Resenha #445 - Como agarrar uma herdeira - Julia Quinn - Arqueiro

Título: Como agarrar uma herdeira
Autor (a): Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Ano: 2017|Páginas: 304

- Recebido em parceira com a editora

Comprar: Amazon |Submarino

Sinopse: Quando Caroline Trent é sequestrada por engano por Blake Ravenscroft, não faz o menor esforço para se libertar das garras do agente perigosamente sedutor. Afinal, está mesmo querendo escapar do casamento forçado com um homem que só se interessa pela fortuna que ela herdou.Blake a confundiu com a famosa espiã espanhola Carlotta De Leon, e Caroline não vai se preocupar em esclarecer nada até completar 21 anos, dali a seis semanas, quando passará a controlar a própria herança milionária. Enquanto isso, é muito mais conveniente ficar escondida ao lado desse sequestrador misterioso.
A missão de Blake era levar “Carlotta” à justiça, e não se apaixonar por ela. Depois de anos de intriga e espionagem a serviço da Coroa, o coração dele ficou frio e insensível, mas essa prisioneira se prova uma verdadeira tentação, que o desarma completamente.

O gosto dela era doce e salgado ao mesmo tempo, do modo como devia ser o sabor de uma mulher, e Blake sentiu-se tão dominado pela sensação que não percebeu que ela não estava correspondendo ao beijo.
Como Agarrar Uma Herdeira é o primeiro livro de uma duologia escrita pela diva Julia Quinn, é lançamento de 2017 da Editora Arqueiro.

Fazia muito tempo que eu não lia Julia Quinn, e acreditem não foi por falta de amor, eu diria que foi por excesso. Eu e a Beta normalmente dividimos as leituras de romances de época no blog, afinal somos apaixonadas por esse gênero. Sim, rola umas disputas bem acirradas pra ver quem lê qual livro. Sendo assim as duas primeiras séries Os Bridgertons e Quarteto Smythe-Smith que foram publicadas pela editora Arqueiro aqui no Brasil foram resenhadas no blog pela Beta, já não era sem tempo que eu tivesse a oportunidade de resenhar uma, não é mesmo?

Como Agarrar Uma Herdeira é o tipo de livro que você lê com um sorriso no rosto, e mesmo tendo certeza do final, o prazer do leitor está em acompanhar a jornada da mocinha, suspirar com o romance e se divertir com a narrativa leve e despretensiosa da autora.

Caroline Trent perdeu os pais muito cedo e desde então teve que conviver com vários tutores, um pior que o outro, interesseiros, mesquinhos e normalmente desinteressados. Caroline apesar de rica cresceu solitária, e mesmo contra todas as chances ela se tornou uma mulher sagaz. Prestes há completar 21 anos e tomar posse da sua herança, Caroline se vê presa em uma armadilha articulada por seu tutor atual, um homem de carácter duvidoso. Ele pretende forçar um casamento entre Caroline e seu filho, e para isso obrigada o rapaz a roubar a virtude da moça à força. Para Oliver tudo que importa é poder colocar as mãos na fortuna de Caroline. 

Para impedir o casamento Caroline foge da mansão, em sua fuga ela é confundida com Carlotta de Leon, uma perigosa espiã espanhola. O responsável pela confusão é Blake Ravenscroft, o agente da Coroa responsável por prender Carlotta e a levar as autoridades. Mesmo com medo Caroline encara a confusão como uma oportunidade para se livrar de seu tutor. Mesmo Blake sendo um desconhecido a companhia dele é mais segura para Caroline, afinal ele é um agente da Coroa, e sendo assim nossa mocinha resolve não desfazer o engano de Blake.

Em Como Agarrar Uma Herdeira temos a combinação perfeita entre um coração machucado e uma mulher ávida para doar amor. Blake é um homem que esconde cicatrizes profundas em seu passado, está cansado da vida perigosa que leva e Caroline por sua vez daria sua fortuna para saber como é ser amada e está decidida a mudar seu destino. Blake se gaba por ser um homem controlado, frio e focado em seus objetivos, agora imaginem a guerra que ele trava dentro de si, quando percebe que está nutrindo sentimentos por Carlotta. Aquela mulher tem o poder de trazer a tona sentimentos adormecidos há tempos.

Julia Quinn mais uma vez acertou em cheio na construção de seus personagens, Blake e Caroline são duas almas solitárias que se completam. Clichê? Sim, sem sombra de dúvida. Mas qual romance de época não é? O leitor que encara a leitura do gênero sabe o que que vai encontrar. O diferencial de Como Agarrar Uma Herdeira se dá pela narrativa envolvente e divertida de Julia Quinn, impossível não se apaixonar por Blake e Caroline. Os personagens possuem um humor ácido, vivem implicando um com o outro, o que rende aos leitores altas gargalhadas.

A trama se desenvolve com a investigação de Blake sobre as atividades ilícitas do tutor de Caroline e seu envolvimento com a espiã Carlotta, sem em nenhum momento deixar o romance de lado. Os personagens principais são carismáticos, mas Julia não descuida dos personagens secundários, dando ao leitor uma breve ideia do que irá encontrar no próximo livro da série, afinal aqui conhecemos James Sidwel, o Marquês de Riverdale, amigo e Blake e protagonista de Como se Casar com um Marquês.

Como Agarrar Uma Herdeira em um primeiro momento pode causar alguma estranheza aos fãs mais fieis de Julia Quinn, por ter sido escrito antes da série Os Bridgertons, fica claro que a narrativa da Julia Quinn se desenvolveu com o tempo, não que o livro possua uma narrativa fraca, mas fica evidente que é inferior a dos livros mais atuais da autora. Certeza é que Julia já nessa época deixava claro que seria a diva dos romances de época.

Leitura obrigatória para os fãs da autora, uma leitura rápida, divertida e apaixonante. Fica a dica!

Então ele a beijou de novo, dessa vez mais intensamente e com mais emoção do que imaginara restar em seu coração.


17 comentários:

  1. Oi Patty.
    Eu confesso que adorei esse livro, o fato de que a escrita da autora é diferente nesse livro é perceptível, porém confesso que para mim isso não foi um problema, rir horrores lendo esse livro e me encantei com os personagens, adorei saber da disputa pelo romances de época entre vocês, rsrs.
    Enfim, espero muito que desfrute do segundo livro.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Sou apaixonada pelas letras da Julia e claro, namoro cada livro que ela escreve! Não importa se tem clichês, ela consegue dar um sentido a qualquer história e pelo que li já sobre este livro, o bom humor contido neste livro é meio acima do normal!
    Quero muito ter a oportunidade de conferir os dois livros!
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Eu estou doida pra ler esse livro!! Sou super fã da autora, e esse livro dela parece ser perfeito também. Eu só não sabia que esse livro tinha sido escrito antes de Os Bridgertons, e gostei de saber que você gostou desse livro, mesmo não sendo tão bom quanto Os Bridgertons.
    Vou torcer para que esse livro esteja bem barato na Black Friday :D

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Ahh mas livro dessa autora a gente lê sorrindo mesmo. É só amor. E que história fofa ela parece ter feito com esse livro. Gostei do clichê de um casal como Blake e Caroline formam, almas solitárias que se completam. Legal isso. E ver a relação do dinheiro dela e como ela só queria um amor, essa curiosidade pelo passado do Blake e toda a confusão do encontro dos dois e etc dá uma graça ao ler. Parecem personagens que a gente logo simpatiza e torce pra tudo dar certo.
    Mais um que estou louca pra ler ^^

    ResponderExcluir
  5. Tenho muito interesse em romances de epoca, pra conhecer mais do genero fiz algumas pesquisas, e realmente, o nome de Julia Quinn sempre aparece. Gostei muito.Comprei dois livros dela tem pouco tempo, ainda não li. Mas recebo direto várias recomendações positivas.

    ResponderExcluir
  6. Ola, Sou apaixonada por romances de época, Ainda não li nada da Julia Quinn, mas sei que ela é um sucesso, amei a capa, estou louca para conhecer esse casal que me parece ser muito apaixonante, e esse sequestro por engano, acho que vai ser muito divertido.
    Já quero ler!

    ResponderExcluir
  7. Oiii
    também amo a Julia quinn e já li Os Bridgertons e Quarteto Smythe-Smith. Vocês postaram algo sobre esse livro aqui antes, acho que nos post de lançamentos e nesse mesmo dia já adicionei no "quero ler" do skoob hahaha Parece ser um amorzinho mesmo, como todos da julia são. Infelizmente não tenho lido nada fora do que é pedido na faculdade, tô morrendo por um romance desse tipo. Maaas férias 14 de dezembro \o/ e muito provavelmente como agarrar uma herdeira será o primeiro livro que lerei (em pdf hehehe)
    bjs

    ResponderExcluir
  8. Sempre ouço falar bem desta autora mas confesso que numca tive vontade de conferir uma obra dela.

    Não gosto muito deste gênero.

    ResponderExcluir
  9. Confesso que não sou fã de romances de época (na verdade não sou fã de romances clichês de qualquer tipo), mas a sinopse desse me pareceu divertida e interessante, tirando a parte do romance acho que gostaria da parte de intrigas.

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bom?
    Sou fã do gênero e quero ler todos os livros da Julia Quinn, eu li somente o Duque e eu, pois estou aguardando completar a série para continuar, e é claro que quero ler outros livros da autora. Amei a resenha de Como agarrar uma herdeira, e devo dizer que mesmo sabendo que tem seu jeitinho clichê o livro irá me agradar muito.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  11. Olá, quando se trata de Julia Quinn dificilmente ficamos decepcionados, né? Apesar de aqui sermos agraciados com mais um dos clichês da autora, é impossível não se cativar pelos personagens da obra, que são extremamente bem caracterizados. Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Ola Patty,
    de tanto ler comentarios positivos sobre essa autora eu acabei dando uma oportunidade e li esse livro (infelizmente foi a versão ebook, mas assim que der vou comprar a versão física)
    Como foi o primeiro que li dela não tenho muito o que falar sobe o estilo da autora, mas eu gostei muito da estória e de como ela trabalhou com os personagens. Estou muito curiosa para ler Como se Casar com um Marquês e outros livros da autora.

    ResponderExcluir
  13. Que resenha linda Patty, amei, parabéns!
    Eu ainda não tive oportunidade de conhecer a escrita da autora, mas estou aguardando ansiosa pra conhecer e ler esses enredos lindos.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  14. Oi Patty.
    Eu adoro romances de época, mas não gostei tanto assim da escrita da Julia Quinn. Acho que tinha altas expectativas, pois todo mundo falava super bem dela.
    Vou tentar ler essa duologia! Espero gostar bastante dos personagens Blake e Caroline. eles parecem ser bem interessantes.
    Bjs

    ResponderExcluir
  15. Patty!
    Gosto muito dos romances de época, ainda mais os da Julia.
    Achei fantástica a ideia da fuga de Caroline e dela ser confundida com uma espiã.
    E o romance dela com Blake é do tipo que gosto também com troca de farpas e no final...só amor!
    Desejo um ótimo domingo!
    “A poesia contém quase tudo que você precisa saber da vida.” (Josephine Hart)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA novembro 3 livros, 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Minha Julia Quinn, amo os livros dela apesar de não ter lido ainda..kk mas desejo muito. Esse me deixou muito curiosa pela trama, o romance que fica no ar e desejando. A capa é muito maravilhoso, já faz parte da minha indesejável lista!

    Meu Blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  17. Como não tenho costume de ler livros de romance de época, eu acredito que quando me deparar com a leitura dos livros desta autora, tudo será uma novidade, e não um clichê, e ao meu ver e algo muito positivo. Portando gostei da premissa do mocinho com o coração partido e uma personagem feminina pronta a dar amor. Enfim, uma estória cativante, envolvente e divertida, na qual quero muito ler.

    SORTEIO NO AR, VENHAM PARTICIPAR: petalasdeliberdade.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Comente, ficarei muito feliz em saber sua opinião!!!