Resenha #481 - Sob Águas Escuras - Detetive Erika Foster #3 - Gutenberg

Título: Sob Águas Escuras
Série: Detetive Erika Foster # 3
Autora (a): Robert Bryndza
Editora: Gutenberg
Ano: 2018|Páginas: 300

- Recebido em parceria com a editora.

Sinopse: Quando a Detetive Erika Foster vasculha, com sua equipe, um lago artificial nos arredores de Londres em busca de uma valiosa pista de um caso de narcóticos, ela encontra muito mais do que eles estavam procurando.
Do fundo do lago são recuperados dois pacotes: um deles contém 4 milhões de libras em heroína. O outro… o esqueleto de uma criança.
Os restos mortais são de Jessica Collins, uma garota desaparecida há 26 anos e que foi a principal manchete de todos os noticiários da época.
Erika, então, precisa revirar o passado e desenterrar os traumas da família Collins para descobrir mais sobre o trabalho de Amanda Baker, a detetive original do caso – uma mulher torturada pelo seu fracasso na busca por Jessica.
Muitos mistérios envolvem esse crime, e alguém que não quer que o caso seja resolvido fará de tudo para impedir que Erika Foster descubra a verdade.
O autor de A Garota No Gelo e Uma Sombra Na Escuridão nos presenteia com outra eletrizante aventura da Detetive Erika Foster.

Olá! Mais uma resenha... eu amo livros de suspense e cá estou eu para falar de mais uma leitura.

Para quem não leu, as resenhas dos volumes anteriores podem ser encontradas aqui: A Garota no Gelo e Uma Sombra na Escuridão.

De início já quero dizer que Robert Bryndza simplesmente arrasa. Ele não apenas consegue criar uma trama envolvente, como manter a mesma em uma cadência bem fluída.. Além de ser capaz de surpreender, quando menos esperamos! Então, se vocês está procurando thrillers excelentes, esse é o autor certo.

Este é o terceiro livro da série Detetive Erika Foster e nele temos um caso antigo voltando para cobrar as dívidas não pagas. Uma garotinha de apenas sete anos desapareceu no passado e o caso nunca foi solucionado; então seus restos mortais aparecem no fundo de um lago durante uma investigação de drogas, sendo encontrado pela detetive Erika, que fica encarregada de rever todo o caso. No passado a responsável pelas investigações era a detetive Amanda, que hoje vive uma vida medíocre, bêbada pelos cantos.. Amanda ficou muito abalada com esse caso e com sua "incompetência" em não conseguir encontrar Jessica (a menina desaparecida) e nunca se perdoou por isso. Quando procurada por Erika, ela se coloca a disposição em ajudar no que for preciso.

As investigações do caso vão seguindo seu curso e novos suspeitos são postos em cheque; porém parece que alguém está "investigando" junto com Erika, e a sensação nítida de que o assassino (a) está na moita querendo encobrir rastros que deixou passar é constante!

A família de Jéssica não é o que podemos chamar de família comum ou lar adequado.. Muitos segredos virão a tona, enquanto tantos outros mistérios vão surgindo. 

O tempo inteiro eu fiquei tentando "ler" as personagens e adivinhar o que poderia ter acontecido e apesar de chegar bem perto, fui surpreendida por detalhes significantes e que dão à trama inteira um ar sinistro e assustador. 

A leitura flui com uma dinâmica constante e além do caso mencionado, temos mais uma vez aspectos da vida de Erika Foster sendo esmiuçado para nós. 

A personagem é forte apesar de suas rachaduras e persistente. Inteligente, sensível e brilhante! Ela tem muitas faces e cada uma delas nos brinda com uma personagem cativante e que queremos ver o desenrolar de sua própria história. 





Nenhum comentário

Comente, ficarei muito feliz em saber sua opinião!!!