Resenha #386 - O Triturador - Niall Leonard - Editora Bertrand

Título: O Triturador
Autor(a): Niall Leonard
Editora: Bertrand
Páginas: 320
Ano: 2017
- Recebido em parceria com a editora.
Onde comprar:  Amazon |Submarino |Saraiva | Americanas

Sinopse: Para encontrar o assassino, ele teve de se tornar um. Após encontrar o pai espancado até a morte, a vida monótona de Finn Maguire vira de cabeça para baixo. Principal suspeito do crime, o garoto de 17 anos, disléxico e com passagem pela polícia deve correr contra o tempo para limpar seu nome e descobrir quem odiava seu pai a ponto de mata-lo. À procura de respostas, Finn se infiltra no sórdido e brutal submundo de Londres, onde enfrenta novos perigos a cada passo e onde obscuros segredos familiares o levam a perceber que as pessoas em que mais confia são as que podem golpeá-lo com mais força.



Oi gente, como estão?
Hoje venho falar de um livro que me impressionou bastante - O Triturador de Niall Leonard da Editora Bertrand. Eu amo o gênero, então ao ler a sinopse logo me identifiquei e dessa vez foi um grande acerto, uma grata surpresa.

A história nos traz Finn Maguire que a muito vive o abandono por parte de sua mãe, contando apenas com a presença de seu pai, sua infância não foi das melhores, afinal, como poderia? Com apenas dezessete anos ele tenta levar a vida trabalhando em uma lanchonete e "empurrando com a barriga" como dá sua vida quase medíocre com um pai ator em declínio que não tem um futuro promissor, assim como Finn. Porém as coisas começam a ficar estranhas quando ao retornar ao lar Finn encontra seu pai morto no mesmo local e posição em que usava para praticar e escrever seus roteiros e renovar suas esperanças. Se não bastasse algo tão traumático para Finn como encontrar seu pai morto, ele passa a ser um suspeito no caso que não é apenas mais uma morte e sim algo bem pior ou premeditado.

Finn é disléxico, que para aqueles que não sabem o significado aí vai:

1- perturbação na aprendizagem da leitura pela dificuldade no reconhecimento da correspondência entre os símbolos gráficos e os fonemas, bem como na transformação de signos escritos em signos verbais.

2- dificuldade para compreender a leitura, após lesão do sistema nervoso central, apresentada por pessoa que anteriormente sabia ler. (Fonte google)

Como sair de um problema como esses? Como passar pelo luto ou por tal situação sozinho e ainda por cima com tantos problemas?

Finn nos narra toda a história que vive e apesar de seu problema de dislexia ele é muito esperto e conduz toda a trama de maneira fácil e rápida. A história tem boas surpresas e é muito bem escrita como em uma grande teia de aranha pronta para ser desvendada. Eu amo livros assim!

Quem não leu, corre e vá dar uma espiada. Prometo que não irão se arrepender!

Beijos amados.


19 comentários:

  1. Oi Karini, apesar deste não ser um gênero que leio com frequência achei interessante a premissa e fiquei curiosa pra ver o ponto de vista de Finn que além de ficar sozinho, já que tinha sido abandonado pela mãe, encontra o pai, vira suspeito e ainda tem dislexia, ufa rsrs... se tiver a oportunidade vou querer conferir ;)

    ResponderExcluir
  2. Oi Karini!
    Ouvi flar pouco tempo desse livro, não tinha lido nenhuma resenha dle ainda, gostei mto do enredo!!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Olá, pela resenha vejo que o leitor se identifica logo no começo pelo protagonista e sua história e se vê torcendo para ele nesta jornada. Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Karini, eu também adoro histórias assim. Acredito que temos gostos literários muito parecidos, senão iguais.
    Voltando á resenha; já adicionei o livro para ler mais tarde. Livros com muito suspense e esse, por possuir um personagem disléxico, me intrigam brutalmente.
    Resenha adorável!
    Bjos!!

    ResponderExcluir
  5. Oi Karini.
    Su adorei essa premissa, o fato de que o personagem sofrer de dislexia e bem fora do comum o que eu particularmente adoro, ele realmente passa por uma coisa traumática e não vejo a hora de saber o desenrolar.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia esse livro, mas pelo jeito dele acho que iria gostar. Achei interessante o tema da dislexia na história. Não lembro de ler muitos livros que falassem do problema e achei interessante isso no personagem. Tem bastante coisa que chama atenção na história dele e também sou outra que gosta de desvendar as coisas e desse estilo de escrita que vai deixando a gente curioso e envolvido com a trama, sem ser algo tããão mirabolante, mas bem feito de toda forma. Gostei da dica.

    ResponderExcluir
  7. Esse livro não faz muito meu estilo. Mas mesmo assim parece interessante;

    ResponderExcluir
  8. Fiquei curiosa para saber como Finn irá desvendar todo o mistério da morte de seu pai, mesmo sendo o principal suspeito. Histórias assim floram em nós muitas emoções e O Triturador tem algo mais intrigante pelo personagem ser disléxico. Uma trama pra lá de fascinante.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Karini!
    Gosto também de histórias que mostram as dificuldades de uma doença tão grave, é uma oportunidade que temos de conhecer mais afundo sobre o assunto.
    Deve ser um bom livro.
    “Preferi sempre a loucura das paixões à sabedoria da indiferença.” (Anatole France)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP COMENTARISTA ABRIL especial de aniversário, serão 6 ganhadores, não fique de fora!

    ResponderExcluir
  10. Oi Karini, tudo bem?
    Eu nem consigo imaginar como deve ser presenciar uma cena dessas, seu próprio pai morto na sua frente. E ainda assim ser considerado suspeito! Complicado hem. Fiquei curiosa para saber como ele vai desenrolar tudo isso e ainda lidar com a perda.
    Beijokas
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  11. olá,
    juro que pensei que o livro fala sobre alguem triturando algo kkk, pois é me enganei...gostei bastante da trama, a historia me pareceu bem misteriosa e me pareceu que Finn tem algo ali para desvendar como e quem matou o pai dele e porque, algo bem interessante!!

    ResponderExcluir
  12. Oi!
    Ainda não conhecia essa livro, mas pela resenha ele não me chamou muita atenção logo de cara, acho que por esperar uma historia diferente, mas o Finn parece narrar a historia de uma forma que envolve o leitor, quem sabe futuramente não leio esse livro !!

    ResponderExcluir
  13. Oi Karini
    Parece um livro bem misterioso, achei legal retratarem a dislexia. Com certeza a narrativa deve ter sido surpreendente.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. A sinopse me agradou principalmente pra saber mais sobre essa doença, mas não é o tipo de leitura que leria hoje...vou deixar marcado para ler futuramente..
    Valeu pela dica.

    ResponderExcluir
  15. Bom quando abordam assuntos pouco discutido e este é um bem interessante, vamos ver como Finn irá se sair e quais serão as descobertas feitas por ele até chegar ao assassino do seu pai.

    ResponderExcluir
  16. Oi, Karini!!
    Não conhecia essa história, mas achei a premissa bem interessante!! Adorei a indicação da leitura!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  17. Hey,

    Que bom que gostou muito do livro, mas infelizmente ele não me chamou atenção.

    ResponderExcluir
  18. Também adoro livros do gênero e que vão tecendo teias para que a gente descubra o que de fato aconteceu!
    Fiquei bem curiosa sobre a morte do pai do protagonista e fiquei me perguntando se ele realmente não tem algo a ver com o assassinato e se a dislexia vai ter algum papel importante na solução desse crime.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  19. Oi Karini,
    Assim que vi este livro entre os lançamentos da editora já fiquei curiosa, primeiro pelo gênero (que adoro) e segundo pela condição do protagonista (a dislexia). A vida de Finn não poderia ser mais complicada, pois ter que lidar com um pai que não é o melhor exemplo a se seguir e sem a presença da mãe, não consigo imaginar como um jovem possa ter alguma esperança de um futuro melhor. O mistério envolvendo a morte de seu pai é bem intrigante e torço para que o autor tenha ido além e explorado a história, criando uma trama bastante envolvente.

    ResponderExcluir

Comente, ficarei muito feliz em saber sua opinião!!!