Resenha #433 - Entre Quatro Paredes - B.A. Paris - Record

Título: Entre Quatro Paredes
Autor(a): B. A. Paris
Editora: Record
Páginas:266|Ano: 2017

- Recebido em parceira com a editora

Comprar: Amazon |Submarino |Saraiva

Sinopse: Um thriller sobre um sonho que torna-se pesadelo.
Grace é a esposa perfeita.
Ela abriu mão do emprego para se dedicar ao marido e à casa. Agora prepara jantares maravilhosos, cuida do jardim, costura e pinta quadros fantásticos. Grace mal tem tempo de sentir falta de sua antiga vida.
Ela é casada com Jack, o marido perfeito.
Ele é um advogado especializado em casos de mulheres vítimas de violência e nunca perdeu uma ação no tribunal. Rico, charmoso e bonito, todos se perguntavam por que havia demorado tanto a se casar.
Os dois formam um casal perfeito.
Eles estão sempre juntos. Grace não comparece a um almoço sem que Jack a acompanhe. Também não tem celular, que ela diz ser uma perda de tempo. E seu e-mail é compartilhado com Jack, afinal, os dois não guardam segredos um do outro. Parece ser o casamento perfeito. Mas por que Grace não abre a porta quando a campainha toca e não atende o telefone de casa? E por que há grades na janela do seu quarto?
Às vezes o casamento perfeito é a mentira perfeita.

"Por mais que me dedicasse a Millie, sempre imaginei que eu já teria filhos quando ela viesse morar comigo, e ela se tornaria parte da minha família e não minha única família. Eu a amava muito, mas a ideia de envelhecermos juntas e sozinhas me apavorava."
Grace é uma jovem mulher bem sucedida em um ótimo emprego; ela é solteira e tem uma irmã que ama muito chamada Millie. Seus pais são ausentes, após tanto pedir uma irmã descobriu que eles jamais quiseram ter filhos, Millie nasceu com síndrome de Down após uma gravidez tardia.

A intenção dos pais de Grace era por Millie para adoção, mas Grace os convenceu que ela assumiria a responsabilidade pela irmã e assim tem feito desde então. Isso acabou prejudicando sua vida amorosa, pois os homens acabavam se assustando com a espontaneidade de Millie. Porém, em um fim de semana como qualquer outro, enquanto Grace e Millie estão no parque, acabam conhecendo Jack e ele parece encantador. Além de ser maravilhoso com Millie é um completo cavalheiro com as duas, mostrando que não se importa com a condição de Millie e fazendo Grace se sentir mais bela do que na verdade acredita ser.
".. não posso decepcionar Jack, então abro um sorriso, torcendo para que gostem de mim. Esther não sorri, por isso acho que ela está com um pé atrás. Mas não a culpo... tenho certeza que já disseram a ela inúmeras vezes que Grace Angel, esposa do brilhante advogado Jack Angel, é o exemplo perfeito de uma mulher que tem tudo: a casa perfeita, o marido perfeito, a vida perfeita. Se eu fosse Esther, também desconfiaria de mim."
Logo Grace e Jack se veem cada vez mais envolvidos e apesar de tão pouco tempo de relação ele propõe casamento, aceitando Millie como parte do pacote. Quando ela terminar a escola a ideia é que a jovem vá morar com eles na casa que eles rascunharam e que Jack prometeu ser o presente dele de casamento para Grace. 

Ele pede que ela largue o emprego e promete se responsabilizar pelos gastos com a escola interna de Millie, mesmo desconfortável Grace entende, já que ela vive tendo que viajar a trabalho, uma vez que e ele é um advogado renomado. Qual sentindo de se casarem e mal se verem? Ela, relutante aceita e acaba ficando entediada. Ele lhe da Molly de presente, uma cachorrinha fofa, para ocupar seu tempo e Grace não se sentir tão só.
"- E quanto a você, Grace? - pergunta Esther. - Também foi amor à primeira vista?
- Sim - respondo, recordando - Foi.
Abalada com a lembrança, levanto um pouco rápido demais e Jack vira a cabeça para mim.
- Os sufês - explico calmamente.
- Eles devem estar prontos. Vocês estão prontos para o jantar?"
As coisas acontecem muito rápidas e logo o dia do casamento chega. Grace fez com que Millie fosse sua dama, mesmo que Jack demonstrasse certo desconforto. Ainda assim ele aceita e tudo parece um sonho. Mas um acidente acontece e Millie cai da escada. Mesmo assim Jack e os demais convencem Grace que não foi nada sério, Millie apenas quebrou a perna. Mesmo se sentindo culpada por se casar sem a irmã, Grace da continuidade ao casamento e seguem para a lua de mel da Tailândia.
"- Vocês vão voltar para a Tailândia esse ano? - Pergunta Adam.
- Só se a gente conseguir ir antes de junho , o que é pouco provável, já que o julgamento do caso Tomasin está se aproximando - diz Jack. Ele me lança um olhar significativo do outro lado da mesa. Depois disso, Millie vai estar com a gente.
Prendo a respiração, esperando que ninguém sugira levarmos Millie junto, caso esperássemos um pouco mais."
Ao retornarem da lua de mel, Grace se depara com a linda casa dos seus sonhos, assim como o casal rascunhou. O casal perfeito! Jantares e almoços sociais onde eles são sempre o casal perfeito. Aos olhos de todos tudo neles é maravilhoso, Grace uma excelente dona de casa, cozinha comidas engenhosas e perfeitas, Jack sempre atencioso e presente, ajudando-a em tudo. Seus amigos não economizam em elogios aos dois ao verem os álbuns da lua de mel na Tailândia em lugares incríveis, o olhar apaixonado nas fotos. Mas será mesmo que é tudo tão perfeito?
"Sinto uma súbita onda de pânico por achar que não vou conseguir dar conta, mas ao lembrar a mim mesma que o medo é meu inimigo, tento me acalmar e volto para a sala de estar com a bandeja de canapés. Sirvo-os aos convidados, aceitando os elogios com gratidão, pois Jack também vai ouvi-los. Como previsto, beijando a minha cabeça, ele concorda com Diane que de fato sou uma , esplêndida cozinheira e dou um suspiro silencioso de alívio."
Jack sempre diz o quanto está ansioso pela chegada de Millie na vida dos dois. E Grace parece estar um tanto quanto apreensiva em algumas situações. Isso é notado pela nova amiga do casal Esther, que parece não gostar de Grace. E para Jack e Grace tudo sempre tem de ser perfeito.
"O comentário que fez durante o jantar para os nossos amigos, quando disse que a mudança de Millie para a nossa casa daria uma nova dimensão às nossas vidas, é apenas um exemplo de suas expressões de duplo sentido. Seu outro comentário, de que eu era a mulher que ele havia procurado a vida toda ao saber que eu era capaz de qualquer coisa por Millie, foi outro exemplo."
Que segredos as paredes dessa casa linda esconde? O que será que está por trás de tanta perfeição? É possível um casal ser tão sincronizado e sem defeitos e brigas?
" - Eu gosto você, Jack, você legal.
- Que bom que você acha isso. -
Ele assentiu com a cabeça olhando Janice.
- Mas não gosto Jorj Kuni.
- Por mim, tudo bem - disse ele. - Também não gosto dele.
E Millie caiu na gargalhada."
É difícil falar sobre essa história sem contar spoilers ou querer discutir meu ponto de vista. A história é perturbadora, tocante e bastante palpável. No começo fiquei pensando. Sério? Mas depois percebi a engenhosidade de tudo e quanto estava lidando com astúcia, planejamento e algo muito além de tudo que imaginei no começo.
"- Qual era a cor do quarto de Millie, Grace?
Mal consigo responder.
- Vermelho - digo, a voz falhando.
- O quarto de Millie era vermelho.
- Era o que eu pensava - diz ela, calmamente."
Apesar de ter um final previsível, eu esperava algo diferente, mas imaginei que acabaria exatamente como acabou eu amei o livro e por isso é uma das leituras que se encaixa nas queridinhas do ano.
Ouso dizer que é um dos temas que mais curto Thriller psicológico, crimes, terror.
Claro que tenho meu lado doce que curte as fantasias e contos modernos kkk
Mas nada como um bom thriller para deixar meu cérebro alerta e pedindo por mais a cada virada de página.
Amei!

22 comentários:

  1. Oi Karini, acho thrillers psicológicos muito angustiantes e não consigo curtir de verdade a leitura, só lendo a resenha tava ficando nervosa pensando sobre o que tem por trás de tanta perfeição e pensando que a protagonista não merece isso haha. Mesmo não sendo o meu tipo de leitura curti muito a resenha, você não entregou nada o que é importante pra quem curte esse gênero e despertou interesse pela história ;)

    ResponderExcluir
  2. Oi Karini,
    Como já li algumas resenhas sobre a trama, consegui perceber melhor sobre o que o livro trata. A vida de Grace é a realidade de muitas mulheres no mundo e, por mais que hoje haja recursos que podem ajuda-las, sempre terá casos como este, pois homens como Jack tem aos montes disfarçados de bons moços. Entre quatro paredes deve ser agoniante de ler e é o tipo de trama que me prende e me faz sentir ansiedade em tentar ajudar a personagem e não poder. É um livro que vai direto para minha lista de desejados e espero poder conhecer esta história logo.

    ResponderExcluir
  3. Achei interessante pelo rumo da história e como tudo vai desandando aí. Esse negócio do cara pedir pra garota largar o emprego já me incomodou e dá pra ver que seria uma história que iria me deixar desconfortável com algumas coisas. E tem uns troços perfeitos demais e a gente já desconfia né não? Deve dar uma curiosidade boa pra ver onde essa história vai levar. E gosto desse tipo de livro, umas tramas cheias de segredos e mais do que imaginei. Pode ter umas coisas previsíveis mas adoro o envolvimento e acho que essa seria uma história que me deixaria bem envolvida então.

    ResponderExcluir
  4. Já li livros do gênero e por mais que eu tenha gostado deles, admito que me sentia mal lendo. Sou uma pessoa sensível demais a certos assuntos, e a história de Grace e Jack parece ser do tipo que corroeria minha mente por horas após a leitura. Afinal, quando a perfeição é demais, sabemos que ela esconde algo perturbador.
    Até sinto vontade de ler Entre Quatro Paredes, porém,, não atualmente. Já que não estou em uma vibe boa para esses livros, ainda sim sua resenha me fez criar boas expectativas.
    Abraços

    ResponderExcluir
  5. UAU! Amo livros desse gênero e já to com vontade de ler esse. Parece ser daqueles que a gente começa e só para quando chega a última página.

    ResponderExcluir
  6. Fiquei muito curiosa para conferir a história deste livro após ler a sinopse, e sua resenha também acabou me deixando muito curiosa para saber qual os mistérios que este casal perfeito esconde, sem dúvidas pretendo ler este livro, adicionei Entre Quatro Paredes em minha lista de leituras e espero ler ele em breve.

    ResponderExcluir
  7. Olá, a obra me remete o filme recém lançado Mãe, pois ambos contam com tramas misteriosas e cheias de tensão. Apesar de saber que o final não é dos mais criativos, quero saber o que se esconde nessa casa. Beijos.

    ResponderExcluir
  8. OI Karini.
    Eu quero muito ler esse livro, desde que vi o anuncio do lançamento, estou ansiosa para descobrir o que está por trás da vida perfeita dos dois, o quais são os segredos guardados, uma pena que o final não foi o que esperava, mas infelizmente acontece e como você falou tudo foi planejado, para terminar do jeito que fez, enfim, não vejo a hora de ler.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Vi esse livro numa news da Record uma vez, mas confesso que sequer parei para ler a sinopse, porém lendo agora a resenha me arrependo muito de não ter solicitado. Pois o livro parece muito bom! Quero ler!

    Já coloquei na minha lista do Skoob :) Adorei a dica e a resenha!

    Bjs,
    Fernanda.

    ResponderExcluir
  10. Hey,

    Nunca tinha visto esse livro, no começo da resenha me parecia um livro bem fraquinho mas depois percebi a complexidade dele, e estou louca para ler.

    ResponderExcluir
  11. Karini!
    O livro retrata a vida de muitas pessoas ao nosso redor que vivem apenas de aparência ou observam apenas o que é 'mostrado' em uma família, não sabemos o que realmente há por trás da vida das pessoas, infelizmente!
    Deve mesmo ser um livro que mexe com nossas crenças e muda nossa perspectiva, além de fazer com que repensemos sobre muitas coisas e atitudes.
    Gostei!
    Desejo uma ótima semana produtiva!
    “Saber quando se deve esperar é o grande segredo do sucesso.” (Xavier Maistre)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE OUTUBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem

    ResponderExcluir
  12. Amo esse tipo de livro, e depois da sua resenha estou super curiosa para ler.

    http://www.ollyspoiler.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Parece ser uma leitura bem angustiante.
    Mas gosto desse gênero pois ele me envolve completamente, e não paro ate chegar ao fim.
    Já não gosto Jack alias.
    Não conhecia a autora e nem o livro, mas já coloquei na lista!

    beijos
    She is a Bookaholic

    ResponderExcluir
  14. Oi Karini.
    Estou sempre a procura de novos suspenses psicológicos.
    Entre quatro paredes parece ser um bom livro, com um desenvolvimento interessante.
    Não me importo com o fato do final ser previsível, desde que seja coerente rs
    Já vou colocar na minha lista de desejados.
    Bjs

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bem?
    Meu Deus que livro é esse? Adoro livros que nos fazem nos sentir ao extremo e que nos façam sentir repulso por um personagem como Jack. Um livro que aborda um relaciomento abusivo com um psicopata. Quero muito saber como Grace lida com tudo isso e se ela consegue se livrar dele ou não. Adorei sua resenha, tão empolgada!
    Adorei mesmo esse livro e já quero ler o mais rápido possível.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  16. Oi, Karini!!
    Sou apaixonada por thrillers psicológicos e gostei bastante da resenha. A estória certamente deve prender do início ao fim. Fico me perguntando o que leva o Jack ter um comportamento tão abusivo com a Grace. Amei a resenha e depois que li só fez aguçar mais minha curiosidade com a estória.
    Bjoss

    ResponderExcluir
  17. Olá! Tenho visto muitos elogios a esse livro, mas não tinha despertado meu interesse. Agora a sua resenha me deu uma ideia um pouco diferente, com mais mistérios, do que eu pensava. Posso dar uma chance para ele, caso tenha a oportunidade.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  18. Eu amoooo thriller psicológico. Nuito mesmo. Ando lendo tantos que estou ficando até meio perdida na minha própria realidade... hahahha. Então certeza que este já está na minja lista pois adoreeeei essa história conturbada e misteriosa.

    ResponderExcluir
  19. Oi Karini,
    Virei fã desse gênero, estou lendo cada vez mais thriller psicológico, são leituras de tirar o fôlego!
    Estava intrigada para saber mais desse livro, pois desde que li a sinopse quando o mesmo foi lançado eu imaginava que seria uma leitura tensa e angustiante. Mas pelo jeito não é tudo isso. Só que mesmo assim fiquei motivada em ler e conhecer a história da Grace. Essa história retrada muito bem a realidade de muitas famílias, onde um marido perfeito, casamento perfeito escondem uma vida cheia de abuso e sofrimento. É a tal das aparências enganam né?
    Vou ler assim que tiver a chance.
    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Olá!
    Eu li resenhas sobre esse livro e já vi vários pontos positivos sobre a trama e que me faz querer ler. A trama é bem envolvente, um mistério que faz pensar sobre o que realmente se passa entre quatros paredes da vida de um casal, essa forma de ver como eles disfarça a união por fora com certeza e totalmente diferente quando estão a sós. A historia me deixou super curiosa e estou desejando ler.

    Meu Blog: https://tempoliterarios.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Adorei a resenha, quero ler esse livro pra ontem!! Estou louca para saber o que acontece entre Grace e o marido, porque tanta perfeição é de se estranhar mesmo. Eu gosto muito de ler livros de suspense, esse livro eu tinha visto em alguns lugares mas não sabia do que se tratava. Com certeza é digno de leitura!!

    ResponderExcluir
  22. Esse livro parece ter uma pegada muito boa. Esse clima estranhamente "perfeito" e os segredos. Super interessante. Espero que funcione pra mim como pra você e seja uma leitura maravilhosa.

    ResponderExcluir

Comente, ficarei muito feliz em saber sua opinião!!!