Resenha #417 - À Primeira Vista - David Levithan & Nina LaCour - Galera Record

Título: À Primeira Vista
Autor (a): David Levithan & Nina LaCour
Editora: Galera Record
Ano: 2017|Páginas: 294

- Recebido em parceria com a editora.

Comprar: Amazon |Submarino |Saraiva
Sinopse: Esqueça amor “à primeira vista”. Esta é uma história de amizade “à primeira vista”... ou quase
Mark e Kate são da mesma turma de cálculo, mas nunca trocaram uma única palavra. Fora da escola, seus caminhos nunca se cruzaram... Até uma noite, em meio à semana do orgulho gay de São Francisco. Mark, apaixonado pelo melhor amigo — que pode ou não se sentir do mesmo jeito —, aceita o desafio que mudará sua vida. E sobe no balcão do bar em um concurso de dança um pouco diferente... Na plateia, Kate, fugindo da garota que ela ama a distância por meses e confusa por não se sentir mais em sintonia com as próprias amigas, se encanta pela coragem e entrega do rapaz. E decide: eles vão ser amigos. Em meio a festas exclusivas, fotógrafos famosos, exposições em galerias hypadas, essa ligação se torna cada vez mais forte. E Mark e Kate logo descobrem que, em muito pouco tempo, conhecem um ao outro melhor que qualquer pessoa. Uma história comovente sobre navegar as alegrias e tristezas do primeiro amor... uma verdade de cada vez.

“À primeira vista” é um livro narrado em primeira pessoa, com os capítulos narrados de forma alterada pelos protagonistas Mark e Kate. 

Kate e Mark frequentam o último ano do ensino médio. Mark tem uma amizade colorida com Ryan. Apesar de ser divertido e os dois terem uma forte amizade, é um relacionamento complicado, pois é mantido em segredo.
“Na verdade, estamos no Castro, em uma boate chamada Happy Happy, nos acabando na gigaytesca festa de abertura da Semana do Orgulho Gay de São Francisco. A galera toda está presente hoje, respirando e dançando ao som do arco-íris. Ryan e eu somos menores de idade, temos pouca experiência, estamos com roupas inadequadas para a ocasião e totalmente encantados pelo cenário ao nosso redor. Ryan parece meio assustado, mas tenta disfarçar com sobrancelhas arqueadas e uma cortina de fumaça de sarcasmo. Se alguém de quem não gosta se aproxima, ele segura minha mão fazendo parecer que está acompanhado, mas, em qualquer outra situação, as mãos ficam bem longe. No contexto do nosso relacionamento, isso faz todo sentido: somos só amigos, exceto pelos momentos em que, ops, somos mais que só amigos. Não falamos sobre esses momentos, e eu acho que Ryan acredita que, se não falarmos sobre eles, significa que não acontecem.”
Mark está confuso sobre os seus sentimentos e em dúvida se sua situação com Ryan vai evoluir ou vai ser sempre um segredo. E eis que na festa de abertura da Semana do Orgulho Gay de São Francisco, enquanto ele e Ryan estão dançando e se soltando, Mark se depara com Katie Cleary, sua colega da aula de cálculo.

Após esse episódio, Mark e Katie se aproximam e começam a conversar e é quando se dão conta de que tem muito em comum, principalmente em relação as confusões e sentimentos conflitantes.

Katie também tem uma paixão, mas seus medos não a deixam se declarar ou dar um passo à frente para. Ela é muito tímida nesse ponto e não tem coragem para expor os seus sentimentos.
“À primeira vista” é uma história de amizade, de apoio incondicional e de descobrimento da própria sexualidade. É tudo escrito de forma leve e divertida, mas com lições valiosas e intensas.
Os personagens são carismáticos, detalhados e fáceis de se conectar. O enredo foi muito bem desenvolvido e a leitura é rápida e leve.




11 comentários:

  1. Quero muito ler este livro, pois ultimamente tenho me interessado bastante por enredos nos quais nos envolvemos já nas primeiras páginas, com personagens carismáticos, envolventes e cativantes, com um enrendo bem construído, com uma leitura rápida e fácil, como nesta obra. Além do mais ainda não tive contato com a escrita do autor, e acredito que está e uma ótima oportunidade.

    Participe do TOP COMENTARISTA de AGOSTO, para participar e concorrer Ao livro "Dois Mundos", o primeiro da série "Tesouros da Tribo de Dana" da escritora Simone O. Marques, publicado numa edição linda pela Butterfly Editora.
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Karini, a capa desse livro tá fofa e bem bonita, mas confesso que essa premissa não me atraiu logo de cara, mas gostei de saber através da resenha que a leitura é fácil, fluida e é bem simples nos conectarmos com os personagens, é bom termos histórias mais leves pra intercalar entre as mais intensas, assim anotei a dica e talvez futuramente eu resolva ler ;)

    ResponderExcluir
  3. Oi Kari, sua resenha foi bem rapidinha, mas deu pra entender que o livro é leve mesmo trazendo personagens que na vida real sofrem tanto com o preconceito.
    Confesso que esse não é o tipo de livro que leio sempre, então fico ali na sinopse e nas resenhas, tentando acompanhar os comentários do pessoal pra ver se é um livro muito bom mesmo sabe?
    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Oi! Logo de cara confesso que a história na me atraiu... não gosto muito de livros levinhos sem nenhum tipo de reviravolta hahah gosto de mt baixaria :p ele me pareceu meio pacato... o romance não é claro se existe (nem na sinopse nem na resenha). Parece focar na amizade mesmo, e como eu sou uma pessoa que não tenho grandes amizades sei que não me envolveria muito, não me identificaria com os personagens.
    Sobre o universo lgbt nunca li nada do tipo, no máximo personagens de apoio que eram gays( tipo Malec de Instrumentos mortais <3). Quero ler estrear a leitura neste universo com ROMANCE ROMANCE mesmo hahaha negocio de amizadezinha NO kkkkkkk
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Eu já li outros livros de David Levithan, tanto solos como em parceria e como gostei muito deles, quero ler esse também. Estou numa fase que preciso de leituras leves e saber que os personagens nos conquistam, e parecem ter uma boa amizade, me faz achar que À Primeira Vista seria uma leitura que cairia muito bem agora.
    Abraços

    ResponderExcluir
  6. Olá, acho interessante a obra abordar temas como auto descoberta, pois muitas pessoas passam por isso, sem contar que os personagens aparentem serem muito bem construídos. Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Que legal esse livro focar mais na amizade que nos romances. Acho que a gente precisa de mais histórias desse tipo, pra ver que a vida tem muito mais que romance (como amizades, por exemplo)

    http://www.ollyspoiler.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Já ouvido/lido sobre esse livro, mas não dei atenção a ele, agora vejo que estou perdendo uma leitura e tanto, parece-me ser bem gostoso de ler, gosto de livro que abordam temas sobre amizades e adolescentes que tem que enfrentar a realidade. Adorei saber que os personagens têm um bom humor e que a leitura é fluida.
    Anotei a dica aqui. Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Fiquei curiosa para saber mais sobre o livro.
    Li um livro só do David Levithan, e se tornou um dos meus livros favoritos, desde então quero ter todos os livros dele na minha estante.

    ResponderExcluir
  10. Oi! Amei a capa do livro, pena que não posso dizer o mesmo da proposta :(
    Essa dica vou deixar passar, apesar de parecer uma leitura bem agradável. Beijos

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Amei a capa do livro, tem uma premissa muito boa e aconchegante, te faz envolve na leitura. Já tinha lido um livro que David Levithan, já escreveu e sei que a escrita dele é maravilhosa.

    ResponderExcluir

Comente, ficarei muito feliz em saber sua opinião!!!