo dote, e sua aposta mais certeira é a Srta. Dodger, a megera solteirona que tem fama de espantar todos os seus pretendentes.


"Mas veja bem, Sheridan, eu vou junto com meu dote. Mais do que isso, eu vou exatamente como sou. Com minhas próprias ideias, não necessariamente as do meu marido. Tenho meus próprios interesses, que, de novo, podem não ser as do meu marido. Mas eu quero que ele respeite minhas opiniões e meus interesses. Eu quero ser capaz de conversar com ele sabendo que sou ouvida."
Codinome Lady V é o primeiro livro da série Os Sedutores de Havisham da autora Lorraine Health lançado pela editora Gutenberg. E também foi uma agradável surpresa pra essa blogueira aqui. Não é segredo que eu sou apaixonada por romances de época, e agora caí nas graças de Lorraine, com seus personagens fortes e bem construídos. 

A série gira em torno de quatro amigos, Nick (Duque de Ashebury), Grey (Conde de Greyling), Edward seu irmão gêmeo e Lorde Locksley. Os caminhos dos quatro se cruzaram ainda na infância, quando um acidente vitimou os pais de Nick e dos irmãos Grey e Edward, tendo sido enviados para a tutela do Marquês de Marsden, eles conhecem Locksley, filho do Marquês. Apesar de prover abrigo e educação os três órfãos e a seu filho, o Marquês de Marsden está longe de ser uma pessoa capaz de cuidar de alguém, o homem vive assombrado pela morte da esposa, e assim os quatro meninos cresceram sem muitas regras ou com uma referência forte de família.

O tempo passou, os meninos tornaram-se rapazes e agora são considerados solteiros muitos cobiçados. Nick ou Lorde Ashe como é conhecido, é aventureiro, possui uma paixão singular pela fotografia e é capaz de conquistar, sem nunca se envolver, qualquer mulher que desejar. O que ele não desconfia é que uma jovem em particular, munida de muita ousadia irá preencher seus pensamentos e lhe tirar o sossego. 

Casar-se por amor, com alguém que respeite nossas opiniões e nos aceite como somos, com todas nossas qualidades e defeitos parece algo trivial, porém para Minerva Dodger é algo complicado. Dona de um dote bem elevado, ela praticamente é invisível para os homens e viu suas chances de encontrar um verdadeiro amor minguar, após varias temporadas frustadas cercadas de homens interessados única e exclusivamente em seu dinheiro.

Cansada dessa situação Minerva toma a decisão de permanecer solteira, porém essa decisão vem acompanhada do fato dela também não querer se privar de uma verdadeira noite de amor. Minerva quer descobrir como é se sentir verdadeiramente desejada por um homem. O Clube Nightingale pode ser o lugar perfeito para Minerva alcançar seu objetivo. O clube oferece o anonimato para as mulheres que querem encontrar amantes. E é nele que protegida pela máscara e o codinome Lady V (daí o nome do livro), Minerva irá despertar o interesse de um tal Lorde Ashe.

"...Grace, em toda minha vida eu nunca senti como é ser desejada por um homem. E embora eu tenha consciência de que ele não vá saber que sou eu, que tudo que realmente deseja é o meu corpo, vai ser o meu corpo que ele irá tocar, o meu corpo que lhe dará prazer, o meu corpo que sentirá prazer."

Fascinado pela noite de amor que tiveram, o Duque de Ashebury quer a todo custo descobrir a verdadeira identidade de Lady V, ele desconfia de quem possa ser, e para confirmar suas teorias ele começa a cortejar Minerva em sociedade. Encantada com o fato de ser desejada, Minerva se surpreende com o interesse de Nick por ela fora do clube. Ele planeja unir o útil ao agradável, casar com uma mulher de opinião e de quebra garantir um dote substancial, que será a salvação de todos seus problemas financeiros. O desafio será convencer Minerva que ele não está interessando apenas em seu dote.

Estou simplesmente apaixonada pela escrita de Lorraine Heath, Codinome Lady V é narrado em terceira pessoa de forma única, leve e divertida. Minerva é uma personagem fantástica, uma mulher forte, inteligente, não é do tipo de mocinha que fica choramingando pelos cantos, ela sabe o que quer, e o que merece e não aceita menos que isso. Sua língua afiada e pensamentos feministas eram um escândalo para a época, mas nossa protagonista é firme e decidida. Amei sua construção, torci por ela, e me identifiquei em alguns momentos com suas decisões.

Lorde Ashe é um aventureiro, e se utiliza desse espírito e charme em suas conquistas, adorei o fato dele não ser o homem perfeito, a autora enfatizou o quanto à perda dos pais na infância o influenciou na vida adulta. Ele é sem sombra de dúvida o sonho de consumo de várias mulheres. Mesmo tendo me decepcionado um pouco ao cogitar usar o dote de Minerva como sua salvação financeira. Mas como disse antes, ele não é perfeito.

Eu me surpreendi muito com essa história, achei que teríamos algo mais hot, devido ao enunciado. Um clube secreto que propicia encontros sexuais, um escândalo não é mesmo? Mas não, Codinome Lady V tem a dose correta de romance e sensualidade. As cenas de sexo são bem descritas e coerentes com o ritmo e os acontecimentos da história. Ri muito lendo esse livro, as cenas em que os pretendentes de Minerva fazem os pedidos de casamentos são tão absurdas que se tornam hilárias.

Em um universo povoado por ótimos livros, Codinome Lady V conseguiu se destacar ao transformar algo previsível em algo memorável. O tipo de livro capaz de fazer o leitor sonhar, suspirar, rir e se apaixonar tudo ao mesmo tempo. Aguardando ansiosamente pela continuação. É claro que indico a leitura, alguém ainda tem alguma dúvida?

"Ela o abraçou apertado. Ashe tinha dito que não existia falsidade na cama dele, mas era difícil acreditar naquelas palavras, ainda que ele as pronunciasse com tanta convicção. Por que ela não podia ter tudo aquilo sem máscara e sombras?"



16 comentários:

  1. Patty!
    Achei o livro excepcional, com protagonista como Minerva, de língua afiada e não está nem aí para a opinião dos outros e ainda vai curtir em um clube de sexo, uauuu! Que mulher!
    “Não ganhe o mundo e perca sua alma; sabedoria é melhor que prata e ouro.” (Bob Marley)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de MARÇO, livros + KIT DE PAPELARIA e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  2. Não sou muito fã de romances de época, mas esse parece ter um enredo tão bom que fiquei com vontade de ler, ainda mais pela Minerva não ser o tipo de mulher que deixa ser levada pela opinião dos outros e que faz o que quer, quem sabe eu acabe lendo.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Oi Patty tudo bem?
    Estou com muita vontade de ler este livro, estava procurando um romance de época com uma protagonista mulher forte, e com certeza a Minerva é muito forte e decidida. Adorei a sua resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi.
    Eu adorei esse livro, amei que ele quebrou uns certo padrões da sociedade de antigamente, a quebra de estereotipo foi o que mais me agradou, também esperava algo mais hot ou mais sensual, mas adorei que teve na medida certa, estou ansiosa pelos próximos.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  5. Já vi que esse livro é bom demais! É a segunda resenha que vejo dele e gostei bastante, parece que tudo ali foi feito muito bem. A personagem parece ser tão forte e decidida e só por isso a história já ganha um ar diferente, acho. A gente sabe que vai ler algo sem muito drama e mimimi, muito bem feito e com uma personagem que dá pra admirar e inspirar.
    Gostaria de ler com certeza *-*

    ResponderExcluir
  6. Oi Patty, tudo bem?
    Eu também adoro romances de época. Adoro ver as teporadas em que os salões se abrem e as moças são cortejadas e toda aquela arte de sedução da época arrebata suspiros do leitor. Já adicionei esse livro no skoob para não correr o risco de esquecer. Acho que ele vai passar um perrengue tentando convencer a Minerva de que ele está mais interessado nela do que no dote. Consigo até imaginar umas cenas engraçadas.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  7. Oi, Patty!!
    Souu muito fã de romances de época, e esse parece ser muito interessante. Fiquei bem curiosa para conhecer essa personagem tão a frente da sua época. Sem dúvida vou ler em breve.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi Patty!
    Codinome Lady V é minha próxima compra. Já havia lido uma resenha a respeito deste livro e fiquei encantada com a Minerva, ou melhor Lady V. Uma mulher totalmente a frente de seu tempo. Um retrato perfeito do empoderamento e feminismo. Também estou louca para saber mais da relação dela com o Duque de Ashebury.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi Patty,
    Um romance de época que trás uma trama diferente para o gênero em que o livro se encaixa, Codinome Lady V me parece ousado e divertido. A autora nos apresenta a história dos personagens masculinos (o protagonista e o outros 3 que imagino serem os protagonistas dos próximo livros) contando suas história e esclarecendo alguns comportamentos e personalidades, criando assim, uma ótima introdução. Minerva foge do estereótipo de moça inocente e regatada tão apreciado pela sociedade e se mostra ser muito independente e determinada. Ela faz uma escolha e se mantém firme nela. O que mais achei interessante foi a inserção do Clube Nightingale na história, pois não imaginava algo neste estilo em romances de época, principalmente sendo este um clube para as mulheres que aos olhos da sociedade deveriam ser puras e inocentes. Tudo que a autora propõe para este livro me chamou atenção e fiquei com muita vontade de ler está história.

    ResponderExcluir
  10. Oi,fico feliz em descobrir que o livro não é somente mais uma história hot.
    Olhando a capa imaginei que fosse mais picante.

    Bem,só de ler a resenha,gostei da Minerva. Ela tomou uma decisão que não seria fácil nem nos dias atuais. Principalmente por ser inexperiente...Acredito eu!
    Sem contar que a trama conta com um bom romance.

    Quero muito ler! :)

    ResponderExcluir
  11. Patty,
    eu amo romances de época! Adorei a Minerva de cara, que foge do "normal" de mocinha inocente dos tempos antigos que tanto retratamos, além de parecer ser forte e independente, e eu amo uma protagonista feminina bem representada! Já tinha ouvido falar do livro e lido outras resenhas, e cada vez fico mais curiosa para ler!

    BJS

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Livro lindo, pela sinopse o enredo parece ser bom, gosto mto do gênero, preciso conhecer esta leitura urgente!
    Amei a resenha, parabéns Patty!
    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Achei interessante e Minerva parece ser uma mulher independente. A capa tem um designer lindo espelhando bem a Lady V.

    ResponderExcluir
  14. Essa capa é linda!
    Pois bem, adoro quando leio resenha é esta falando do primeiro livro de alguma serie.
    Adoro os lançamento da Gutenberg, ela sempre arrasa. Fiquei bastante curiosa em saber como autora desenvolver a historia
    já que historia é em torno de 4 personagens, pois é mais trabalhoso, claro. Mas acho que Lorraine soube lidar muito bem com isso.
    Ah... adorei em saber que ela fez a personagem Miverva mulher forte e inteligente, pois amo quando não leva a mulher pra uma figura fraca

    ResponderExcluir
  15. Eu não sei da onde as autoras de romance de época tiram tanto nome esquisito pra esses personagens iuehiueheiuh
    Bom, eu só li Nove regras a ignorar antes de se apaixonar até hoje e adorei justamente pela mocinha ser forte e decidida e impor sua opinião, além de ser bem à frente do seu tempo.
    Não conhecia essa autora, mas pelo jeito ela é ótima no que faz!

    ResponderExcluir
  16. Oi!
    Comecei a ler esse livro e acho que por não ser o momento certo ele não acabou funcionando muito bem para mim, vou deixar ele um tempo guardado, mas quero insistir na leitura e pela a resenha voltei a ficar curiosa para poder continuar a ler essa historia !!

    ResponderExcluir

Comente, ficarei muito feliz em saber sua opinião!!!