Resenha #489 - Muitas Águas - Uma Dobra No Tempo #4 - Madeleine L'Engle - Harper Collins

Título: Muitas Águas
Autora (a): Madeleine L'Engle
Série: Uma Dobra No Tempo #4
Editora: Harper Collins
Ano: 2018|Páginas: 320

- Recebido em parceria com a editora.

Sinopse: É preciso acreditar em certas coisas para poder vê-las!Sandy e Dennys, os gêmeos da família Murry, sempre foram práticos, realistas e nunca prestaram muita atenção às conversas dos pais cientistas sobre coisas altamente teóricas como tesseratos e farândolas.

Mas, após um acidente no laboratório do sr. e da sra. Murry, algo acontece com eles que desafia drasticamente suas capacidades de crer no impossível. Com um desastre à vista, será que os gêmeos conseguirão encontrar uma maneira de voltar à realidade?


Oie! Esse é o quarto livro da série Uma Dobra No Tempo que me conquistou totalmente.
As resenhas dos volumes anteriores podem ser encontradas aqui:

Pode conter Spoiler dos volumes anteriores

Muitas Águas, quem está aí preocupado - apesar de os livros ter certa cronologia e evoluir como de costume, esse é um pouco diferente, pois ele se passa em um período antes do terceiro volume. Como puderam ler nas resenhas anteriores, estamos acompanhando a família Murry em sua jornada incansável por universos paralelos e outras coisinhas mais. 

Nesse volume as aventuras serão para o lado dos gêmeos que diferente de Meg e Charles que possui uma inteligência acima da média e possuem os mesmos interesses de seus pais que são cientista (pai) e física (mãe), os gêmeos querem um ser advogado e o outro médico.. São absolutamente "normais" nessa família tão recheada de conhecimentos científicos.

Os gêmeos estão no ensino médio e fazem parte da equipe de Hóquei, apesar de não possuírem os talentos dos pais e irmãos, eles possuem seus próprios talentos, dentro da normalidade, não acreditam muito nas coisas que seus pais fazem ou no que seus irmãos acreditam. Durante um de seus treinos são liberados mais cedo devido ao mal tempo, com isso ao chegarem em casa se veem sozinhos e resolvem comer algo, por conta de um desejo de Sandy, um dos gêmeos por um chocolate, seu irmão imagina que a mãe possa ter levado para o laboratório, onde passa a maior parte do seu tempo, já que trabalha em casa, diferente do marido que trabalha para o governo.

E ao irem até o laboratório, tudo parecia comum, mas o novo pc do pai está lá e Dennys resolve fuçar e ao sentir frio, digita no pc que queria ir par um lugar mais quente e seu irmão acrescenta pouco habitado se juntando a brincadeira. Deixando esse momento de lado, resolvem retornar à cozinha quando se deparam que não é para ninguém entrar no laboratório, pois há um experimento em andamento, bom... Até aí, tudo "normal", mas ao abrirem a porta que dá para cozinha tudo muda! Eles tem seus "desejo realizado" e são transportados a outro local. E aí os incrédulos percebem que tudo que escutavam em casa durante toda a infância, possa ser verdade.. E como será que farão para voltar para casa?

Então a nova aventura está lançada.

O livro flui de maneira muito mais rápida do que os outros três. E também coloco aqui até mais divertido em alguns aspectos, pois os gêmeos, assim como Meg, Charles e seus pais, possuem suas próprias características, dando um colorido especial à trama.

Quem pensa que se trata de uma ficção boba ou sem nada demais engana-se, pois trata-se de um clássico e com tiradas interessantes que remetem ao pensamento crítico e cristão, com tiradas sutis da bíblia.

Eu amo toda a história desde o primeiro volume, até aqui! Sigo encantada e apaixonada por esta ficção tão diferente de tantas outras que eu leio.

Beijos.




Nenhum comentário

Comente, ficarei muito feliz em saber sua opinião!!!