Resenha #418 - Carbono Alterado - Trilogia Altered Carbon #1 - Richard K. Morgan - Bertrand Brasil

Título: Carbono Alterado
Trilogia: Trilogia Altered Carbon #1
Autor (a): Richard K. Morgan
Editora: Bertrand
Ano: 2017|Páginas: 490

- Recebido em parceria com a editora.

Comprar: Amazon |Submarino |Saraiva

Sinopse: Um eletrizante thriller noir de ficção científica em adaptação para série do Netflix No século XXV, a consciência de uma pessoa pode ser armazenada em um cartucho na base do cérebro e baixada para um novo corpo quando o atual para de funcionar. A morte, agora, nada mais é que um contratempo inconveniente, uma falha no programa. Takeshi Kovacs, um ex-militar de elite, após sua última morte, tem sua consciência transportada a Bay City, a antiga São Francisco, e é trazido de volta à vida para solucionar o assassinato de um magnata. Isso só para descobrir que seu contratante é a própria vítima, que voltou à vida em um novo corpo, mas sem as memórias do crime. Mal sabe Kovacs, porém, que essa investigação irá lançá-lo no centro de uma conspiração perversa até para os padrões de uma sociedade que trata a existência humana como um produto a ser comercializado.


Carbono Alterado se passa em um universo onde a tecnologia permite que a pessoa não morra. Ou melhor, que sua consciência seja passada de corpo em corpo, sempre que necessário. Por exemplo, se alguém está com uma doença terminal, sua consciência é transferida para um corpo saudável após a sua morte, permitindo que viva para sempre.

O livro é composto de prólogo, 42 capítulos e epílogo. Os capítulos estão divididos em cinco partes: Parte 1: Chegada; Parte 2: Reação; Parte 3: Aliança; Parte 4: Persuasão e Parte 5: Nêmesis.

O livro é narrado em primeira pessoa por Takashi, um ex-militar que agora trabalha como investigador particular. Seu novo caso se passa em Bay City e é uma investigação de assassinato. Quem o contratou foi a própria vítima, um magnata que não tem recordações dos últimos momentos do seu corpo anterior.

“O mundo se estendia ao meu redor, afastando-se do meu ponto de vista em todas as direções como se não passasse de uma enorme ampliação de um dos degraus espiralados pelos quais tínhamos descido. A cor do aço, marcada de tantos em tantos metros com inchaços similares a mamilos, estendendo-se ao infinito. O céu acima era de um tom mais claro do mesmo cinza com padrões que pareciam sugerir vagamente barras e fechaduras antiquadas. Boa psicologia, presumindo que qualquer um dos criminosos tivesse alguma lembrança real da aparência de uma tranca”.
Takashi não é um protagonista agradável. Seus pensamentos são em certos momentos exaustivos, com discursos longos e reflexivos o que faz com que a narrativa se arraste em alguns trechos.

Porém, o enredo em si é complexo e cheio de reviravoltas. É o tipo de história que traz emoção durante a leitura, pois tem inúmeras conspirações em meio à investigação.

Carbono Alterado é o primeiro livro de uma trilogia policial distópica e apresenta todos os elementos necessários para conquistar o leitor. O caso investigado é interessante e possuí inúmeras nuances e permite que o leitor vá criando inúmeras teorias sobre o que aconteceu. A cada nova informação, vamos reformulando nossas teorias e tentando compreender quem é o assassino.
“Na minha infância, eu acreditava que havia uma pessoa essencial, um tipo de núcleo de personalidade ao redor do qual os fatores superficiais poderiam evoluir e mudar sem danificar a integridade de quem você é. Mais tarde, comecei a entender que isso era um erro de percepção causado pelas metáforas que eram usadas para emoldurar nossos eus. O que nós tínhamos pensado como sendo personalidade não era mais que a silhueta passageira de uma das ondas diante de mim. Ou, desacelerando para uma velocidade mais humana, o contorno de uma duna. Forma em reação a estímulo. Vento, gravidade, criação. Inclinações genéticas. Tudo sujeito a erosão e mudança. A única forma de vencer isso era ir para a prateleira para sempre”.
 Beijos seus lindos!




11 comentários:

  1. Oi Karini, esse é um livro longo e assim essa narrativa arrastada em alguns trechos me preocupa, mas é um livro bem diferente também, fazendo parte de uma trilogia policial distópica, o que pode render uma história interessante. Fiquei curiosa sobre o fato da obra ser uma adaptação para série do Netflix No século XXV, que ainda não tinha ouvido falar e gostei da resenha, vou ver como seguem os lançamentos dos próximos livros como é uma trilogia e seguir acompanhando as resenhas pra decidir se quero ou não ler futuramente ;)

    ResponderExcluir
  2. Um personagem não muito agradável e a narrativa arrastada em alguns momentos pode ser um contratempo na leitura, mas eu daria uma chance a Carbono Alterado. Eu adoro livros com mistério no ar, o que torna o suspense um dos meus gêneros favoritos e misturar com a ficção científica torna a premissa intrigante, ainda mais quando a morte não é algo permanente e a vítima do assassinato esteja querendo saber a verdade, mesmo que pudesse seguir com sua vida em outro corpo. Afinal, visto que a morte pode ser revertida, por assim dizer, é curioso que esse tipo de crime ainda seja cometido.
    Espero que os próximos livros da trilogia sejam bons e que o problema com a narrativa possa ser arrumado.
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Olá, a premissa é bem criativa e me lembra um pouco de A Hospedeira, pelo fato de transferir almas para outros corpos, espero ler em breve para comparar. Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Que sinopse confusa e ao mesmo tempo instigante. Eu não entendi muito como as coisas funcionam logo de cara, então a resenha foi essencial na minha dúvida.
    De início, achei que deve ser uma leitura engenhosa por trazer um tema que acho que a maioria dos humanos iria gostar que existisse na vida real..Gosto de livros policiais assim, então é uma dica bacana ! Abraços

    ResponderExcluir
  5. A história parece bacana... a série do netflix tem o mesmo nome? Gostei da ideia e gostaria que fosse real hahaha quero morrer não, dps daqui tem mais nada e a ideia de "desaparecer" é meio assustadora..
    Só não fiquei com vontade de ler porque você fala dos pensamentos exaustivos, reflexivos e blabla do protagonista e isso é algo que DEFINITIVAMENTE não gosto.
    Curto muito uma leitura fluida e leve, mesmo em suspenses (é possivel! haha) então nem me arriscarei. Mas em séries (digo séries pq não vejo muitos filmes), acho que não teria esse carater exaustivo... então vou procurar no tvshow time (recomendo! app mt bom).
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Pelo visto está e uma distopia bastante instigante, envolvente e cativante, até porque e totalmente diferente do que estou acostumada a ver neste tipo de obra, e isto de certa forma já me chamou a atenção. Pela sua resenha me pareceu que esta obra foi muito bem construída, de forma surpreendente e envolvente, por isto pretendo quem sabe futuramente ler está obra.

    Participe do TOP COMENTARISTA de AGOSTO, para participar e concorrer Ao livro "Dois Mundos", o primeiro da série "Tesouros da Tribo de Dana" da escritora Simone O. Marques, publicado numa edição linda pela Butterfly Editora.
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. amo ficção cientifica, e esse livro com certeza chamou mihha atenção.

    http://www.ollyspoiler.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Fiquei bem intrigada com historia desse livro, tem de tudo um pouco do que eu adoro ler. Serial killer, ficção cientifica e uma investigação criminal, esse livro promete. E espero lê-lo em breve!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. "Trilogia Policial Distópica", tudo que eu amo dentro de uma frase só.
    adoro livros policiais, distopia e sei que muitas pessoas não gostam, mas eu adoro trilogias rsrs.

    Com certeza este livro entrou na minha lista de desejados, preciso ler pra ontem rsrs.

    ResponderExcluir
  10. Oi! Nunca li um livro policial distópico, e adorei essa proposta! Deve ser muito legal entrar nesse mundo onde é possível trocar de corpo facilmente, e ainda ver casos de assassinato. Beijoss

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Um livro bem interessante, tem um pouco de ficção cientifica e serial Thriller, algo que amo muito que envolve investigação criminal. Gostei bastante do livro, tem uma premissa muito boa e a historia bem misteriosa e faz o leitor ficar curioso com a trama..

    ResponderExcluir

Comente, ficarei muito feliz em saber sua opinião!!!