Resenha #442 - Maria e o Caso das Gravuras Desaparecidas - Paula Brackston - Bertrand Brasil

Título: Maria e o Caso das Gravuras Desaparecidas
Autor (a): Paula Brackston
Editora: Bertrand
Ano: 2017|Páginas: 224

- Recebido em parceira com a editora


Comprar: Amazon |Submarino
Sinopse: Uma dança sutil entre a paródia e a sátira, com uma mistura vigorosa de contos de fadas para apimentar. Quando crianças, Maria e seu irmão João caíram nas garras de uma bruxa em uma casa feita de doces. Passados alguns anos, a jovem tornou-se a detetive particular número um de toda a Baviera. E é justamente isso que a transforma na principal candidata para encontrar as gravuras de sapos, que desapareceram misteriosamente da casa do herdeiro do ilustre pintor Albrecht Dürer. Em meio a um festival gastronômico que promete movimentar toda Nuremberg, Maria precisará usar toda a sua inteligência para desvelar a verdade — pois nem tudo na cidade é o que parece, e mesmo os círculos mais elegantes têm seus segredos sórdidos...


Quem me conhece sabe que AMOOOOOOO contos clássicos e mais ainda os modernos que são recontados para os dias atuais. Então quando esse livro apareceu nas opções de pedidos eu corri e quis ele, claro!

Quem aí não conhece a tão famosa e clássica história dos Irmãos Grimm sobre João e Maria? Na história clássica os irmãos são atraídos para uma casa maravilhosa feita de doces onde mora uma bruxa horrenda que se alimenta de crianças. Para essa mesma história já li muitas versões, desde as mais lindas e com finais felizes a umas com finais macabros e assustadores. Sem fugir do assunto.. Levando em conta o conto clássico conhecido pela maioria, o que Paula Brackston nos traz é a vida dos irmãos na fase adulta. 

Maria cresce e aparece tornando-se uma detetive famosa e se envolve no caso das gravuras desaparecidas as mesmas são do pintor Albert Durer. Mas, mesmo com toda sua vocação e destreza em sua área ela encontra muitos obstáculos no decorrer de sua investigação que não está sendo nada fácil. Mesmo assim, Maria é dedicada e não desiste fácil. O caso oferece uma enorme recompensa, então ela e seu irmão João vão à busca dos mistérios que envolvem esse desaparecimento. Eles vão rumo a uma cidade bastante incomum onde as pessoas são bem vestidas e charmosas e o lugar está bem cheio devido a um festival gastronômico, que, aliás, deixa João bem interessado, pois ele parece amar comida. rsrs

A pessoa que os recebe na cidade é peculiar aos olhos e parece astuto e logo Maria percebe que tem muito por detrás do desaparecimento das gravuras; mas não é somente isso, tudo na cidade parece maravilhoso demais, perfeito demais a ponto de despertar em Maria que algo está errado com a cidade.

A história é encantadora como deveria e com uma narrativa fluida e inteligente nos trazendo humor e mistérios. Quem espera um conto bobinho e sem sal, engana-se, aqui encontramos humor, encontramos ironia, ação e muito mistério. Além de João e Maria também temos uma aparição de outro personagem importante dos clássicos.

Um toque muito importante que tenho que dar a vocês - Nada é o que parece! As aparências podem enganar totalmente. Um dos pontos altos de todo conto moderno é encontrar nele características que nos remetem ao próprio dia a dia, por mais que parece que possa ser impossível isso é bem real! Quem está acostumado com esse tipo de leitura sabe bem do que estou falando.

Maria se torna uma mulher destemida, forte e voraz em seus propósitos e seu irmão parece que vê nela seu porto seguro, uma espécie de mãe talvez, e isso também faz-nos refletir devido a história de vida de ambos e como pais fazem falta. Mas ele não é apenas o irmãozinho que Maria cuida. Ele é enorme e protetor e mexe com Maria para ver! O mais importante que aprendemos sempre que não basta ter a determinação apenas de Maria para enfrentar problemas e situações perigosas, mas como diz o ditado: "a união faz a força".

Paula Brackston é uma autora completa que simplesmente nos traz muito mais do que poderíamos esperar de uma obra que talvez para muitos possa parecer boba ou infantil, na verdade ela acrescenta tanto que de certa maneira fico tão encantada com sua escrita como já fiquei anteriormente. Isso apenas me mostrou o quanto ela é uma autora completa, não importa o tipo de história que escreva; já li outra história da autora e amei. Agora virei fã!

"O FIM, E MESMO ASSIM
TAMBÉM O COMEÇO."
Super Recomendo!



21 comentários:

  1. Também adoro contos clássicos e depois dessa resenha já to louca pra ler esse livro.

    ResponderExcluir
  2. Oi Karini, clássicos nunca perdem a graça né?! e acompanhar releituras é muito bom, assim como é boa a história de João e Maria e gostei da resenha deste livro e do fato dele ser mais que um livro infantil e levar a várias reflexões e conclusões sobre a importância da união ;)

    ResponderExcluir
  3. Que legal esse livro *-*
    Também adoro um bom clássico dos contos de fadas e ver releituras, sempre chama minha atenção. E João e Maria é uma que não vi muita coisa do tipo sendo feita, fora filme nunca vi releitura nenhuma deles que me lembre. Adorei esse tom de mistério e investigação e parece que tem umas coisas que surpreendem na história, de nada ser o que parece e coisa e tal. É uma dica bem interessante e acho que iria adorar ler ^^

    ResponderExcluir
  4. Olá, releituras dos contos de fadas, quando bem escritas, sempre costumam me cativar, e aqui os elogios destinados à autora me deixaram curioso para ler esse "Deu a louca em João e Maria". Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Oi Karini.
    Eu adoro releituras!
    O mistério parece ser bem interessante. Gostei bastante do fato dos personagens serem bem desenvolvidos.
    A narrativa também parece ser um ponto positivo.
    Fiquei com bastante vontade de ler esse livro.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Olá! Eu nunca gostei da história de João e Maria, na verdade quando eu era criança me contam essa história pra me deixar com medo e tomei raiva, rs. Mas no geral eu gosto muito dos clássicos dos Irmãos Grimm. Esse em especial não tenho interesse em revisitar, mesmo que agora em uma releitura.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Karini!
    Primeiro gostei de ver que é uma 'releitura' do conto de João e Maria, porém no futuro.
    Gostei também da mistura de fantasia com seus seres fantásticos e o enredo policial, tendo Maria como detetive.
    Sinto que suas expectativas não tenham sido atingidas, mas ainda assim, fiquei curiosa pela leitura.
    Desejo um ótimo final de semana!
    “Todo o nosso saber se reduz a isto: renunciar à nossa existência para podermos existir.” (Johann Goethe)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE OUTUBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  8. Releituras não são bem a minha praia, nenhuma das que li foi aquela coisa 100% maravilhosa, apesar de achar a proposta de alguns autores interessante.
    A trama parece ser surpreendente de certa forma, com aparências que enganam, Maria sendo uma detetive, além do tom irônico encontrado nas páginas. Não me vejo lendo Maria e o Caso das Gravuras, mas recomendaria para quem gosta de releituras modernas de contos de fadas.
    Abraços

    ResponderExcluir
  9. Mesmo não sendo um dos tipos de livros que costumo ler, a história é sim interessante e pela recomendação vou dar uma chance, espero que a leitura funcione pra mim tão bem assim. Abraços!

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Que legal esse livro, tem uma premissa muito boa e uma historia que muitos já são familiarizados. A historia é interessante e diferente. Eu gostei muito e espero poder ler esse livro e me aventura.

    Meu Blog: https://tempoliterarios.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Gosto muito de ler clássicos da nossa infância com outra cara, outra versão, acho muito bacana. Esse livro me deixou curiosa, pois como fala da vida adulta dos irmãos, se torna tudo novo, pois só sabemos como foi a infância deles. Acho que a trama deve surpreender muito, ja que as vezes imaginamos que vão seguir um caminho e que no fim era totalmente diferente do que pensávamos.

    ResponderExcluir
  12. Nossa que livro legal e interessante!
    Gosto muito de contos, ainda mais quando são adaptados para algo mais moderno.
    Gostei bastante de poder acompanhar novamente os eternos João e Maria haha
    Achei bem legal toda essa ideia em torno da trama.

    beijos

    ResponderExcluir
  13. Creio que é a segunda resenha que leio sobre ele, ai esta mais um exemplo, não julge um livro pela capa, fiquei muito surpresa ao saber se tratar de uma releitura de João e Maria ( pois pela capa nem dá para pensar nisso). Bacana a proposta do livro, um clássico tão conhecido pela gente, com direito a suspense policial e tudo mais! Realmente parece ser uma historia bem diferente.

    ResponderExcluir
  14. Também amo contos clássicos e principalmente as releituras Karini, mas ainda não li nenhuma versão da história dos Irmãos Grimm sobre João e Maria. Está aí uma ótima oportunidade!
    Fiquei curiosa para conhecer essa história dos irmãos já adultos, a Maria sendo uma detetive destemida e o João, gente como a gente, que adora comida haha
    Uma versão desse clássico escrita com maestria, com uma narrativa mesclando ação, humor, ironia e mistério, que por sinal adoro.
    Já adicionei o livro na minha lista de futuras leituras, e vou buscar conhecer os demais títulos da autora.
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Oi! Não costumo ler contos, mas falou em mistério e investigação eu já to dentro hahaha adorei essa releitura que se passa no futuro. Fiquei bem curiosa para conhecer a obra e saber que outros personagens aparecem na história. Beijos

    ResponderExcluir
  16. Eu não conhecia este livro, mas como você, gosto muito de contos clássicos, e também os modernos que são recontados para os dias autuais, achei bem legal este livro ser sobre João e Maria na fase adulta, sem dúvidas pretendo ler Maria e o Caso das Gravuras Desaparecidas.

    ResponderExcluir
  17. Oi, Karini!!
    Gosto muito de livros que são releituras dos contos de fadas, achei essa estória bem interessante por retratar a vida de João e Maria na fase adulto e também por eles serem detetives particulares!! Amei a resenha e adoraria ler esse livro!!
    Bjos























    ResponderExcluir
  18. Oi Karini.
    Eu não li muitos contos ou releituras de joão e Maria.
    Porém essa sempre foi uma das minhas histórias preferidas, eu adoro que nesse livro a Maria é forte e determinada, o que eu adoro e o fato de que João ver nela um porto seguro é incrível, porque mostra que a amor entre eles e esse sentimento de proteção, enfim, eu quero muito ler.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  19. Olá Karini ;)
    Que livro mais lindo! Amo tudo relacionados aos Grimm, e simplesmente AMEI sua indicação, pois adoro a história original de João e Maria! A autora parece ter conseguido construir personagens fortes e determinados, que se tornaram adultos bem centrados.
    Adoro esse ar que você disse que o livro tem, de que nada é o que parece. Me relembrou muito os outros contos dos Grimm, já quero reler o livro que tenho aqui S2
    Também fiquei bem curiosa por essa aparição de um outro personagem importante dos clássicos!
    Bjos

    IG literário: @sentencaliteraria

    ResponderExcluir
  20. Ola Karini,
    Eu tbm ja li varias versões de Joao e Maria e fiquei curiosa em conhecer essa.
    E bom saber o que aconteceu com eles depois de tudo o que eles passaram na casa da bruxa.
    Gostei de saber que a autora criou uma estória em que manteve eles unidos e parece que cuidando um do outro.
    Esse livro entrou pra minha lista e espero ler logo.

    ResponderExcluir
  21. Eu também gosto muito dessas releituras de clássico. O último que eu li foi um do Neil Gaiman que é justamente de João e Maria.
    Achei bem legal da parte da autora trazer os personagens pra vida adulta e mostrar como eles estão e o fato de que essa nova cidade é uma cidade de aparências. Dá vontade de saber qual a verdadeira faceta dela.

    Bjs

    ResponderExcluir

Comente, ficarei muito feliz em saber sua opinião!!!