Resenha #409 Centelha Mortal - Jeffery Deaver - Record


Título: Centelha Mortal
Autor (a): Jeffery Deaver
Editora: Record
Ano: 2017| Páginas: 504

- Recebido em parceria com a editora.

Comprar: Amazon |Submarino |Saraiva
Sinopse: Lincoln Rhyme está de volta, em busca de um assassino que transforma a cidade de Nova York em sua refém. Um novo criminoso assola a cidade com uma arma invisível e onipresente na sociedade moderna: a rede elétrica. Quando um ataque ocorre e quase destrói um ônibus, as autoridades temem se tratar de um ato terrorista e por isso convocam Lincoln Rhyme, um dos maiores peritos criminais do mundo. Tetraplégico, ele escala a detetive Amelia Sachs e o oficial Ron Pulaski como seus olhos, ouvidos e pernas na análise da cena do crime. Conforme novos ataques acontecem, surgem cartas de exigências, o que leva a equipe a trabalhar contra o tempo e com poucas evidências para encontrar o assassino. Ou seriam assassinos? Ao mesmo tempo, Rhyme é consultor de outra investigação importante no México: ele busca o Relojoeiro, um dos poucos criminosos a conseguir escapar do perito criminal. Lidando com dois casos urgentes, a saúde de Rhyme é afetada, e ele precisa enfrentar mais uma batalha. No entanto, sua determinação em trabalhar apesar de suas limitações físicas ameaça colocar sua própria vida e a de seus aliados mais próximos em risco.

Olá leitores, como estão? Hoje, mais uma resenha para vocês de um livro que é meu número!

“Centelha Mortal” é narrado em terceira pessoa e a história gira em torno do Dia da Terra. Cada parte da história é uma contagem regressiva até o Dia da Terra, começando 37 horas antes.