Resenha #409 Centelha Mortal - Jeffery Deaver - Record


Título: Centelha Mortal
Autor (a): Jeffery Deaver
Editora: Record
Ano: 2017| Páginas: 504

- Recebido em parceria com a editora.

Comprar: Amazon |Submarino |Saraiva
Sinopse: Lincoln Rhyme está de volta, em busca de um assassino que transforma a cidade de Nova York em sua refém. Um novo criminoso assola a cidade com uma arma invisível e onipresente na sociedade moderna: a rede elétrica. Quando um ataque ocorre e quase destrói um ônibus, as autoridades temem se tratar de um ato terrorista e por isso convocam Lincoln Rhyme, um dos maiores peritos criminais do mundo. Tetraplégico, ele escala a detetive Amelia Sachs e o oficial Ron Pulaski como seus olhos, ouvidos e pernas na análise da cena do crime. Conforme novos ataques acontecem, surgem cartas de exigências, o que leva a equipe a trabalhar contra o tempo e com poucas evidências para encontrar o assassino. Ou seriam assassinos? Ao mesmo tempo, Rhyme é consultor de outra investigação importante no México: ele busca o Relojoeiro, um dos poucos criminosos a conseguir escapar do perito criminal. Lidando com dois casos urgentes, a saúde de Rhyme é afetada, e ele precisa enfrentar mais uma batalha. No entanto, sua determinação em trabalhar apesar de suas limitações físicas ameaça colocar sua própria vida e a de seus aliados mais próximos em risco.

Olá leitores, como estão? Hoje, mais uma resenha para vocês de um livro que é meu número!

“Centelha Mortal” é narrado em terceira pessoa e a história gira em torno do Dia da Terra. Cada parte da história é uma contagem regressiva até o Dia da Terra, começando 37 horas antes. 
Tudo começa quando a companhia elétrica começa a receber inúmeros relatórios de falha de funcionamento. Ninguém consegue entender o que está acontecendo, mas a situação piora quando a própria energia elétrica é usada para ferir pessoas.

“Olhou para os vinte ou vinte e cinco andares de metal que estavam prestes a se converter em fio condutor de corrente elétrica e nos quais trabalhavam pelo menos duzentos operários. Viu também que havia somente dois pequenos elevadores para trazê-los para um lugar seguro.”
A mente criminosa em questão é extremamente inteligente e usa a energia como uma arma letal. Devido à perspicácia do indivíduo, Charlie Sommers, um técnico de uma distribuidora de energia que tem conhecimentos específicos. Sei que a coisa toda é bem interessante e vamos colocar que até única de certa forma!

Lincoln e Amélia também entram na investigação, usando sua sagacidade para criar um perfil, os objetivos do criminoso e as inúmeras outras listas que auxiliem a restringir a identidade do criminoso. Como sempre, Amélia é não apenas os olhos nas cenas e no mundo exterior, mas também contribui bastante nas teorias e na investigação. Lincoln tem uma mente única e mesmo com suas limitações só posso dizer que ele é incrível! Sua mente é algo verdadeiramente invejável no que se trata em traçar perfis e desvendar "mistérios" e mentes criminosas, mesmo as mais inimagináveis! Amélia também é fantástica no que faz e juntos eles se transformam naqueles personagens que ficamos loucos para saber como irão se sair de em certas situações. 

Além da história central, o livro conta com subtramas, como um inimigo antigo que está ressurgindo.

E também aborda fatos da vida dos personagens centrais da trama.

Este é o nono livro de uma série que pode ser lida em qualquer ordem, pois como muitos livros desse gênero, eles trazem um novo crime a cada livro mesmo havendo as histórias dos personagens constantes não é nada que cause qualquer problema na leitura. Outra coisa que vale ressaltar é que a capa está bem relacionada ao conteúdo e a revisão, a leitura tem uma cadência que domina o leitor deixando-nos ávidos por mais e mais e quando percebemos chegamos ao fim com aquele gostinho de quero mais! Toda história é bem escrita e como amante de livros policiais ressalto que não basta ter uma boa história e criatividade, mas quando se trata de crimes é necessário pesquisa e coerência e isso tem na medida certa nesse livro!

Adorei a história e acredito que muitos de vocês também irão gostar!
“— Um arco elétrico é um fenômeno espetacular, mas é também uma das formas menos eficientes de utilizar a eletricidade como arma. Não é possível controlá-lo bem, nunca se sabe para onde ele vai seguir. Pensa no que aconteceu ontem de manhã. Galt tinha um ônibus inteiro para atingir e errou o alvo. Quer saber como eu faria para matar alguém com eletricidade?”


23 comentários:

  1. Olá!
    Nunca li nada do autor mas depois dessa resenha quero muito ...
    Gosto muito de livros policiais e investigativos. Cheios de ação e suspense..

    Espero que eu goste tanto quanto você.
    Bjo

    ResponderExcluir
  2. NUNCA li nenhum livro policial, não sei porque kkkkkkk Tenho dessas coisas, praticamente só leio romance mas odeio assistir romance. AMO série policial (estou fazendo maratona de Lúcifer) e nunca li nenhum kkk n sei porque mesmo. Esse, mesmo com sua avaliação positiva, não me encheu os olhos. rs Não me atraiu, mesmo se fosse uma série, não assistiria kkkkk Mas estou determinada a ler algo do gênero, acho que vou começar por Agatha Christie, pela fama e tal :p
    bjs

    ResponderExcluir
  3. UAU! Parece ser um livro bem tenso, o personagem tendo que se focar na investigação desses crimes e com a saúde dele também, não deve ser fácil!
    Esses suspense todo me deixou curiosa, mas como não sou chegada no gênero por enquanto não leria.
    Mas acredito que seja uma boa pedida. Esses seus comentários positivos deixa os leitores bem interessados, com certeza.
    Beijos
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  4. Eu acho que nunca cheguei a ler algo desse autor, mas eu adoro romances policiais e achei a sinopse desse livro muito intrigante com o meio usado pelo assassino para cometer seus crimes. Não sei se lerei diretamente a partir deste ou começarei desde o início, mesmo sabendo que os crimes não se interligam, eu tenho uma pequena mania de começar desde o primeiro livro na maioria das vezes.
    Mas, de um jeito ou de outro, irei conferir o trabalho desse autor e espero que ele me consiga fazer devorar as páginas.
    Abraços

    ResponderExcluir
  5. Nossa, meu número esse livro tbm!!!
    Achei bem interessante, ainda mais pq eu nunca tinha ouvido falar em nenhuma história do detetive Lincoln Rhymes e assustei com vc dizendo que já é o 9° livro de uma série.
    Achei o "crime" investigado muito interessante tbm e já vou procurar saber sobre a coleção.

    ResponderExcluir
  6. Oi Karini :) Eu leio o gênero, mas não tinha visto esse autor ainda. Gostei de ser uma série com livros independentes. A premissa é interessante e gosto de personagens com a perspicácia do Lincoln e da Amelia.
    Obg pela indicação ;)

    ResponderExcluir
  7. Se uma amante de livros policiais está indicando um livro então com certeza ele é bom kk
    Analisando só a capa eu não daria nada para o livro, mas lendo a sinopse e a resenha vi uma coisa bastante original, as vezes os livros policiais acabam englobando quase sempre a mesma estória e esse tem uma trama bem diferente. Gostei dos detetives, parecem excelentes!
    E fiquei curiosa com as outras obras do autor, vou dar uma pesquisada nos outros livros também...

    Obrigada pela dica, beijos!

    ResponderExcluir
  8. A capa tá mesmo bem relacionada com o tema e assim ela fica ainda mais interessante, o que aumenta a curiosidade sobre o livro. Lendo a resenha fiquei bem curiosa e gostei de saber que apesar desse ser o nono e último livro ele pode ser lido separadamente sem que eu fique muito perdida. Os personagens principais parecem ser bem carismáticos e a inserção de mais de um caso na trama parece dar agilidade a história. Curti a resenha e espero ter a oportunidade de ler o livro no futuro ;)

    ResponderExcluir
  9. Bem louca essa ideia da energia na trama e de usá-la com fins maldosos. Um tanto único mesmo.
    Gosto de tramas policias, de coisas com investigação e e mistério e por isso chama minha atenção. É bom quando é criativo e bem pesquisado mesmo pra dar essa sensação boa de algo mais real né? Parece um bom livro por isso.
    Não sabia que era de série mas deve dar pra ler numa boa então já que a trama não tem muita necessidade de continuação pra entender e coisas assim. Talvez gostasse bastante se lesse.

    ResponderExcluir
  10. Que livro interessante haha ! A série é bem grande porém gostei de saber que pode ser lido em qualquer ordem hahaha eu não leio muito livros assim, mas é um gênero que sempre tive interesse por causa do suspense, nunca tinha ouvido falar desse autor, porém parece ser muito bom, achei legal a situação criada e bem tensa ja que envolve a saúde dele tbm. Quero muito lerç e descobrir quem sao esses assassinos.

    ResponderExcluir
  11. Olá!!
    Nunca tinha ouvido falar desse livro e sua resenha me chamou muita atenção. Adoro livros policiais e esse parece ser muito legal e também original, o que é difícil de se encontrar hoje em dia. Desejo lê-lo e também a outros do autor. Bjos!

    ResponderExcluir
  12. Oi, Karini!!
    E a primeira vez que leio uma resenha falando sobre essa estória, achei bem interessante a premissa sem dúvida é um livro bem bacana de se ler !! Amei a resenha.
    Bjoss

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Fiquei bastante encantada com a trama, tem aquele misterio que envolve e que você fica ansioso por descobrir. Uma investigação policial, gosto muito desse gênero e algo incrivel como conseguer visualizar as coisas e analizar. Amei a trama, com certeza já esta na minha lista de leitura.

    ResponderExcluir
  14. Oii!
    Acompanhei algumas resenhas desse livro, achei bacana, ainda mais que curto bastante o gênero, o enredo me prendeu mto, qro uma oportunidade de conhecer.
    Bjs

    ResponderExcluir
  15. Oi Karini ;)
    Não conhecia o livro ainda, mas sua empolgação com ele me deixou animada para ler!
    Acho legal séries de livros assim, que podem ser lidas em qualquer ordem... então se eu fosse ler começaria por esse nono volume, que você indicou.
    Como adoro livros e séries/filmes desse gênero, e sempre estou a procura de novos livros bons, vou ver se leio logo e espero gostar tanto quanto você ;)
    Bjos

    ResponderExcluir
  16. Ele é bem grande ne ? Mas quando um livro policial é bom, ele acaba te prendendo e o leitor nem percebe a quantidade de páginas. Não sou de fazer muito esse tipo de leitura, não que eu não goste, mas sou bem criteriosa com esse gênero, gosto de ler aquilo que me prende, que me deixa em dúvida do real assassino e toda aquela aventura que está presente nesse estilo. Me guio pelas resenhas que eu leio, assim sabemos quando um livro é realmente bom e esse parece ser do tipo que eu gosto de ler :)

    ResponderExcluir
  17. Eu nunca tinha ouvido falar desse livro, e nem dessa série. Achei a trama dele bem interessante. Eu não costumo ler livros policiais, mais esse livro me deixou bem curiosa. Gostei muito de saber que ele é bem escrito e desenvolvido. Já entrou para minha listinha.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Estou gostando bastante ultimamente de livros policiais!
    Fico maravilhada com a inteligência dos assassinos ou coisa parecida. Nunca conseguiria escrever um livro assim!
    Gostei bastante da sua resenha, me deixou empolgada.

    ResponderExcluir
  19. Achei bem interessante o enredo desse livro, eu não conhecia ele. E fiquei até curiosa para saber mais dele, mas confesso que não sou a maior fã de livros policiais. Talvez eu até comece essa série algum dia, mas não é uma prioridade =/
    Bjss ^^

    ResponderExcluir
  20. Olá!
    Gostei de saber que mesmo fzendo parte de uma série, dá pra ler sem acompanhar os anteriores, porque eu sempre começo uma série e raramente termino kkkk quanto mais livros mais demoro para ler.
    Vou adicionar esse livro na listinha, adoro esse gênero.
    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Que resenha incrível, fiquei completamente anestesiada, até porque a trama me pareceu ser super inteligente, onde a personagem consegue montar este quebra cabeça de maneira que instiga o leitor, e desvendar o crime. Enfim, fiquei bastante curiosa para saber mais sobre esta trama, e série, e saber qual será seu desfecho.

    ResponderExcluir
  22. Oi, já assiti uma série que uma personagem tinha poder de controlar a eletriciade, eu sei que ninguém tem poder nesse livro, mas ainda sim é bem legal. Fiquei curiosa sobre o porquê de ele ser tretaplégico, provavelmente foi em um dos outros livros. Não sei se leria, mas posso indicar pra quem gosta.

    ResponderExcluir
  23. Oi Karini,
    Conheci recentemente essa série mas já estou ansiosa para ler, pois amo esse gênero. Sou fascinada por tramas com investigação policial e tudo indica que esse livro será uma leitura completamente envolvente e surpreendente, afinal são tantas reviravoltas e dois casos para Rhyme desvendar que será impossível largar o livro até conhecer o desfecho das investigações.
    Beijos

    ResponderExcluir

Comente, ficarei muito feliz em saber sua opinião!!!